Cinema

“Meia-noite em Paris” vence prémios WGA

“Meia-Noite em Paris” é o grande vencedor dos prémios Writers Guild of America (WGA), que antecedem os Óscares.

O filme de Woody Allen ganhou o título de melhor argumento original na cerimónia que elege os melhores do cinema e televisão para o sindicato dos escritores norte-americanos.

“Os Descendentes” de Alexander Payne foi eleito o melhor argumento adaptado.

O filme-sensação “O Artista” não entrou nos prémios do sindicato, pelo que ficou fora da competição. Ainda assim, a obra de Michel Hazanavicius continua a ser um dos favoritos em Hollywood na corrida aos Óscares, que acontecem dia 26 de fevereiro.

Os prémios WGA são mais uma das cerimónias que antecede os Óscares. A popularidade destes galardões deve-se ao facto de ajudarem a prever os vencedores da Academia de Artes Cinematográficas.

Confira a lista de vencedores nas principais categorias de cinema:

Melhor Argumento
«Meia-noite em Paris», escrito por Woody Allen
Melhor Argumento Adaptado
«Os Descendentes», escrito por Alexander Payne, Nat Faxon e Jim Rash
Melhor Argumento de Documentário
«Better This World», escrito por Katie Galloway e Kelly Duane de la Vega

Confira a lista de vencedores nas principais categorias de televisão:
Série Dramática
«Breaking Bad», escrito por Sam Catlin, Vince Gilligan, Peter Gould, Gennifer Hutchison, George Mastras, Thomas Schnauz e Moira Walley-Beckett
Série de Comédia
«Modern Family», escrito por Cindy Chupack, Paul Corrigan, Abraham Higginbotham, Ben Karlin, Elaine Ko, Carol Leifer, Steven Levitan, Christopher Lloyd, Dan O¿Shannon, Jeffrey Richman, Brad Walsh, Ilana Wernick, Bill Wrubel e Danny Zuker

Veja o trailer de “Meia-noite em Paris”:

Categorias
Cinema

Media student, workaholic, tv-radio-web addicted, fashion victim, music lover. A life enjoyer.

Comentários