Destaques

Ídolos voltam com novo júri (veja as fotos da apresentação do programa)

IMG_50632

O fenómeno da Idolomania volta à programação da SIC no próximo dia 25 de Março, com novos jurados. A quinta edição do programa de talentos foi apresentada na passada quinta-feira (16). O Propagandista Social esteve lá e conta-lhe tudo.

Com a continuação de  Cláudia Vieira e João Manzarra na condução de “Ídolos”, a SIC resolveu mudar o conjunto de jurados que irá avaliar as prestações dos concorrentes e ajudar a decidir quem será o próximo ídolo português. Ao já veterano Manuel Moura dos Santos juntam-se Bárbara Guimarães, Tony Carreira e Pedro Abrunhosa.

A apresentadora de “Peso Pesado” afirma que, tendo a seu lado jurados tão entendidos em matéria musical, a ela caber-lhe-á avaliar os concorrentes através do «olhar do grande público». Bárbara Guimarães está expectante para esta novidade na sua vida. Espera divertir-se e emocionar-se no programa que considera ser uma verdadeira aventura.

A única representante do sexo feminino do júri aproveitou a ocasião para agradecer a confiança do diretor de programas da SIC, Luís Marques. Bárbara Guimarães estava visivelmente satisfeita com o convite da estação para experimentar «o outro lado» dos programas de TV, não se considerasse ela uma «mulher de arriscar».

Mas não é só a apresentadora que se estreia nestas andanças. O lugar de jurado é também uma novidade para Tony Carreira. O popular cantor confessou em conferência de imprensa que recusou o primeiro convite que lhe foi feito pela produção do programa. Ainda assim, a persistência da SIC e a missão de promover a música portuguesa levaram-no a aceitar o desafio.

O cantor de “Um Sonho de Menino” diz estar «muito feliz por partilhar a mesa de jurados» com Bárbara Guimarães e Pedro Abrunhosa, no estúdio do qual gravou o seu último álbum.

Pedro Abrunhosa é outra das estreias na equipa que irá procurar o novo ídolo nacional. – o cantor relembra que este se trata de «um programa de televisão, de puro entretenimento». O intérprete de “Momento” diz que «nunca fui bom a julgar os outros». Como tal, considera que o mais difícil será ter um papel decisivo nos sonhos dos concorrentes.

Manuel Moura dos Santos é o único membro que permanece no júri desde a primeira edição de “Ídolos”, emitida em 2003. Sempre direto e poupado em palavras, o produtor musical apenas disse que espera que a quinta edição do programa de caça-talentos iguale as suas antecessoras: «espero que apareça muita gente com talento».

Os novos jurados do “Ídolos” sucedem ao painel composto por Pedro Boucherie Mendes, Roberta Medina e Lauren Filipe, para além de Manuel Moura dos Santos.

IMG_50692

Qual é o segredo para ser o “Ídolo” de Portugal?

Pedro Abrunhosa considera que o principal problema de talent-shows como “Ídolos” é a falta variedade musical. Para o músico, de edição para edição, os concorrentes «repetem sempre o mesmo reportório». Na sua perspetiva, é importante «fomentar a escrita musical» entre aqueles que queiram fazer da música a sua vida.

Segundo o novo elemento do júri, ter uma boa voz e boa imagem não chega. O mais importante e «o mais complicado é aquilo que se diz e a emoção com que se canta». Abrunhosa deixa o aviso a todos aqueles que tencionem candidatar-se aos castings: «Não vou procurar um rouxinol. Quero alguém que cante com alma.»

Questionado sobre a possibilidade de iniciar a sua carreira num programa como “Ídolos”, os jurados são perentórios. Pedro Abrunhosa responde que no seu lugar não começaria o seu percurso num talent-show. O interprete portuense considera que a melhor forma de iniciar a vida no mundo musical é através da formação científica. Num recado direto aos candidatos a “Ídolo”, o cantor aconselha: «invistam na vossa formação, e não esperem por um programa destes para aparecerem». O músico dá-se a si próprio como exemplo, relembrando que estudou no Conservatório antes de se dedicar à música.

Ainda assim, Tony Carreira recua algumas décadas para lembrar que a sua jornada musical começou num concurso televisivo. Em 1988, o cantor participou no Festival da Canção e perdeu para Dora, que venceu a competição com “Não Sejas Mau P’ra Mim”.

Quer ser o próximo “Ídolo”?

Os castings para o programa começam já este fim de semana. O Centro de Congressos da Alfândega do Porto recebe nos dias 18 e 19 de fevereiro, os ídolos e cromos de Portugal. Os castings irão percorrer o país nas semanas seguintes.

Se quiser tentar a sua sorte no mundo da música, pode fazê-lo enviando uma SMS com o texto “Idolos (espaço) nome, idade, localidade, profissão” para o número 68237. Os candidatos devem ter idades compreendidas entre 16 e 28 anos.

Veja as fotos da festa de apresentação da quinta edição de “Ídolos”:

IMG_50752

IMG_50672

IMG_50892

IMG_50652

IMG_50712

IMG_50342

IMG_50912

IMG_50852

IMG_50542

IMG_50802

Categorias
DestaquesMúsicaTelevisão

Media student, workaholic, tv-radio-web addicted, fashion victim, music lover. A life enjoyer.

Comentários