Destaques

José Alberto Carvalho quer transformar TVI24 “no canal de informação mais ágil, dinâmico e multimédia” (veja o vídeo da entrevista)

f

A TVI24 vai mudar na próxima segunda-fera (9). O Propagandista Social esteve na apresentação oficial das novas imagem e programação, e entrevistou o diretor de informação do canal, José Alberto Carvalho. Durante esta conversa, o jornalista falou das novidades no canal de informação, fez o balanço dos primeiros 8 meses de trabalho na TVI e falou sobre o futuro.

A nova imagem da TVI24 pretende transmitir o novo posicionamento do canal e “transmitir aos espetadores que nós fazemos falta e eles precisam de nós” porque “estamos onde as pessoas estão”. Para JAC o anterior aspeto visual da estação “não ajudava a definir a identidade do canal” pretendida. A partir de dia 9, a TVI24 transforma-se num “canal de informação mais ágil, dinâmico e multimédia. Para tal contribuem, em muito a nova imagem visual e sonora. O diretor de informação levantou a ponta do véu e disse que a nova imagem “deixou de ser uma coisa tão pop (…) mas mantemos uma enorme vivacidade”. O objectivo é “dar alguma sobriedade adicional ao canal para atingir o público-alvo dos canais de informação. Ainda assim, o jornalista ressalva que “não nos queremos transformar numa cópia dos outros canais”, garantindo que a imagem da TVI24 continuará associada à do canal generalista. A mudança no rosto da estação envolveu vários departamentos do universo TVI. Filipa Garnel, diretora da revista Lux, “foi uma grande ajuda”enquanto conselheira durante o processo de criação da nova imagem (grafismo, cenários, apresentadores).

IMG_7449

Apesar da importância da imagem na televisão, o diretor de informação da TVI afirma que as mudanças na TVI24 vão além do visual. Há aqui “substância, não é apenas operação plástica”. A equipa de JAC fez mudanças estruturais nos métodos de produção noticiosa, ao nível de recursos humanos e técnicos. A redação de Queluz de Baixo foi reorganizada. Os jornalistas do meio onlineforam colocados no coração da redação de televisão (…) a redação online está integrada no meio da redação”. Por este conjunto de profissionais passam todos os conteúdos que são emitidos tanto na Internet como na televisão. Para o ex-diretor de informação da RTP1, apesar de não serem visíveis para os espetadores, estas alterações “ajudam a fazer a diferença” para os outros canais.  “Não conseguimos alterar as notícias, trabalhamos todos sobre a mesma atualidade (…) a maneira como a tratamos é que faz a diferença”, disse o apresentador do “Jornal das 8”.

Como referiu José Alberto Carvalho durante a apresentação da nova programação da TVI24, a necessidade do meio online impõe-se numa sociedade em que os consumidores de informação não estão disponíveis para consumir um jornal televisivo na integra. Como tal, é preponderante acompanhar o espetador não apenas na emissão televisiva, mas também na Internet. A TVI24 é pioneira nas aplicações para tablets e smartphones. Em 2011 foi lançada a app para os gadgets da Apple, e em 2012 espera-se que a ferramenta esteja disponível para os sistemas Android e ainda para as Samsung SmartTV.

Todas as mudanças foram realizados sob a crise económica que atinge Portugal e também as empresas mediáticas, entre elas, a Media Capital, detentora da TVI. Com um reduzido orçamento, “tudo o que fizemos foi produção interna” e resulta de um “exercício de alguma criatividade”. Para 2012, o diretor de informação planeia fazer face à crise “com cautela, bom senso, e a melhor capacidade de reação aos acontecimentos que eventualmente se agravem (…)esperando que a crise não se agudize muito mais”. Ainda assim, promete que este não será um ano informativo de recato e passividade.

Na TVI desde Abril, JAC faz um “balanço positivo” do trabalho desenvolvido na estação. Para o jornalista “tem sido um trabalho árduo mas estou muito contente com o caminho que temos feito”. Ao longo da apresentação, salientou o facto de “ao longo dos últimos meses [ter sido] no palco da informação da TVI” que aconteceram os principais acontecimentos noticiosos. Tal evidencia o novo posicionamento do canal de notícias que pretende ser o mais rápido a informar, e que tem como novo slogan “O mundo em primeira mão”. O jornalista considera que as mudanças já efetuadas contribuíram para a mudança de imagem que o público formara outrora da informação da estação de Queluz de Baixo: “se não mudaram todos, todos os dias mudam, esse é o caminho”. Consciente e racional, o profissional afirmou que “não chegámos ao fim de nada”. Sobre o futuro, Carvalho disse que “o gozo desta profissão é que há sempre uma curva a seguir (…) há sempre outra montanha” que, segundo o próprio, é ultrapassar a concorrência e ser líder no cabo.

Veja o vídeo da entrevista a José Alberto Carvalho:

Categorias
DestaquesTelevisão

Media student, workaholic, tv-radio-web addicted, fashion victim, music lover. A life enjoyer.

Comentários