Rubricas

Top TV #1

O TOP TV é a nova rubrica do reformulado Propagandista Social. Todas as semanas o melhor e o pior da televisão portuguesa, por Tiago Lourenço.

O melhor da semana é, sem dúvida, Não Há Crise. O programa tinha a difícil tarefa de substituir Peso Pesado na SIC. O certo é que os apanhados de Nuno Graciano surpreenderam todos com os resultados obtidos. Estreou-se no quarto lugar do top cinco das audiências e, na passada sexta-feira, fez o incrível feito de ultrapassar a novela da TVI, Remédio Santo. O incrível aqui, já não é o facto de um programa da SIC ultrapassar uma novela do canal de Queluz no horário nobre, mas sim facto de Não Há Crise ser um programa muito fraco. 45 minutos de apanhados, que nem sequer são portugueses, e um Nuno Graciano a apresentar coisa nenhuma é uma fórmula preguiçosa, mas resulta. Pelo menos tem estado a resultar.

 O pior da semana são as repetições da RTP em pleno horário nobre. Não é admissível que um canal pago pelos contribuintes portugueses coloque, no mais importante horário em televisão, 11 horas de repetições. Não que Conta-me Como Foi, Maternidade, Liberdade 21 ou Ainda bem que Apareceste não tenham qualidade, porque o têm, mas um canal público tem de ter um cuidado redobrado, em relação aos outros canais, com aquilo que emite. Em televisão o público é quem mais ordena e os resultados destas reposições têm sido desastrosos. Talvez para o próximo ano a RTP tenha algo de novo para mostrar em épocas de maior calor.

 Este foi o primeiro de muitos Top TV, volto para a semana para lhe falar do melhor e do pior daquilo que se passa na televisão portuguesa. Todos os dias tem novidades sobre televisão no meu blog pessoal em http://acaixaquejafoimagica.blogspot.com/ e todas as semanas aqui no Propagandista Social.

Tiago Lourenço

Categorias
RubricasTop TV

Comentários