Cinema

“Twilight – Amanhecer”, o início do fim (crónica)

O filme da saga mais idolatrada por todas as adolescentes do mundo, “Twilight”, está de volta. Em “Amanhecer – Parte 1” Edward e Bella finalmente casam-se, contra o desejo de Jacob, o lobisomem que faz tudo para proteger Bella. Depois de uma cerimónia romântica, o casal parte de lua-de-mel para o Rio de Janeiro onde Bella engravida, pondo em risco a sua sobrevivência.

Tudo isto gera um conflito entre os vampiros e os lobisomens, que prometem vingar Bella caso esta morra. Mas esta não morre, e após dar á luz uma filha, fruto da sua união com Edward, torna-se imortal (vampira) como sempre desejou.

Esta acção desenrola-se ao longo de quase duas horas de fita, que provavelmente vão deixar o espectador a perguntar-se “Então e mais?” querendo ver o que eu vai acontecer agora que Bella se transformou.

Os actores principais, Robert Pattinson e Kristen Stewart, são competentes mais uma vez, deixando transparecer na tela a cumplicidade que os une.

Os cenários são de cortar a respiração, criando uma atmosfera de romance à volta desta história de amor “fatal” e conferindo ao filme um misto de mistério e fantasia. A banda sonora segue a mesma linha, marcando presença em todos os momentos chave desta trama, envolvendo o espectador na mesma.

O filme estreia esta quinta-feira nas salas de cinema portuguesas. Veja aqui o trailer e não perca o filme!

Avaliação: 3/5

                                       httpv://www.youtube.com/watch?v=p1OHXR63a38

 

 

 

Categorias
CinemaDestaques

Jornalista Estagiária numa publicação mensal e amante de Cinema e da Cultura nacionais

Comentários