Festival da Canção

Sílvia de volta ao Festival da Canção

Pelo quarto ano consecutivo, Sílvia Alberto irá comandar a emissão de um dos programas mais historicamente notáveis da Rádio e Televisão de Portugal.

O Festival da Canção, que decorrerá no Teatro Camões no próximo dia 5 de Março, foi apresentado esta segunda-feira pelo Director de Programas do canal 1. O Propagandista Social traz todas as informações relativas à edição deste ano.

Foi com simpatia e alegria que José Fragoso, José Poiares e Sílvia Alberto falaram da quadragésima sétima edição do Festival da Canção, um espectáculo musical que há quase meio século escolhe os melhores de entre os melhores.

Sílvia Alberto conduz este “momento de festa”, que este ano se resume a apenas uma emissão. Recorde-se que a última edição do Festival, em 2010, se desdobrou em três emissões: duas semi-finais e uma final, todas transmitidas em directo e em alta definição a partir do Campo Pequeno (Lisboa).

Este ano, os ingredientes voltam a ser os mesmos: intérpretes desconhecidos do grande público, que vêem aqui uma oportunidade de singrar e de mostrar o seu trabalho, e bandas/cantores de renome, já com seguidores e clubes de fãs, com provas dadas no mundo da música. O sistema de apuramento da canção vencedora permanecerá igual, com a avaliação das músicas por um conjunto de juris distritais ligados à música e à cultura. A única novidade é que os telespectadores, responsáveis por 50% da votação final, poderão apenas votar 1 (uma) vez de cada número de telefone, sendo apenas contabilizado o voto correspondente à última chamada.

A conferência de imprensa, na sede da RTP.

As músicas

Foram recebidas pela RTP, até 16 de Janeiro, 407 canções, que foram avaliadas por um júri constituído por Fernando Martins, Ramon Galarza e Tozé Brito. As 24 escolhidas (três das quais foram desqualificadas por imcumprimento do regulamento) foram submetidas a uma votação online que terminou no passado dia 27 de Janeiro, tendo sido apuradas 12 canções para o Festival da Canção. A ordem de actuação dessas canções já foi sorteada e será a seguinte:

1. Sete Saias – Embalo do Coração
2. Carla Moreno – Sobrevivo
3. Nuno Norte – São os Barcos de Lisboa
4. Rui Andrade – Em Nome do Amor
5. Henrique Feist – Quase a Voar
6. Wanda Stuart – Chegar à Tua Voz
7. Tânia Tavares – Se Esse Dia Chegar
8. Inês Bernardo – Deixa o Meu Lugar
9. Filipa Ruas – Tensão
10. Homens da Luta – Luta é Alegria
11. Axel – Boom Boom Yeah
12. Ricardo Sousa – O mar, o Vento e as Estrelas


A "família" FC 2011.


O carácter actual e jovem

José Fragoso, Director de Programas da RTP1, ressalta o enorme reconhecimento por parte dos artistas do Festival. Há cada vez mais pessoas a enviar as suas músicas para o Festival, provando assim a actualidade do concurso como rampa de lançamento. O número de seguidores nas redes sociais do programa continua a aumentar, tendo-se registado até à data mais de 25 000 “gostos” na página do facebook.

Para além de um prémio em dinheiro, o vencedor da 46.ª edição do Festival da Canção terá o direito e o dever de representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção (Eurovision Song Contest 2011), a decorrer, este ano, em Düsseldorf (Alemanha).

Os últimos e os primeiros

António Calvário foi o primeiro vencedor do Festival, em 1964. No ano seguinte, Simone de Oliveira conquistaria o primeiro lugar, posição ocupada em 1966 por Madalena Iglesias. Em 2008, Vânia Fernandes representou o seu país em Belgrado, tendo sido sucedida em 2009 pelos Flor-de-Lis, em Moscovo. Filipa Azevedo foi a última vencedora do certame, tendo obtido o décimo oitavo lugar no Eurofestival de Oslo.

O Propagandista Social partilha da opinião de muitos fãs portugueses: o festival é importante e o seu espírito deve ser mantido. A representação de Portugal no Eurovision Song Contest é importante e todos os cidadãos devem apoiar a participação portuguesa. Como tal, garantirá a actualização de todos os assuntos relacionados com esta matéria, ao longo do ano.

Categorias
Festival da Canção

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários