Destaques

Gerson Santos, concorrente do Festival da Canção, em entrevista: “é um sonho tornado realidade”

ensaio geral 3Gerson Santos é um dos cantores selecionados para o Festival RTP da Canção 2012 e que estará dia 10 de março a lutar para representar as cores de Portugal em Baku.

Gerson não é um estreante nas lides musicais, a sua participação no talent-show Ídolos foi uma das suas mais mediáticas incursões no showbiz, tendo a partir desse momento desenvolvido a sua paixão pela música de forma mais ativa. O tema que vai levar ao festival foi composto por To Zé e deverá seguir o mote que foi proposto pela produção: o “Fado”.

Gerson2O cantor concedeu uma entrevista ao Propagandista Social e falou-nos sobre a sua participação no concurso, tendo-nos feito algumas confissões relativamente ao seu tema.

Propagandista Social: Sempre foi um sonho para si chegar um dia à Eurovisão?

Gerson Santos; É um sonho um pouco mais recente pois confesso que quando era mais jovem não dava tanta importância ao Festival, isso também porque ainda não sabia qual o seu valor e o impacto que tinha mas á medida que fui progredindo musicalmente aí claro que sim e sem dúvida que atualmente é um sonho tornado realidade.

PS: Como recebeu a notícia que tinha sido selecionado?

GS: Eu estava em estúdio a trabalhar e de repente recebo uma chamada da RTP a dizer que fui selecionado. Fiquei muito contente e mal sabia o que dizer á pessoa que estava comigo ao telefone. Foi sem dúvida um momento de enorme alegria.

PS: Depois da sua participação nos Ídolos, acha que o Festival da Canção pode ser uma segunda oportunidade para si na música?

GS: Para mim o Festival da Canção não é uma segunda oportunidade, mas sim uma continuação de esforço e trabalho que tenho vindo a desenvolver desde o programa Ídolos que felizmente me abriu as portas para poder iniciar a minha carreira. Mas no fundo o Festival da Canção não é comparável pois trata-se de um evento único e que felizmente tenho a honra e privilégio de ainda jovem, poder participar.

GersonPS: Este ano o Festival tem como mote o Fado. Podemos esperar um Gerson num registo mais tradicional?

GS: Sim um pouco mas claro que sempre com um toque pessoal. hahaha

PS: Acha que as alterações que ocorreram no sistema de seleção dos concorrentes são benéficas para o próprio Festival no que toca à qualidade?

GS: Eu penso que foi uma excelente ideia, pois realmente traz uma dinâmica completamente diferente ao próprio Festival e isso faz uma grande diferença, pois as pessoas querem ver algo um pouco mais moderno, claro que com isto não tiro valor ao modelo antigo, mas apenas digo que uma mudança por vezes faz bem.

PS: Assusta-o mais a votação do público ou do juri?

GS: Sinceramente nenhuma me assusta pois eu quero apenas aproveitar ao máximo esta experiência independentemente do resultado. Quero me divertir e ao mesmo tempo progredir. Eu darei o meu melhor e se o melhor der para ganhar, Ótimo! caso contrário será uma experiência que sem dúvida marcará a minha vida.

Categorias
DestaquesFestival da CançãoTelevisão

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários