Música

Casa de Amy Winehouse roubada

Casa de Amy Winehouse, em Camden Squere - Londres

A casa da cantora Amy Winehouse foi roubada depois da sua morte, há cerca de três semanas.

Segundo o jornal Metro, cerca de vinte pessoas tiveram acesso à sua residência, entre família, amigos, seguranças e polícia.  Pouco depois da sua morte, algumas coisas desapareceram da sua casa em Londres. Entre os objectos desaparecidos deverão estar músicas inéditas que a cantora britânica estaria a preparar para o seu próximo álbum, cadernos com letras de músicas, uma das guitarras preferidas de Amy e cartas, mas apenas os cadernos foram dados como desaparecidos à polícia.

O pai da cantora, Mitch Winehouse está furioso com o incidente. Juntamente com o namorado de Amy, Reg Traviss, está a trabalhar com a policia, de maneira a fazer um inventario dos bens que estavam na casa da sua filha e tentar recuperar  o que foi roubado. Mitch deu ontem a oportunidade aos assaltantes de devolverem o material roubado, antes de a polícia começar a investigar o incidente.

Um dos amigos de Amy Winehouse disse ontem ao jornal The Sun que o desaparecimento dos objectos pessoais “é um choque revoltante para a família” e não percebe “como alguém pode descer tão baixo”. O amigo da cantora revela também que os pais e a editora ainda não tinham decidido o que fazer com as músicas inéditas: “O facto de isso lhes ter sido tirado das mãos é horrível”, disse.

Amy Winehouse foi encontrada já sem vida na sua casa em Camden Square, Londres, a 23 de Julho. Apesar dos seus 27 anos eram conhecidos os seus problemas com álcool e drogas. A autópsia mostrou-se inconclusiva e o resultado dos testes toxicológicos deverão ser conhecidos ainda este mês.

Categorias
Música

Designer de profissão, apaixonada por tudo o que é visual e cultural. https://www.facebook.com/sarayall.design

Comentários