Destaques

SoundCloud | Artistas 2011: Rihanna

Rihanna Rihanna Performs O2 Arena Loud Tour HV9aKFL52KQl

O SoundClound continua a celebrar 2011. Até sábado passamos em revista o ano das estrelas nada cadentes e que teimam em permanecer no cimo do paraíso musical. Hoje “We Found Love” e  fazemos “Cheers” para a mulher que adora “S&M” e insiste em partilhá-lo… “What’s my name?” Rihanna!

rihanna-loud-tour-6-1324568714-view-1

No ano que agora finda ouvimos “What’s my name?”, “S&M”, “Man Down”, “California King Bed”, “Cheers” do álbum “Loud”. Chegava? Não! Faltava “We Found Love” e “You Da One” do novo “Talk That Talk”. Se 2011 seria o mesmo sem Rihanna? Não me parece.

O ano de 2011 não poderia ser mais recheado para Rihanna. O ano começou com a promoção do álbum “Loud” lançado em Novembro de 2010 e com a apresentação de músicas como “What’s My Name” e “S&M” ao mundo.  O sucesso foi tal que a Def Jam não perdeu tempo e lançou Rihanna em digressão pelo mundo. Na maior produção musical da carreira da cantora, num palco imenso com plataformas elevatória e passadeiras rolantes, com 1001 cores, a “Loud Tour” percorreu os principais palcos dos continentes americano e europeu, incluindo a O2 Arena, em Londres, o Staples Center, em Los Angles e… o Pavilhão Atlântico em Lisboa. O concerto que a própria Rihanna adjetivou como “lendário” lotou o pavilhão e pôs a capital lisboeta ao rubro de tal forma que a cantora não resistiu e acabou a vomitar a meio do concerto….é a emoção!

Cheio de emoção fico eu quando vejo Rihanna a cantar… em playback. (Sim, volto a criticá-la!) Nesta tournée vi uma Rihanna mais à vontade em palco, mais expressiva e mais interativa com os fãs. Mas vi também uma Rihanna que não consegue descartar de uma vez por todas as vozes gravadas o que por um lado revela a insegurança da cantora e daqueles que nela (não) confiam, e a incapacidade vocal da cantora. Mas (felizmente?) hoje os artistas não se fazem apenas pela sua voz. Conta a aparência  e aquilo que são dentro e fora de palcos. E em Rihanna isso conta bastante… e ela faz por isso.

O ano de 2011 ficará marcado como a fase de reafirmação da cantora enquanto objecto sexual. Como se o ano já não estivesse bem preenchido, Rihanna aproveitou a tempestade favorável, e resolveu semear mais uns ventos. O ano termina com o lançamento de “Talk That Talk” e mais uns quantos hits.We found love” já não sai da cabeça de ninguém e promete ser uma das músicas da noite de reveillon. “Where have you been” e “You da one” são outras das preciosidades do álbum que ainda dará muito que falar. Para mim é o melhor da carreira da cantora… em estúdio. Veremos como se sai em palco.Os vídeos de “S&M”, “Man Down” e “We Found Love”, a aparência da cantora nas suas performances, e a postura da cantora na “Loud Tour” mostram a cantora cada vez mais afastada do perfil da menina inocente que adoptara nos seus primórdios.  Em 2011, a interprete de “Only Girl” confirmou aquilo que se já se vinha adivinhando desde o álbum “Rated R”. Hoje temos uma Rihanna pseudo-feminista, que adopta uma postura (por vezes exagerada) de super-mulher que superou um episódio de violência doméstica e é idolatrada pelas fãs . Como se não bastasse, insiste em ser cada vez menos normal, e cada vez mais sexual. A meu ver, não é que a sensualidade não bastasse, mas a sexualidade vende mais. Perguntem às fãs que tiveram direito a uma lap dance da cantora…

No calendário de 2011, ficam ainda as colaborações com Nicki Minaj em “Fly” e com os Coldplay em “Princess of China“.

Dificilmente 2012 superará 2011 para Rihanna. Contudo o novo álbum tem fruta fresca para dar e vender. Ao álbum juntar-se-á o já prometido DVD da “Loud Tour” com imagens dos três concertos que a cantora apresentou em Londres. Cá o aguardamos. Resta desejar um bom 2012 a Ri-Ri, de preferência mais calmo… que assim ninguém aguenta!

SoundCloud Especial: As artistas 2011 – Katy Perry

Para celebrar Rihanna proponho que dance e espreite o concerto que a cantora deu no Rock in Rio 2011, no Rio de Janeiro:

Categorias
DestaquesMúsicaRubricasSoundCloud

Media student, workaholic, tv-radio-web addicted, fashion victim, music lover. A life enjoyer.

Comentários