Destaques

SoundCloud: “Talk That Talk”, o novo álbum de Rihanna

Nas ondas da música, o Propagandista Social está a partir de hoje no paraíso. Chegámos ao céu e, de hoje em diante, pulamos de nuvem em nuvem, de palco em palco. O objectivo é simples: desfrutar das brisas sonoras mais refrescantes, dos flashes dos relâmpagos, do brilho das estrelas que são os artistas, e da neblina que é o showbizz. Venha daí, entre no SoundCloud!

Talk That Talk” é o novo álbum de Rihanna. O longa-duração chega apenas um ano e cinco dias depois de “Loud” ter chegado às lojas e ainda anda pelos tops. O antecessor de “TTT” ocupa esta semana o número 56 da tabela Billboard 200, e o último single extraído do disco, “Cheers” está na posição número 58 da Billboard Hot 100.

Dado o sucesso do álbum “Loud” que se prolonga até aos dias de hoje, a pergunta impõem-se: «É este o momento certo para lançar o novo disco?». A resposta é «Sim».

Em 2009, Rihanna lançou “Rated R”, o primeiro álbum depois do episódio de violência doméstica que envolveu a cantora e Chris Brown. O registo adoptado pela artista no disco não resultou. Com o cabelo curto, a cantora surgiu com uma postura de super-mulher – aproveitando a vitória do infeliz caso de que foi vítima. Mas a bravura que imprimiu nas faixas do álbum chegou a tornar-se obscura e demasiado agressiva, radicalmente diferente àquela a que tinha habituado os fãs.

Sem perder tempo, a cantora e a sua editora lançaram “Loud”, em Novembro de 2010. De volta ao registo POP, mas sempre camaliónica (desta vez ruiva), Rihanna recupera o seu lugar no reino da música, e a teara de princesa da POP. Com “Only Girl”, “Wha’t’s My Name”, a cantora mostrou estar de volta à corrida e por isso percorreu o mundo numa em digressão, espalhando magia pelo “Rihanna Navy”, o seu enorme grupo de fãs.

Ora para não perder o ritmo, e numa altura em que ainda canta pelos palcos do mundo, antes que fosse tarde, Rihanna lançou “Talk That Talk”. E para manter o público embalado nada melhor que falar sobre… amor! E a ver pelo alinhamento de “TTT”, Rihanna tem muito “love” para dar: “We Found Love”, “We Want Love”, “Drunk on Love” são algumas das faixas do novo álbum. Mas quando não há amor, há sexo! Em “Cockiness” ouvimos algo como “eu adoro isto, eu adoro isto quando tu comes”! O novo álbum revela um registo mais disco e house de Rihanna, levando sons vibrantes como “Where Have you Been” e “We Found Love” para as pistas de dança. No longa-duração que chega agora às lojas a cantora volta às origens, que é como quem diz, ao cabelo comprido e moreno. Mas a postura de menina inocente de “Music of the sun” não é mais a mesma. A cantora adopta uma postura sensual… ou mesmo sexual e hardcore.

O resultado parece agradar aos fãs e à crítica. Na minha opinião, e enquanto seu admirador, atrevo-me a considerar este o melhor álbum da atribulada carreira de Rihanna. Os tops parecem refletir a qualidade de “TTT”: ainda na primeira semana de vendas, as perspectivas são optimistas, afinal o álbum deverá atingir o número um em vários países e no iTunes.

O lançamento de “Talk That Talk” por esta altura deverá agradar aos fãs portugueses da cantora dos Barbados. Para além de uma nova tranche de música, será muito provável que a cantora interprete algumas das novos temas no espetáculo que apresentará ainda este ano em território nacional.  No dia 17 de Dezembro, Rihanna apresenta a “Loud Tour” (ainda do álbum anterior) no Pavilhão Atlântico. A primeira parte do concerto ficará a cargo de Calvin Harris, o produtor do mais recente êxito da cantora, “We Found Love”.

Bilheteira

Horários: Abertura de portas – 18h; Início do espetáculo – 19h30

Preços:

  • Plateia em Pé: 36,00 Euros
  • Balcão 1: 45,00 Euros
  • Balcão 2: 35,00 Euros

Ruben de Carvalho

Categorias
DestaquesMúsicaSoundCloud

Media student, workaholic, tv-radio-web addicted, fashion victim, music lover. A life enjoyer.

Comentários