Televisão

Homossexualidade é “doença sexual”

Para Carlos, esta parece ser a grande verdade. O tema voltou em grande força, após Teresa Guilherme ter perguntado directamente a Miguel se era homossexual e o porquê de João J. se sentir tão incomodado.

A conversa prosseguiu hoje e o dono do acordeão continua a mostrar-se rígido, não temendo pôr em risco o voto dos homossexuais portugueses, que diz serem bastantes a nível nacional. com tal assunto.

Carlos por sua vez concorda com João J. e diz achar a homossexualidade algo “estranho” e que nunca poderia vir a gostar de homens. Para o cabeleireiro, ser gay é mesmo uma “doença sexual”!

Esta hipótese de se passar a gostar de homens, quando se gostava antes de mulheres, foi lançada pela afirmação de Ricardo que daqui a 20 anos tudo será diferente a nível de constituição de casais.

O tema salta para os filhos e Miguel explica que a homossexualidade, segundo esudos académicos, tem a ver com uma alteração do ADN. Para ele, ter um filho gay seria motivo de tristeza. Já Carlos, que parece ser contra esta “doença”, prefere que o seu sucessor seja homossexual a toxicodependente.

No meio desta conversa cheia de testosterona, Daniela S. interrompe argumentando que a homossexualidade não faz parte de nenhum Segredo e que tal conversa não devia sequer existir.

Categorias
Televisão

Comentários