Destaques

Chanel – a nova biografia ilustrada por Lagerfeld

Coco Chanel: Sa vie” é a nova biografia da conhecida designer que conta com ilustrações de Karl Lagerfeld.

São muitas as obras publicadas sobre Coco Chanel. Se fizer uma pesquisa no motor de busca da loja online Amazon, utilizando o nome da designer, irá encontrar 247 referências. “Coco Chanel: Sa vie” é a nova biografia lançada em Espanha e ainda sem data prevista para a publicação em Português. Esta nova publicação é da autoria de Justine Picardie, uma jornalista inglesa que em 1997, numa visita à casa de Gabrielle Chanel, espertou a curiosidade para o mistério da vida da designer.

O livro possui algumas particularidades que o distinguem de todas os outras obras sobre Chanel, tanto a nível de conteúdo como a nível estético. As ilustrações são do reputado designer alemão Karl Lagerfeld, o director criativo da marca desde os anos 80.

Algumas das obras publicadas nos últimos tempos afirmam que Chanel manteve uma relação com um oficial das tropas alemãs, tendo um papel importante durante as ocupações de Paris, na Segunda Guerra Mundial. A designer chega mesmo a ser considerada a Mata Hari (uma espiã da Primeira Guerra Mundial) da II Guerra Mundial. Ora, no livro de que falamos, a autor, baseada em investigações que realizou em arquivos militares dos serviços secretos britânicos e outros de Winston Churchill, em Cambridge, revelam que Chanel “teve uma estreitíssima amizade com Winston Churchill e a influência do Reino Unido na sua vida foi crucial durante a II Guerra Mundial”. Para Picardie, a designer viajou para Inglaterra por causa da sua paixão pelo duque de Westminster, que conheceu em 1933. Tal é justificado pelas “fotografias fantásticas [de Chanel] a receber o duque de Westminster e as suas amantes, facto totalmente aceite pela sociedade britânica dos finais dos anos de 1930, onde participavam duquesas e todas as grandes personalidades da época”.

A Chanel foi fundada em 1909 pela própria Gabrielle e tem actualmente Karl Lagerfeld como Director Criativo.

De resto a estadia em terras de sua majestade representou uma grande influência da moda de Chanel. A utilização do conhecido tecido tweed remonta à época assinalada. O lado feminista da estilista é também enfatizado pela autora, sendo considerada responsável pela liberdade e comodidade, até à época, apenas concebida aos homens.

Apesar da intensiva investigação, para a autora ficam ainda algumas perguntas que gostaria de colocar a Gabrielle Chanel sobre aquele que é considerado o lado mais negro da sua vida – a sua infância. A morte da mãe e o abandono do pai num orfanato são alguns dos episódios trágicos por que a designer passou enquanto criança.

Gabrielle Chanel, mais conhecida por Coco Chanel, foi a estilista de moda francesa responsável pela revolução do vertuário das mulheres, durante o século XX, levando-a à fundação da marca Chanel.


Categorias
DestaquesModa

Media student, workaholic, tv-radio-web addicted, fashion victim, music lover. A life enjoyer.

Comentários