Moda

Marques’ Almeira–Moda Lisboa Freedom 2012

marquesalmeida

Rita Arriaga @ Moda Lisboa Freedom:

A coleção foi, tal como prometido, cool e jovem. As texturas basearam-se na ganga escura e no tecido verde lima. O cinzento também completou a paleta que deixou no ar a sensação de uma inspiração urbana. As silhuetas oversize e os rasgos foram o ponto forte.

Fotos:

Marques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - FreedomMarques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - Freedom

Marques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - FreedomMarques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - Freedom

Marques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - FreedomMarques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - Freedom

Marques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - FreedomMarques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - Freedom

Marques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - FreedomMarques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - Freedom

Marques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - FreedomMarques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - Freedom

Marques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - FreedomMarques' Almeida / LAB | winter 2013 | ModaLisboa - Freedom

Dossier de Imprensa:

A coleção MARQUES´ALMEIDA outono/inverno 2012/2013 é uma continuação da extensa procura de um código de vestuário juvenil, cool, cru e espontâneo que a marca tem vindo a desenvolver. Foi criada no entanto uma propositada mudança de contexto fazendo com que a “rapariga Marques´Almeida” não esteja desta vez num background urbano, cinzento e citadino mas num contexto de natureza poluído suburbano.
Esta mudança de ambiente permite-nos a introdução de novas cores e texturas reinventando completamente o look final.
Embora as silhuetas oversize continuem a ser o ponto forte da coleção, introduzimos, esta estação, peças mais ajustadas ao corpo que podem inclusivamente ser colocadas por cima das mais oversize, criando volumes “esmagados” e mais drapeados. Há uma grande ênfase em aberturas nas costas através de rasgões e buracos criados por esfiapados, assim como em peças exteriores volumosas como parkas e coletes.
Do ponto de vista têxtil esta coleção vê a introdução de duas texturas bastante inovadoras para a marca, sendo que estas foram desenvolvidas em exclusivo para que respirassem a mesma estética já estabelecida com o denim e tecidos de algodão nas estações passadas. Destacam-se malhas mohair feltradas e surde com efeito desgastado. O ambiente de cor desenvolve-se entre preto e um cinzento frio com pontuais introduções de amarelo ácido.

Créditos fotográficos: ModaLisboa / Fotógrafo: Rui Vasco

outros desfiles

Categorias
Moda

Media student, workaholic, tv-radio-web addicted, fashion victim, music lover. A life enjoyer.

Comentários