Cinema

Óscares 2012: Melhor Atriz Principal

O Óscar de Melhor Atriz é um prémio atribuído pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas às atrizes que trabalham no cinema e são consideradas as melhores de cada ano. As indicações são feitas pelos membros da Academia. É uma das categorias mais importantes, e a nomeação por si só é uma honra.

Conheça as mulheres nomeadas este ano:

httpv://www.youtube.com/watch?v=tXMItBj4j3A

Glenn Close

(“Albert Nobbs”)

Glenn Close é uma atriz americana que atuou em diversos clássicos do cinema. Ficou extremamente conhecida pelo seu papel no filme “Ligações Perigosas de 1988. Nesta ocasião, perdeu o Óscar de Melhor Atriz para Jodie Foster (“Acusados”), fato que foi considerado, por alguns, como uma das maiores injustiças já cometidas pela Academia. Na categoria de Melhor Atriz Principal, recebeu duas nomeações para o Óscar e foi indicada três vezes na categoria de melhor atriz secundária. Glenn Close nunca levou a estatueta dourada para casa, e concorre agora com o filme “Albert Nobbs”. A atriz desempenha o papel de uma mulher que se vê obrigada a fingir ser um homem para arranjar trabalho no século XIX. A capacidade de se transformar num homem foi o que lhe valeu mais elogios, e há quem diga que esta é uma das melhores performances da carreira da atriz.

Viola Davis

(“As Serviçais”)

Viola Davis é uma atriz americana de 46 anos. Teve pequenas participações em filmes de sucesso como “Traffic” (2000), “Ocean Eleven” (2001), “Kate e Leopold” (2001), entre outros.  Até há alguns anos, passava quase despercebida por entre críticos e público. Porém, em 2008, com a sua participação no no filme “Dúvida”, protagonizado por Meryl Streep, Viola Davis viu finalmente o reconhecimento pelo seu trabalho. Nesse anom recebeu a sua primeira nomeação pela Academia na categoria de Melhor Atriz Secundária. Com o filme “As Serviçais”, Viola Davis recebe a sua segunda nomeação pela Academia, desta vez na categoria de Melhor Atriz Principal. Uma atriz que parece ainda estar a construir o seu caminho, mas que se se mantiver neste trilho, muito provavelmente conseguirá chegar a patamares ainda mais elevados.

Rooney Mara

(“Millenium 1: Os Homens que Odeiam as Mulheres”)

Rooney Mara é uma atriz americana que começou a sua carreira em 2005. Participou no remake “Pesadelo em Elm Street” (2010) e no filme “A Rede Social” (2010), bem como desempenhou outros pequenos papéis em séries televisivas. Mas foi com “Millenium: Os Homens que Odeiam as Mulheres” que Rooney Mara viu a sua rampa de lançamento para o sucesso, estando nomeada pela primeira vez ao Óscar de Melhor Atriz Principal. Com apenas 26 anos de idade e seis de carreira, estar no ponto em que Rooney está é meritório por si só. É possível que não saía vencedora no dia 26 de fevereiro, pois compete com grandes pesos de Hollywood. Ainda assim, em nada isso lhe tira a qualidade que demonstrou na interpretação de Lisbeth Salander, uma hacker de computadores com um passado carregado de mágoa e abuso.

Meryl Streep

(“A Dama de Ferro”)

Meryl Streep dispensa apresentações. Bateu todos os recordes na Academia, com um total de 17 nomeações aos Óscares, tendo saído vencedora em duas ocasiões. “As Horas”(2002), “O Diabo Veste Prada” (2006), “Dúvida” (2008) e “Mamma Mia!” (2008) são alguns dos exemplos dos filmes de sucesso em que Meryl Streep participou. O filme “A Dama de Ferro” tem sido altamente aclamado pela crítica, principalmente devido à performance da atriz. Meryl Streep foi reconhecida pelo seu talento, e levou para casa o Globo de Ouro de Melhor Atriz na categoria de Drama. Meryl Streep é considerada por muitos como uma das melhores atrizes de Hollywood ainda vivas, um verdadeiro fenómeno da 7ª Arte que já marcou a história do cinema. Com ou sem prémio, Meryl Streep já é um ícone, e jamais será esquecida.

Michelle Williams

(“A Minha Semana com Marilyn”)

Michelle Williams começou a sua carreira muito cedo, tendo sido uma das estrelas da série juvenil “Dawson´s Creek” (1998-2003). Nos últimos anos, tem dado provas da sua evolução para uma atriz mais madura e capaz de desempenhar papéis mais desafiantes. O seu grande salto para esta categoria ocorreu em 2005 com o filme “O Segredo de Brokeback Mountain“, onde desempenhou o papel de uma mulher que se apercebe que o marido está apaixonado por um homem. A sua prestação valeu-lhe uma nomeação aos Óscares na categoria de Melhor Atriz Secundária. Protagonizou outros filmes amplamente aclamados pela crítica, como foi o caso de “Shutter Island” (2010) e ”Blue Valentine” (2010). Com o filme “A Minha Semana com Marilyn”, Michelle Williams pode levar o seu primeiro óscar para casa. Já venceu na categoria de Melhor Atriz em Comédia ou Musical nos Globos de Ouro.

 

Categorias
Cinema

Comentários