Cinema

“A Crónica” dos super-poderosos (Saiba como ganhar bilhetes para a antestreia)

O Propagandista Social traz-lhe hoje a análise do filme “A Crónica“, a estrear nas salas de cinema portuguesas já no dia 2 de fevereiro! Veja tudo aquilo que o filme tem reservado para si.

Sinopse

Andrew, Matt e Steve são três adolescentes que, à semelhança de tantos outros, tentam lidar com as suas imperfeições, imprudências e esquisitices, ao mesmo tempo que procuram encontrar o seu lugar no mundo. Com vidas e personalidades muito distintas, mas que se encaixam naquilo que é a verdadeira existência banal e ordinária de um jovem adolescente, são surpreendido um dia com uma descoberta que vai muito além da sua compreensão.

E, de repente, três adolescentes, até então tão normais como quaisquer outros adquirem superpoderes, capacidades extraordinárias que irrompem com todos e quaisquer limites ou fronteiras da sua vida. E é neste preciso momento que “A Crónica” questiona…e se fosse o leitor?

As Personagens

Andrew Detmer (Dane DeHann)

Andrew é um jovem solitário, obcecado em registar todos os momentos do seu dia-a-dia. Visualmente extremamente criativo, faz-se acompanhar sempre da sua câmara de filmar, e é através dos olhos dele que vemos grande parte do filme. Na escola, ele é conhecido por todos, mas estes preferem ignorá-lo ou provoca-lo. Habituado a ser maltratado durante grande parte da sua vida, quando Andrew recebe os seus poderes grande parte da sua personalidade vai alterar-se…

Steve Montgomery (Michael B. Jordan)

Steve é tudo o que um adolescente gostaria de ser: o aluno mais popular da escola, um atleta de topo, que está próximo de conseguir o ambicionado lugar de presidente da associação de estudantes. Ele entra na vida de Andrew como um anjo da guarda, permitindo-lhe que este se torne popular e se sinta, deste modo, melhor consigo próprio.

Matt Garetty (Alex Russell)

Matt é um cínico, sabichão e com a mania de se julgar superior a todos os outros. Em circunstâncias normais, dificilmente conseguiria manter uma relação com Steve e Andrew mas, à semelhança dos outros, também vai sofrer grandes transformações após adquirir os seus poderes.

O Filme

A Crónica” é um thriller que parte de uma premissa intrigante, procurando ser mais do que um mero filme sobre adolescentes super-heróis. Em primeiro lugar, é brutalmente honesto. O que faria o leitor se possuísse habilidades que iam muito além da sua compreensão? Arranjaria um fato especial e partiria para as ruas para combater os malfeitores e salvar os inocentes? A beleza de “A Crónica” vê-se na sua resposta franca e verdadeira: claro que não! Eles são adolescentes e, como tal, procurarão nos seus poderes divertir-se ao máximo, fazer brincadeiras elaboradas, vingar-se daqueles que um dia os ofenderam.

Em segundo lugar, “A Crónica” adota um género fílmico relativamente novo, que combina um estilo “found footage” – filme que se passa por documentário, cinematografado por uma única câmara de filmar (“Atividade Paranormal” e “Apollo 18” são alguns exemplos) – com POV (point of view, ou seja, filmado de acordo com a visão de um ou mais personagens). Mas o realizador Josh Trank procurou ir mais além, fugindo da convencionalidade dos filmes que utilizaram “found footage”, tentando através dos olhos de Andrew criar um ambiente controlado, reflexivo e inteligente.

A Crónica” promete uma narrativa fresca e inovadora, honesta e verdadeira, procurando misturar elementos de realidade e ficção, emergindo o leitor num mundo de fantasia com o qual, ainda assim, se consegue identificar. E, no final, com toda a certeza ficará a questionar-se…e se fosse eu?

(CLIQUE NA IMAGEM E PARTICIPE NO FACEBOOK)

httpv://www.youtube.com/watch?v=nGcwSDNFcsU

Categorias
CinemaDestaques

Comentários