Destaques

“Dr.White – O Caminho para a Felicidade” estreia a 7 de Janeiro

image

Da autoria e com apresentação de Miguel Stanley, Dr. White – O Caminho para a Felicidade é um formato inovador e arrojado que pretende mudar a mentalidade dos portugueses. Juntamente com uma equipa, criteriosamente selecionada, o médico dentista irá revolucionar o conceito de total makeover, realizando o sonho de muitos portugueses que já haviam perdido a esperança.

Contrariamente a formatos análogos que já foram exibidos em Portugal e noutros países o objetivo principal deste programa não é o de transformar pessoas doentes em modelos fotográficos, obrigando-os a passar por todo o tipo de privações. O que se pretende é reeducar os portugueses, ensinando-os a adquirir hábitos de vida saudáveis e duradouros e a olhar para os profissionais de saúde com respeito e confiança.

image

No programa os candidatos aprenderão a importância de uma alimentação equilibrada, do exercício físico, da higiene oral, dos cuidados a ter com a pele, com a visão e até com a forma como se vestem. A palavra de ordem é mudar, mudar para melhor.

Cada programa terá uma duração aproximada de uma hora e integra o makeover de dois candidatos. Dependendo do número de tratamentos e intervenções que cada candidato necessite, poderá equacionar-se a inclusão de um terceiro caso, se for simples. O programa abre com depoimentos breves mas fortes de cada um dos candidatos, onde estes se apresentam. Em breves segundos será levantado o véu sobre as suas histórias de vida e ficaremos a saber a motivação, isto é, o que os levou a participar no programa.

A esta abertura segue-se o genérico e a habitual reunião de board meeting, onde toda a equipa de reúne para analisar a ficha clínica de cada candidato. A partir deste ponto o telespetador assistirá a uma divisão das suas histórias, que seguirão em paralelo, ligadas apenas pela voz de Miguel Stanley. Acompanharemos todo o percurso dos candidatos, marcando presença nas consultas, nas intervenções, nos treinos e outras etapas importantes da sua passagem pelo programa.

image

O impacto emocional do processo de transformação, à medida que este vai decorrendo, será dado através de depoimentos dos próprios candidatos. A cada passo estes vão revelando o que estão a sentir e quais são as suas expetativas em relação ao momento final: a entrada no “corredor da felicidade”, como nomeia do “Dr. White”. Os familiares e amigos farão o enquadramento geral, explicando a importância de determinada mudança na vida dos concorrentes.

Em todos os programas um dos elementos da equipa White presenteará os telespetadores com uma dica útil, relacionada com a sua área de especialidade. Estas dicas rápidas terão sempre uma forte componente visual associada. Podem ser dicas de nutrição, fitness, dermatologia, culinária, higiene oral, maquilhagem, cabelos, entre outras especialidades.

image

A EQUIPA “WHITE”

Mais do que um programa televisivo, este projeto constitui uma missão de grande responsabilidade, não só pela sua dimensão e projeção mas também pelo facto de podermos mudar para sempre a vida das pessoas. Consciente dessa enorme responsabilidade, Miguel Stanley, também conhecido como o Dr. White, reuniu uma vasta equipa, composta por alguns dos profissionais mais prestigiados e experientes do mercado. Trata-se de uma equipa multidisciplinar, jovem e dinâmica, que trabalhará em conjunto para resolver todos os problemas e dificuldades apresentadas pelos candidatos. É a primeira vez que, num programa de televisão, se reúnem especialidades tão diversas com um objetivo comum: fazer pessoas felizes.

Da equipa, portanto, fazem parte: Miguel Stanley – médico dentista, Tiago Baptista Fernandes – cirurgião plástico, Leonor Girão – dermatologista, Catarina de Castro Lopes – Psicóloga Clínica, Iara Rodrigues – Nutricionista Clínica, Ricardo Vieira Alves e João Amaral – médicos dentistas, Berny Serrão – Consultora de Imagem, Nuno Queiroz Ribeiro – Chef de cozinha, Pedro Baptista – Personal Trainer.

httpv://www.youtube.com/watch?v=radKA64whpo

Para ver no serão de sábado, 7 de Janeiro, na SIC.

Categorias
DestaquesTelevisão

Se o Jornalismo não se pode considerar uma ciência temos certamente de olhá-lo como uma arte. A arte de saber contar estórias e marcar a história. Estudante de Jornalismo (ESCS-IPL)

Comentários