Televisão

American Idol; “Girls Night”

Na passada quarta-feira dia 2 de Março, a temporada 10 arrancou com as doze mulheres seleccionadas para participarem nas galas. Depois da noite dos rapazes, o sentimento era comum a muitos: as meninas tinham que superar os rapazes!

 

Se tal não acontecesse, teríamos uma gala igual à anterior, o que era um mau prognóstico para esta temporada, e para temporadas terríveis já bastou a temporada 10 com o (injusto) vencedor Lee Dewyze (visto que a chuva final devia ter sido para Crystal Bowersox, claro!). Continuando… todos sabemos que no que toca a este tipo de programas, em Portugal, Brasil, América, é mais dificil uma mulher ganhar, e receber votos. Mas… não é por isso… que não vamos excluir as mulheres da competição e não devemos lutar por elas.

Mais uma vez os juris mostraram-se muito pacíficos. Steven Tyler usa e abusa da descrição “Beautiful” quando critica uma música, J.Lo é a do painel que dá mais criticas, e claro Randy Jackson um bocadinho melhor nesta temporada, mas tem a tendência de mandar críticas ao ar sem fundamentar, e às vezes cai no ridículo de só falar por falar. Eu é que não me importava que Randy saisse do painel de jurados. Tenho dito.

Legenda:

Categoria A- Quero imediatamente no top 12.

Categoria B – Bons. Quero vê-los mais. Provavelmente no top 12.

Categoria C – Mistura de desilusões com maus.

Categoria D-  Quero fora desta temporada imediatamente e sem desculpas.

Critica/performance começou pelo da última fotografia, portanto!]

httpv://www.youtube.com/watch?v=reYfnWUclBw

Ta-Tynisa Wilson Pior actuação da noite. Bela maneira de começar. Já era de esperar que esta cantora (?) fosse só estragar o top 12, e por isso não me vou alongar muito mais sobre ela. Cantou “Only girl” da Rihanna, uma música no top há muito tempo, que eu pessoalmente odeio. E Ta-tynisa NÃO me fez gostar mais da música.
Como é que os jurados gostaram daquilo? “It’s good that it’s over and you’re the first one, right?” (é bom que já acabaste, e tu és a primeira, né?) Nem sabes como as tuas palavras são sábias, e fogem para a verdade, J.Lo. Randy felizmente discordou dos outros e disse tudo o que eu pensava. Tatynisa. Adeus. Categoria C

httpv://www.youtube.com/watch?v=Dbz12H1JZLI

Naima AdedapoPorgy and Bess “Summertime” Desde o início uma das minhas favoritas. Cantou uma música que Fantasia cantou anteriormente, mas mesmo assim, foi muito bom. Só quero vê-la mais, a desenvolver-se, que há coisas que precisam de ser trabalhadas. Espero que capte mais os americanos. Porque Naima promete, e é como Jennifer e Steve a descreveram “uma flor exótica, do estilo de Ella Fitzgerald”. Vou ignorar o Randy. Categoria A

httpv://www.youtube.com/watch?v=bP_fNST7UfM

Kendra Chantelle. Christina Aguilera “Impossible”. De seguida, mais uma das minhas favoritas deste ano. A roupa estava linda, a performance foi cativante, ela é uma verdadeira interprete (embora com algunas agudos que podem se tornar irritantes mas… é uma questão de trabalhar). Outra coisa que tem de trabalhar é a personalidade, porque não me parece muito cativante para a América. Categoria A

httpv://www.youtube.com/watch?v=4-gWSan4WIUY

Rachel Zevita.Fiona Apple’ “Criminal”. Perfeita escolha de música para Rachel, sem dúvida. Mas foi abaixo do que eu esperava dela. A música virou sem dúvida broadway como foi referido, e ela não esteve assim tão bem como podia. Randy diz que não funcionou, e pôs Rachel debaixo de um comboio em movimento, como recentemente tem adorado fazer. Boa Randy. Acho que está em perigo, mas para mim: Categoria B

httpv://www.youtube.com/watch?v=80nMFPIwEmE

Karen RodriguezMariah Carey “Hero”. “Ainda se canta isto?” foi o comentário de quem estava a ver comigo. Eu já não gostava da Karen até agora, sempre teve escolhas aborrecidas, parece que só está ali porque foi a concorrente que ficou do Myspace, e para gritar “latiiiinos” de cada vez que tem um tempo de antena. E a escolha desta música (metade em espanhol, metade em inglês) só comprovou isso. A apelar votos aos latinos, uma escolha aborrecida, uma cantora que não traz nada ao mundo da música actual, que é tudo, menos performer. O juri adorou (COMO????), apelou ao espanhol (agora estamos a ver Latin American Idol?) . Para mim… depois da Only Girl, foi a pior da noite. Categoria D.

httpv://www.youtube.com/watch?v=7ikDjGsuyac

Lauren Turner –  Etta James “Seven Day Fool” Uma das coisas que me irrita neste programa é a falta de atenção que eles dão a certos concorrentes, só porque não têm uma história qualquer que marca e faz chorar o público. Uma delas é Lauren Turner. Ninguem sabe nada dela, pouco apareceu nas audições, e todos sabemos que ela não vai ficar no top 12 nem que a vaca tussa. No entanto, fez um bom um espectáculo com vibes de Amy Winehouse e eu gostaria que lhe tivessem dado a oportunidade de se mostrar (apesar da sua figura não ser muito apelativa para os olhos dos americanos) Categoria B.

[Pausa para dizer que o James Durbin ao lado do Ryan Seacrest irritou-me profundamente. PÁRA DE QUERER APARECER EM TUDO]

httpv://www.youtube.com/watch?v=F3BkQsU95II

Ashton Jones. Monica “Love Over Me”. Sinceramente? Não é das minhas favoritas, mas eu gostei. Um estilo R&B, com atitude e maneira “diva” de cantar. Vamos esperar para ver o que ela traz mais. Um bocadinho de cuidado é preciso, ela desafina às vezes, e… não é bom, para alguém que está a ser vendida pelos júris como diva.Categoria B

httpv://www.youtube.com/watch?v=aWjr-fFXACgI

Julie Zorrilla. Kelly Clarkson “Breakaway”. Recuso-me a comentar isto. Péssimo, péssimo. Ela até era boa cantora (mesmo com a falta de interpretação ao cantar), mas depois da escolha de música. Aviso concorrentes de American Idol? Deixem as músicas da Kelly Clarkson em paz, nunca dá bom resultado. Já referi, escolha da música totalmente errada? Categoria C

httpv://www.youtube.com/watch?v=HptevArSS38w

Haley Reinhart. Alicia Keys “Fallin” (Alicia Keys)“Outra? Quantas vezes isto já foi cantado em talkshows?” Mesmo. Esta música não foi de nenhuma maneira original. Apesar de ter sido bem melhor que Karen, e a voz ser.. apreciável… Haley vai ter que trabalhar, e mostrar que merece avançar na competição. Eu, pessoalmente, gosto do genéro dela. Um bocadinho exagerada na voz. Vamos esperar para ver.Categoria B

httpv://www.youtube.com/watch?v=2Wf08ty6l4g

Thia Megia. Irene Cara “Out Here On My Own” Uma das mudanças nesta temporada foi reduzir a idade dos concorrentes para os 15 anos. Thia Megia foi uma dessas sortudas que, apesar de necessitar mais uns anos de experiência, entrou nesta temporada para demonstrar que a mudança foi bem feita. Até agora não tinha visto nada de especial na miúda, no entanto Thia rendeu uma boa performance esta noite contra todas as as minhas expectativas. Afinada, começou à capella, cantou bem. Fico contente. Mas continuo a dizer que falta carisma, experiência de vida e interpretação da música. Categoria B.

httpv://www.youtube.com/watch?v=8KMGc3vLDug

Lauren Alaina Reba McEntire “Turn on the Radio” Okay, rendo-me. A menina de ouro dos produtores de American Idol, a mais falada de todas, a que mais apareceu no meu ecrã, que nos enfiaram pela boca durante as semanas de audições de modo a não esquecermos a sua tão adorada existência. OKAY. Teve o efeito contrário em mim, já não conseguia suportá-la e vê-la no ecrã a toda a hora. No entanto, tenho que admitir, foi uma das melhores da noite até agora. Confiante, com boas vocals, apesar da música não ser a melhor, fez-me até gostar, e pensar que podia fazer um album interessante. No entanto, e mais uma vez, os juris a dizerem que ela é uma mistura de Kelly Clarkson e Carrie Underwood deu-me um volta ao estômago. Se querem dar o prémio final já, não nos metam a perder semanas e semanas de tempo e declarem-na a próxima American Idol, segundo os produtores. Mas sim, eu sei que ela merece estar no top 12 (Se parar com músicas que dizem turn me on, e parar de tentar levar o Steve Tyler para um lugar que eu cá sei… tens 16 anos, Lauren) Categoria B

httpv://www.youtube.com/watch?v=0LR0qvrzhWE

Pia ToscanoThe Pretenders’ “I’ll stand by you” Eu já tinha esperanças Pia fosse fantástica, e um talento escondido, que não foi falado muito mas que ia deixar-nos todos de boca aberta. Apesar de uma música batida e com quase mais covers que “Halleluya”, Pia conseguiu cantá-la às ua maneira, valorizá-la, e deixar-me boquiaberto (a mim e aos presentes.) Rendeu a primeira standing ovation da temporada, e os outros concorrentes muito emocionados. Não sei como é que é que foi Pia nos ensaios gerais, porque todos pareciam bastante surpreendidos (basta olhar para Jennifer Lopez aos saltinhos no final da música: momento cómico da noite). Promete. Quero mais dela. Categoria A

Se eu escolhesse o top 5? Pia Toscano. Naima Adedapo. Kendra Chantelle. Lauren Alaina. Lauren Turner
Mas quem será o nosso top 13? Próxima critica 😉

 

Categorias
Televisão

Comentários