Destaques

Entrevista PS: Pedro Fernandes promete «dose de loucura» no “5 para a meia noite” (veja o vídeo)

PF2

Desde o início do “5 para a Meia-Noite”, Pedro Fernandes é dono das madrugadas de quintas-feiras. E na próxima semana está de volta à antena. O Propagandista Social esteve à conversa com o humorista sobre o que nos espera a sexta série do “5” e os novos colegas na RTP1 (veja o vídeo).

«Mais uma boa dose de loucura» é a promessa de Pedro Fernandes para a sua sexta temporada do “5”. Apesar do programa ser promovido ao primeiro canal da RTP, o humorista garante que «vamos manter o espírito do “5 para a Meia-Noite” (…) vamos ser fiéis a nós próprios».

Pedro Fernandes aposta na continuidade de algumas das rúbricas das anteriores séries, mas há novidades. Rubricas como “Soprah dos pobres” ou “Ocasião faz a parvoíce” estão de regresso tal como o homem indignado que deixa de ser apenas agricultor para se dedicar a outras atividades. O “Hospital central” vai levar algumas personalidades conhecidas à consulta médica do Dr. Pedro. E há ainda uma série passada nos escritórios da RTP com figuras bem conhecidas do público. José Carlos Malato, Tânia Ribas de Oliveira ou Fernandes Mendes são algumas delas.

Na nova série do programa, que durará seis meses, Pedro Fernandes contou-nos que convidados anseia ter no ‘5’: José Mourinho e Jorge Palma. Sobre o treinador do Real Madrid, o apresentador duvida que algum dia o consiga trazer ao programa «a não ser que ele seja despedido e passe um ano de férias em Portugal». Quanto ao intérprete de “Encosta-te a mim”, o problema é outro: «depois de jantar é impossível ter uma conversa com ele». No primeiro programa, o apresentador recebe o cantor Paulo Gonzo e  Vasco Duarte, o “Falâncio” dos Homens da Luta.

Nova casa, novos vizinhos

PF3Zé Pedro Vasconcelos e Nuno Markl são as novas caras da sexta série do programa e Pedro Fernandes diz tratarem-se de profissionais que «admirava imenso». O humorista diz que «pode esperar-se tudo» de Zé Pedro. «Tenho dúvidas que o cenário aguente até ao final da temporada porque ele é rapazinho para destruir aquilo tudo», disse. Já Nuno Markl «é uma pessoa que eu admiro imenso da rádio e de outros programas de televisão que tem feito».

Para já, no futuro de Pedro Fernandes não se avistam novos projetos até porque o tempo disponível não é muito. «O ‘5 para a Meia-Noite’ não deixa espaço para se pensar em mais nada porque nós temos que escrever o programa. Não é aquele programa em que nós chegamos e lemos o teleponto».

Ao longo desta semana, o Propagandista Social apresenta-lhe entrevistas com todas as caras do “5 para a Meia-Noite”. Já lhe mostrámos as entrevistas a Luís Filipe Borges, a Zé Pedro Vasconcelos e a Nuno Markl, e hoje será a vez de Nilton.

Categorias
DestaquesTelevisão

Media student, workaholic, tv-radio-web addicted, fashion victim, music lover. A life enjoyer.

Comentários