Televisão

“Intriga Fatal” com fraca adesão

Foi ontem que a TVI estrou o projeto Filmes TVI, com a estreia de Intriga Fatal. Uma história profunda, misteriosa e com um elenco muito talentoso.

Eram cerca das 23h20 quando Maria João Bastos chegou à antena do canal quatro para nos apresentar a triste história de amor de Bárbara. Depois de descobrir que Glória (Sandra Celas) já se envolvera com António (Albano Jerónimo), Bárbara assume uma desconcertação psicológica que só termina quando António é preso.

A história tinha tudo para prender os telespetadores ao ecrã. A assinatura de Rui Vilhena é quase evidente,  basta olhar para a caraterização e densidade psicológica de cada personagem. Mas outros aspetos se consideram hábitos do autor: a reviravolta na história, a história por detrás da história, o cruzamento de personagens, o cenário luxuoso e ostentoso, entre outros.

Apesar de tudo, a estreia de Intriga Fatal foi um fracasso. Não tendo perdido para a concorrência, o novo projeto da TVI apenas alcançou uma audiência de 5,5%, o correspondente a cerca de 520 mil espetadores. Conseguindo um share de 24,3%. À mesma hora, Até à Verdade, com Rita Ferro Rodrigues, na SIC, conseguiu uma audiência média com o mesmo valor e um share ligeiramente mais baixo de 23,1%.

Categorias
Televisão

Se o Jornalismo não se pode considerar uma ciência temos certamente de olhá-lo como uma arte. A arte de saber contar estórias e marcar a história. Estudante de Jornalismo (ESCS-IPL)

Comentários