Palcos & Letras

Teatro Aberto estreia Purga em Junho

Irene CruzO Teatro Aberto, o grande vencedor da categoria de Teatro da XVI Gala dos Globos de Ouro onde alcançou dois galardões por Melhor Espectáculo (O Senhor Puntila e o Seu Criado Matti) e Melhor Actor (Miguel Guilherme), estreia neste mês de Junho a nova produção intitulada Purga.

Purga é uma peça de Sofi Oksanen com encenação a cargo, novamente, de João Lourenço no palco da Sala Azul. O espetáculo marca ainda o regresso de Irene Cruz às tábuas do Teatro num desafiante papel que certamente marcará a sua carreira artística.

A história desenvolve-se em torno de duas mulheres que estão em confronto. A primeira conhecemo-la na Estónia dos anos 90 onde acolhe e esconde uma outra mulher vítima de tráfico humano. O espectador é convidado a entrar na vida desta personagem desde os anos 40, durante a ocupação Soviética, onde se vai desenrolando a história de uma nação que está sob chefia de um regime opressivo. São explorados os laços que unem estas duas mulheres e descobre-se um complexo e trágico drama familiar. A sobrevivência e o seu custo vão ser explorados neste espectáculo sob o prisma do ser humano no feminino.

PURGA, de Sofi Oksanen

Ficha Artística

Versão: João Lourenço | Vera San Payo de Lemos

Dramaturgia: Vera San Payo de Lemos

Encenação e realização vídeo: João Lourenço

Cenário: António Casimiro | João Lourenço

Figurinos: Lídia Lemos

Supervisão audiovisual: Nuno Neves

Luz: Melim Teixeira

Apoio ao Movimento: Cláudia Nóvoa

Com: Alberto Quaresma | Ana Guiomar | Diogo Morgado | Hugo Bettencourt | Irene Cruz | Patrícia André | Rui Neto

Categorias
Palcos & Letras

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários