Cinema

Prémios Autores 2012: os vencedores e as fotos dos convidados e da cerimónia

IMG_9229

A Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), em parceria com a RTP, entregou na noite de segunda-feira (27) os Prémios Autores. O Propagandista Social esteve lá e conta-lhe quem são os vencedores e mostra-lhe as fotos dos nomeados, vencedores e convidados.

Numa altura em que o setor da Cultura em Portugal ultrapassa grandes dificuldades, com o corte de subsídios e apoios, a SPA voltou a premiar pelo terceiro ano consecutivo os autores portugueses. Ao longo da noite foram distinguidos os melhores profissionais nas Artes Visuais, Cinema, Dança, Literatura, Música, Rádio, Teatro e Televisão.

Quanto a vencedores, se na televisão os prémios foram todos atribuídos à RTP, no cinema “Sangue do Meu Sangue” conquistou os jurados. Na música, Fausto arrecadou dois galardões. Uma das surpresas da noite foi a consagração da “Caderneta de Cromos” de Nuno Markl como melhor programa de rádio, depois de nas edições anteriores o título ser atribuído à TSF.

Um dos momentos altos da noite foi quando Mário Soares subiu ao palco. O político e escritor foi homenageado com o Prémio Vida e Obra. Imanol Uribe, realizador e guionista espanhol, recebeu o Prémio Internacional de Autores. A SPA atribuiu ainda o galardão de Melhor Programação Cultural Autárquica às cidades de Évora e Coimbra.

A cerimónia ficou marcada pelas atuações em palco de Adriana, Amor Electro, Carlos do Carmo, Lúcia Moniz, João Reis, Sérgio Godinho e da orquestra dirigida pelo maestro Jorge Costa Pinto que prestou homenagem ao compositor Pedro Osório.

Conheça a lista completa de vencedores, e veja as fotos dos convidados e da cerimónia:

Cinema

Melhor Argumento – João Canijo, por “Sangue do Meu Sangue”
Melhor Filme – “Sangue do Meu Sangue”, de João Canijo
Melhor Atriz – Rita Blanco, em “Sangue do Meu Sangue”
Melhor Ator – Nuno Melo, em “O Barão”

Artes Plásticas

Melhor exposição de artes plásticas – “Fora de Escala”, de Manuel Baptista
Melhor trabalho de fotografia – “O PREC já não mora aqui”, de João Pina
Melhor trabalho cenográfico – “A Varanda”, de Cristina Reis

Dança

Melhor Coreografia – “Icosahedron”, de Tânia Carvalho

Música

Melhor Canção – “E Fomos pela Água do Rio”, do álbum Em Busca das Montanhas Azuis, de Fausto Bordalo Dias
Melhor Álbum – “Em Busca das Montanhas Azuis”, de Fausto Bordalo Dias
Melhor Trabalho de Música Erudita – “Interpretação da Integral de Chopin”, de Artur Pizarro

Literatura

Melhor livro infanto-juvenil – “A Casa Sincronizada”, de Inês Pupo e Gonçalo Pratas/ilustração de Pedro Brito
Melhor livro de poesia – “A mão na água que corre”, de José Manuel de Vasconcelos
Melhor livro de ficção – “Tiago Veiga – Uma Biografia”, de Mário Cláudio

Rádio

Melhor programa – “Caderneta de Cromos”, de Nuno Markl (Rádio Comercial)

Teatro

Melhor Texto Português Representado – “Israel”, de Pedro Penim
Melhor Espetáculo – “A Missão – Recordações de uma Revolução”, de Mónica Calle
Melhor Atriz – Luísa Cruz em “A Varanda”
Melhor Ator – Luís Miguel Cintra em “Ela”

Televisão

Melhor Programa de Informação – “Linha da Frente”, de Mafalda Gameiro (RTP1)
Melhor Programa de Ficção – “Último a Sair”, de Bruno Nogueira, Frederico Pombares e João Quadros/Sérgio Graciano, André Banza e Ricardo Freitas (RTP1)
Melhor Programa de Entretenimento – “Cuidado com a Língua”, de José Mário Costa/Ricardo Freitas (RTP1)

View album
(Clique nas fotos para ampliar)

View albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView albumView album

Fotografias: Patrícia Alves

Categorias
CinemaDestaquesMúsicaPalcos & LetrasTelevisão

Media student, workaholic, tv-radio-web addicted, fashion victim, music lover. A life enjoyer.

Comentários