Destaques

Olá, TVI24! Por onde andaste?

Eis que depois de uma transformação radical na informação da TVI, nos chega uma TVI24 fresca e airosa. Será que o Dr. White andou por Queluz de Baixo a fazer das suas?

Há precisamente uma semana, pelas 10h, chegava-nos a tão aguardada e desejada mudança no canal de informação da TVI. José Alberto Carvalho, diretor de Informação, dá a cara por esta reestruturação que altera não só a imagem, o grafismo e o slogan mas também a atitude da nova TVI24.

“O mundo em tempo real” dá a vez a “O mundo em primeira mão”, é este o desejo e a estratégia do diretor. A nova imagem do TVI24 traz consigo uma nova dinâmica. Não é desejo dos responsáveis criar e manter somente mais um canal de informação, o desejo é criar a maior plataforma multimédia de informação, estando presente não só na televisão mas também na internet e em todos os aplicativos dos smartphones e tablets.

24

Desta forma a redação da TVI foi reestruturada a nível físico e logístico. A equipa dedicada ao meio online está agora no centro da redação. Por este conjunto de profissionais passam todos os conteúdos que são emitidos tanto na internet como na televisão. Como referiu José Alberto Carvalho, a necessidade do meio online impõe-se numa sociedade em que os consumidores de informação não estão disponíveis para consumir um jornal televisivo na íntegra. Como tal, é preponderante acompanhar o espetador não apenas na emissão televisiva, mas também na Internet.

Consigo, esta reestruturação trouxe alguns novos programas, de entre os quais destaco a 25ª Hora que mais do que um resumo bem conseguido da atualidade noticiosa do dia, nos traz rubricas de grande interesse e mais do que isso, preenche um horário difícil e de baixa adesão com um programa de qualidade.

A Noite do Futrebol traz à antena da TVI24 um dos rostos mais conhecidos do país – Paulo Futre – que, em conjunto com Sousa Martins, orientam um dinâmico e divertido programa sobre futebol. CNN Backstory – Os bastidores das notícias propõe um olhar diferente para a informação. O programa mostra o testemunho de jornalistas que cobrem alguns dos acontecimentos internacionais mais mediáticos. Terreiro do Paço é outro dos programas bem conseguidos desta reestruturação. Um noticiário semanal, ao domingo, com Henrique Garcia que abre espaço ao debate e à entrevista com o intuito de refletir sobre os temas que marcaram a semana que finda e preparar aquela que se inicia.

Para concluir, diria que até aqui nunca existira uma verdadeira dinâmica informativa no canal que nasceu sob a alçada de José Eduardo Moniz. A partir de agora há um novo canal informativo e de qualidade em Portugal, onde a notícia de última hora é valorizada e onde a informação é bem conseguida. Não me cabe a mim julgar o jornalismo praticado pela TVI e por isso recuso a comparação às outras cadeias de televisão, mas parece-me que a parceria com a CNN, para no mínimo exibir o programa sobre os bastidores das notícias, foi uma excelente opção que poderá, daqui para a frente, ditar o futuro deste canal do cabo.

Um dos destaques audiométricos desta semana vai para o desempenho da TVI24 no dia em que se apresentou com uma “nova cara”. 2,7% foi o share alcançado pelo canal no dia 9 de janeiro, conseguindo o quinto lugar no top dos canais mais vistos no universo cabo. À sua frente ficaram os três canais generalistas e a SIC Notícias que alcançou um share de 4,2%.

Ganha Num Minuto, com Marco Horácio, que alcançou uma audiência média de 10,9% e um share de 30,4%. Atrás, ficou A Grande Aventura, com Fernanda Serrano, que ainda assim alcançou 10,8% de audiência média e um share de 31,6%.

Doce Tentação é a aposta da TVI para o horário nobre de segunda a sexta. A questão que se colocava era se a nova novela era o suficiente para o canal de Queluz de Baixo manter a segurança audiométrica que Secret Story 2 – Casa dos Segredos lhe dava. Os resultados podem não ser os mesmos dos diários apresentados por Leonor Poeiras, mas não se ficam muito atrás. Uma média de 1 milhão e 200 mil espetadores assistiram à nova trama da TVI, que obteve um share médio diário de 32.1%. Estes resultados não incluem a estreia em que o novo produto de ficção alcançou uma audiência média de 15,5%, o equivalente a cerca de 1 milhão e 475 mil espetadores, e um share de 35,8%.

Quanto aos novos programas da SIC, o destaque vai para Dr. White – O Caminho para a Felicidade que na sua segunda emissão subiu a audiência média para 9,7%, alcançando um share de 26.4%. De lembrar que na estreia o programa não foi além de 7,4% de audiência média e um share de 21,4%. Até à Verdade, com Rita Ferro Rodrigues, alcançou também bons resultados com uma audiência média de 7,4% e um share de 26%. Na passada semana, a apresentadora contava com menos 95 mil espetadores (6,4%) e apenas alcançava um share de 23,5%.

Eu estou de volta na próxima segunda feira para mais uma análise do Estado da TV. Até lá, uma boa semana recheada de bons programas de televisão! 

Categorias
DestaquesEstado da TVTelevisão

Se o Jornalismo não se pode considerar uma ciência temos certamente de olhá-lo como uma arte. A arte de saber contar estórias e marcar a história. Estudante de Jornalismo (ESCS-IPL)

Comentários