Destaques

Buraka Som Sistema: a caminho dos coliseus

 Os Buraka Som Sistema preparam-se para actuar nos coliseus de Lisboa e do Porto.

Já passaram quase seis anos desde que quatro amigos se juntaram num clube de Lisboa para fazer música. Não faziam ideia de que um dia se tornariam num dos maiores fenómenos da música portuguesa contemporânea. Mas o certo é que de 2006 em diante, os nomes de Lil’John, Riot, Conductor e Kalaf (pontualmente) viriam a conjugar-se num só – Buraka Som Sistema.

O primeiro álbum do grupo, o EP “From Buraka to the World” (2006), editado pela Enchufada (discográfica formada anos antes por Lil’John e Kalaf) seria lançado apenas com 700 exemplares. As cópias, cujas embalagens eram caixas não recicladas totalmente diferentes umas das outras, desapareceram das lojas numa única semana.

De boca em boca, a potência das ondas sonoras da Buraca chegaram a todo o mundo. O álbum de estreia começou a ser produzido entre viagens e concertos. “Sounds of Kuduro”, o primeiro single, surgiu no raiar de 2008, com a participação dos MCs Puto Prata e Saborosa e da mundialmente conhecida M.I.A. À música contagiante associou-se um vídeo com arrojadas coreografias e que provocou uma verdadeira virose on-line – no canal do Youtube dos Buraka, o contador mostra mais de cinco milhões de visualizações.

httpv://www.youtube.com/watch?v=4CkXhtw7UNk

O sucesso foi tal que o grupo não perdeu tempo e lançou mais um disco. “Black Diamond” viria assim a ver a luz do Sol ainda em 2008. As radiações solares foram de tal intensidade que ofuscaram os restantes talentos levando a banda a atingir o Disco de Ouro por vendas superiores a dez mil cópias.

Black Diamond” deu ao grupo um passe directo para outro nível que é como quem diz um bilhete de avião para uma digressão à escala mundial. Os Buraka mostraram-se ao vivo e deixaram os chineses de olhos em bico, os britânicos de água nos olhos e os norte-americanos de olhos arregalados. Resultado: as actuações do grupo da Amadora chegaram aos tops de referência de publicações como o New York Times e o The Guardian.

Depois de tanta atribulação Lil’ John e companhia tiveram que parar. Em Setembro de 2010 hibernaram durante um mês no meio do mato, em Monchique. Mas, ao contrário do que se poderia pensar, não foi para férias.  O grupo começou a produzir “Komba”, o álbum lançado no passado dia 24 de Outubro em Portugal, e dias depois em todo o mundo. Do disco já foram extraídos dois singles – “Hangover” e “(We Stay) Up All Night” – e as criticas não poderiam ser melhores. O trabalho promete continuar a proclamar mundo fora a filosofia burakiana.

httpv://www.youtube.com/watch?v=wOMe-8Tf1Y0&feature=relmfu

Mostrando que no ghetto também há talento, a nova etapa dos Buraka arranca já! No dia 10 de Novembro, o grupo vai fazer estremecer o Coliseu de Lisboa. E no dia 19, ruma em direcção a norte para espalhar os sons electrizantes da Buraca no Coliseu do Porto. Está à espera de quê? “Wegue wegue!

 httpv://www.youtube.com/watch?v=OpYR7ilLbfo

Bilheteira

Promotora: Everything Is New

10 de Novembro – Coliseu de Lisboa

Preços: Plateira em pé – 20€

Horário: Abertura de portas – 20h; Início de espectáculo – 21h

19 de Novembro  – Coliseu do Porto

Preços: Plateia em Pé – 20€; Tribuna – 24€; Camarote 1ª – 24€; Frizas – 24€

Horário: Abertura de Portas – 20h; Início do Espectáculo – 21h

Categorias
DestaquesMúsica

Media student, workaholic, tv-radio-web addicted, fashion victim, music lover. A life enjoyer.

Comentários