Festival da Canção

Festival RTP da Canção 2011: A Análise

Mais um ano de Festival RTP da Canção, mais 12 canções para avaliar e comentar. Veja aqui uma análise completa e detalhada de toda a noite mais importante da música Portuguesa e reveja as actuações dos finalistas.

O Festival arrancou com um genérico excelente em termos gráficos, privilegiando uma animação que acabaria por culminar no logótipo da Eurovisão. A música de abertura, o tão reconhecido hino da Eurovisão, mascara a forma como a RTP tem tratado o festival, atribuindo à organização do evento uma clara preocupação com a representação portuguesa no Festival Eurovisão da Canção. No entanto, como todos sabemos, tal não tem sido prioridade na estação pública.

Esta mudança gráfica relativa ao festival (que, no ano passado, teve um genérico péssimo em todos os aspectos) é de notar, uma vez que é preferível pegar em material disponibilizado pela própria EBU (Eurovision Broadcasting Union) e colocá-lo no ar do que assassinar visualmente o evento, como aconteceu no ano passado.

Apesar da enorme “festa” feita à volta do HD e da transmissão do festival em alta definição, o que coloca o evento num certo patamar tecnológico, os problemas técnicos acabaram por fazer sobressair-se e prejudicar a emissão. É impensável que num evento desta escala, que privilegia tanto o som, tenha contado com enormes dificuldades técnicas ao nível deste. A imagem da RTP enquanto instituição com mais de 54 anos de história não fica nada bem na fotografia.

Durante o Festival e depois com algumas correcção preenchi uma tabela que indica a classificação dos vários parâmetros a ter em conta em cada actuação e que pode ser vista no início do artigo.

Veja aqui a análise detalhada de todos os 12 concorrentes:

1. 7 Saias – Embalo do Coração

Um grupo já conhecido do público em geral, que representaria com dignidade o seu país na Eurovisão. No entanto, a música poderia ter sido mais forte. Notei também alguns problemas de afinação.

Votos do júri: 8
Votos do público: 2

TOTAL: 10

Votos do Propagandista Social: 4

2. Carla Moreno – Sobrevivo

Um instrumental forte vindo daquele que já levou Vânia Fernandes à Eurovisão. No entanto uma performance fraca onde apenas destaco a voz poderosíssima de Carla Moreno. Podia ter sido uma forte concorrente se tivesse optado por uma canção diferente.

Votos do júri: 4
Votos do público: 5

TOTAL: 12

Votos do Propagandista Social: 1

3. Nuno Norte – São os barcos de Lisboa

Uma música forte e poderosa. O Nuno Norte foi competente nesta actuação. Achei apenas que por vezes haviam ali tentativas de fundir a música tradicional Portuguesa com sons mais contemporâneos que não resultavam muito bem. No entanto, não deixa de ser uma música bastante forte.

Votos do júri: 12
Votos do público: 5

TOTAL: 17

Votos do Propagandista Social: 7

4. Rui Andrade – Em Nome do Amor

Parece-me que era a grande música deste festival. Uma letra muito bonita, uma boa performance e uma grande voz. A conjugação de todos os parâmetros faz da música de Rui Andrade a minha favorita. Não compreendo a votação do júri nesta canção… Só um pequeno reparo para a roupa que parece-me que poderia ter sido mais adequada.

Votos do júri: 5
Votos do público: 10

TOTAL: 15

Votos do Propagandista Social: 12

5. Henrique Feist – Quase a Voar

Aqui está outra grande música. Um excelente instrumental e uma grande performance, não fosse o Henrique um grande actor. Gostei de todo o acting que acontecia em palco durante a canção. Gostei também da coerência do guarda-roupa e dos detalhes.

Votos do júri: 4
Votos do público: 6

TOTAL: 10

Votos do Propagandista Social: 10

6. Wanda Stuart – Chegar à Tua Voz

Nesta música assistimos a Wanda Stuart a dar tudo de si numa interpretação eficaz. Uma performance que também convence, tal como a música em geral. Penso apenas que a roupa podia ter sido mais simples, acho que a actuação ficaria a ganhar.

Votos do júri: 7
Votos do público: 3

TOTAL: 10

Votos do Propagandista Social: 6

7. Tânia Tavares – Se Esse Dia Chegar

Uma interpretação mediana, que não sendo das piores também não trás nada de novo. Uma música razoável e uma performance simples mas bonita. A roupa podia ter seguido uma linha diferente mais enquadrada com a música.

Votos do júri: 7
Votos do público: 0

TOTAL: 7

Votos do Propagandista Social: 3

8. Inês Bernardo – Deixa o Meu Lugar

Aqui está uma música que foi claramente prejudicada pelos problemas de som. Quando se ouve no youtube, que deve ter levado algum tipo de correcção de som, percebe-se que é uma música bastante bonita e a voz da Inês uma voz doce e especial. Confesso que quando vi na televisão não achei uma música digna de receber os 12 votos no júri, mas depois de rever percebi a razão.

Votos do júri: 10
Votos do público: 0

TOTAL: 10

Votos do Propagandista Social: 8

9. Filipa Ruas – Tensão

Uma música interessante, com um bom instrumental e uma boa batida. Gostei da performance, uma actuação dinâmica e visualmente rica. Não gostei especialmente da roupa.

Votos do júri: 2
Votos do público: 8

TOTAL: 10

Votos do Propagandista Social: 2

10. Homens da Luta – Luta é Alegria

Muito já se falou sobre a vitória dos Homens da Luta. O facto é: no palco a música não resultou nem me convenceu. Ao contrário dos votos dos Portugueses, penso que o resultado desta música foi assombroso. Posso até concordar que é uma coisa diferente e que, mal ou bem, representa o espírito revolucionário Português. Mas o ponto é, em palco a coisa não funcionou. A desafinação foi total, a performance terrível, a letra vulgar… Confesso que até fiquei surpreendido com a versão de estúdio, mas na noite do festival tudo correu mal, excepto o resultado final, claro.

Votos do júri: 6
Votos do público: 12

TOTAL: 18

Votos do Propagandista Social: 0

11. Axel – Boom Boom Yeah

Uma música popular, com uma letra muito má. Tem a seu favor o facto de ficar no ouvido e a própria alegria e atitude do Axel durante a performance.

Votos do júri: 0
Votos do público: 1

TOTAL: 1

Votos do Propagandista Social: 0

12. Ricardo Sousa – O mar, o Vento e as Estrelas

Uma boa surpresa. Gostei da atitude e do carisma do Ricardo. Uma música engraçada e que me convenceu, superando as expectativas. Fica assim provado que não é preciso ser conhecido para levar uma boa música ao Festival.

Votos do júri: 3
Votos do público: 7

TOTAL: 10

Votos do Propagandista Social: 5

Fique aqui com duas tabelas, retiradas da wikipedia, que ilustram os resultados da noite. (Clique nas imagens para aumentar)

Para o ano há mais Festival da Canção e daqui a algum tempo Eurovisão. Será que os Homens da Luta vão à Alemanha conquistar um bom lugar ou serão a vergonha nacional?

Categorias
Festival da Canção

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários