Moda

John Galliano despedido da Dior

E as notícias mais chocantes chegam-nos do director criativo da casa Dior. Bem, melhor dizer, ex-director criativo.

Pois é, o escândalo rebentou na moda mundial quando foi divulgado na internet um vídeo de Galliano. No vídeo, gravado num bar de Paris, o estilista faz comentários racistas e anti-semitas invocando o seu amor por Hitler. Veja aqui o vídeo que gerou todo o escândalo.

Os comentários caíram como uma bomba no mundo da moda e os ecos fizeram-se soar por todo o lado. Fala-se num processo judicial a ser instaurado a Galliano mas a consequência mais directa do incidente partiu da própria Dior.

Patricia Field, amiga de Galliano desdramatiza a situação, afirmando:

“O que as pessoas do mundo da moda fazem é ver o teatro de John Galliano todas as temporadas. É isso que eles lhes dá. Para mim, isto significou o mesmo. Com excepção de que não era num teatro ou no cinema. O John vive no teatro. É teatro. É farsa.”

O que é facto é que as proporções do acontecimento causaram já danos irreparáveis na reputação e carreira do estilasta. Fala-se já que será muito difícil que Galliano volte a encontrar emprego.

Categorias
Moda

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários