Cinema

Óscares 2012: Categoria Melhor Maquilhagem

O grande desafio dos jurados da categoria de Melhor Maquilhagem passa por compreender se a caracterização advém efetivamente do trabalho despendido na maquilhagem, ou se pelo contrário resulta dos efeitos especiais. Mas o prémio pretende homenagear precisamente o talento dos maquilhadores e equipa de caracterização, e por isso mesmo só podem subir ao palco os trabalhos que não sofreram modificações pela tecnologia.

Conheça os três nomeados desta categoria.

httpv://www.youtube.com/watch?v=BYEsOTQnY8s

Albert Nobbs

(Martial Corneville, Lynn Johnston e Matthew W. Mungle)

A transformação de Glenn Close de uma mulher para um homem no filme “Albert Nobbs” é extraordinária. Corneville, Lynn Johnston e Matthew Mungle estão assim nomeados para a categoria de melhor maquilhagem, podendo levar para casa um Óscar pelo seu trabalho no filme.

Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2

(Edouard F. Henriques, Gregory Funk e Yolea Toussieng)

Esta é a primeira vez que a saga Harry Potter está nomeada na categoria de melhor maquilhagem. O facto curioso é que, com exceção de um ou outra cena, grande parte da caracterização se manteve fiel aos filmes anteriores. Uma vez que as histórias do pequeno feiticeiro chegaram ao fim nas telas do cinema, talvez esta seja uma forma da Academia homenagear um trabalho notável que nunca tinha tido o devido reconhecimento.

A Dama de Ferro

(Mark Coulier e J. Roy Helle)

O trabalho efetuado na caracterização de “A Dama de Ferro” não é tão direto como a dos outros nomeados, porém um olhar mais atento revela o quão extraordinário foi a transformação de Meryl Streep. O objetivo principal passava por fazer com que a atriz se assemelhasse fisicamente à antiga primeira ministra britânica Margaret Thatcher, e isso é conseguido com uma autenticidade extraordinária. Um trabalho notável da dupla de profissionais.

Categorias
Cinema

Comentários