Moda

Zara quer que clientes desfilem nas lojas (veja as fotos)

A Zara vai mudar o design interior dos seus estabelecimentos. A loja de Nova Iorque foi a pioneira, com as portas abertas desde quarta-feira.

Situada no edifício Tishman, a loja é reconhecida pela emblemática decoração, a fim de cativar os olhares e as visitas. O espaço tem paredes brancas com tons de cinza, iluminação directa e indicrecta, detalhadamente estudada, biombos translúcidos e grandes ecrãs de televisão.

O objectivo deste investimento, que teve um custo de 324 milhões de dólares, é levar o cliente a ter vontade de explorar todas as áreas de vendas, fazendo com que se sinta num verdadeiro desfile de moda, como explica a arquitecta Elsa Urquijo.

Em outras cidades como Sidney, Londres, Tawain e Porto, as lojas têm um conceito semelhante desde a sua abertura, no ano passado. Esta loja não será a única a ser alvo de mudanças. Está previsto que o mesmo se aplique a lojas que venham a ser inauguradas ou às que vão sofrer reestruturações.

Também o cariz ambiental não foi esquecida já que a a loja da Quinta Avenida vai gastar menos 30% de energia e 70% de água, anualmente.

Categorias
Moda

Comentários