Televisão

Nico nas noites de sexta da RTP1

Nicolau Breyner vai voltar ao campo da apresentação com um novo talk-show no canal 1 da televisão pública. Nico à Noite, que irá para o ar todas as sextas-feiras, estreia no próximo dia 25 de Fevereiro.

“Não é fácil fazer um talk-show, mas acho que tenho vivência… Acho que é um formato para pessoas com mais de 50 anos. E como eu gosto de conversar e julgo que sou um bom conversador, porque não?”

E porque não? Nicolau Breyner, com 70 anos e mais de 50 de carreira, volta agora à apresentação televisiva – no canal público. José Fragoso, Director de Programas da RTP1, afirma que o novo programa vai “reforçar o entretenimento e a diversidade, animando as noites de sexta-feira”. Em estúdio marcarão presença até três convidados por programa, que debaterão temas relacionados com qualquer área, desde a política até ao desporto.

Nicolau Breyner encara com optimismo e alguma ansiedade o novo desafio, para o qual tenciona convidar “pessoas que tenham alguma coisa de interessante para contar. É isso que transforma isto num programa de conversa entre amigos. É com os amigos que se conversa”. O arranque do formato faz-se com Ângelo Correia, do PSD, como primeiro convidado.

Nico à Noite será produzido, bem como uma futura sitcom da RTP1 já confirmada (na qual Nicolau será também a figura principal), pelas empresas Tela Cool e Cinemate. Mafalda Bessa, mulher de Nicolau, colabora com a produção do talk-show, para o qual estão previstas 20 emissões.

A ligação com Queluz

O contrato de exclusividade que prendia Nicolau Breyner à TVI terminou  em Dezembro. Todavia, o actor e a estação ainda mantêm um vínculo contratual de características únicas, que se traduz apenas na representação em novelas.

A trabalhar há meio século

Breyner declara que ainda lhe falta “fazer muita coisa”, rejeitando quaisquer comodismos que surjam associados aos seus mais de 50 anos de carreira. Para além da Sétima Arte, à qual se tem mantido fiel (gravou filmes recentemente no Brasil e em Budapeste), pondera ainda gravar um disco.

Nico e o serviço público de televisão

É responsável por inúmeros formatos de sucesso na RTP: Nicolau no País das Maravilhas, Sr. Feliz e Sr. ContenteEu Show Nico, EuronicoNico d’Obra. Dirigiu a primeira telenovela portuguesa, Vila Faia. Alguns destes programas encontram-se actualmente em reposição no canal RTP Memória.

Categorias
Televisão

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários