Destaques

Buraka Som Sistema – O kuduro progressivo invadiu o Coliseu

O álbum “Komba” deu o pretexto para os Buraka arrasarem no Coliseu de Lisboa.

Os Buraka Som Sistema actuaram na noite de quinta-feira, dia 10, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa. O objectivo era celebrar a vida e parece ter agradado aos variados admiradores do grupo que não deram lotação esgotada mas deixaram o coliseu bem recheado.

O concerto não começou da melhor forma por causa de um atraso de mais de uma hora que deixou impaciente a plateia. Contudo, às primeiras vibrações sonoras, o tempo parece ter passado a correr. O concerto abriu com “Hangover”, música de apresentação do mais recente álbum dos Buraka – “Komba” – inaugurando a pista de dança em que se transformou o coliseu. Seguiram-se outros êxitos como “Yah”, “Sound of Kuduro” ou “Kalemba (Wegue Wegue)”.

Como não se actua no Coliseu de Lisboa todos os dias, os Buraka aproveitaram para recordar alguns dos temas mais antigos e que marcaram os primórdios da banda, apresentando músicas como “Wawaba”. Para além de revisitar o passado, o grupo foi visitado por alguns artistas. Em palco, juntaram-se à família Buraka, Sara Tavares, que se apresentou num registo diferente do que estamos habituados a ouvir, e Pongolove, que dá voz ao emblemático “Kalemba”. Quem teve direito a subir ao palco foram também vinte senhoras convidadas a mostrar os seus dotes artísticos que, num concerto dos Buraka, significa “abanar o bum bum”.

Na equipa vencedora não se mexe mas, num concerto especial como este, o grupo resolveu diversificar. Kalaf e Conductor deram voz ao concerto e Fred Freitas marcou o ritmo na bateria mas a este juntou-se Riot, que normalmente faz parelha com J-WOW aka Lil’ John na electrónica. O resultado fez-se sentir rapidamente – o êxtase do público foi evidente.

No final do concerto, há a salientar o espectacular trabalho cenográfico que complementar a já vibrante e competente performance dos Buraka Som Sistema. Seja numa sala imponente como o Coliseu ou num clube de bairro, o grupo mostrou que consegue fazer a festa em qualquer palco.

Depois de Lisboa, o grupo de Kalaf e J-WOW prepara-se para possuir os nortenhos com os sons electrizantes do kuduro progressivo. No dia 19 de Novembro, actuam no Coliseu do Porto.

Fotos: MyWay

Categorias
DestaquesMúsica

Media student, workaholic, tv-radio-web addicted, fashion victim, music lover. A life enjoyer.

Comentários