Televisão

“Com Amor se Paga” estreia hoje, na RTP1

“Com Amor se Paga” é o palco ideal para agradecer a alguém especial pelo papel que desempenha na vida de muitos, para partilhar projetos que encontram soluções e descobrem caminhos, é dar a conhecer histórias e pessoas que inspiram e dão esperança.

Neste programa conduzido por Catarina Furtado, todos os sábados, às 22h15, a palavra “obrigado” nunca será uma palavra banal. Os protagonistas são surpreendidos com testemunhos emocionais, atuações de amigos, familiares ou de artistas preferidos. Vale tudo para agradecer a quem nada pede.

Neste primeiro programa são muitos os “obrigados” que se farão sentir, de entre os quais, um tributo a Alice Vieira, uma das mais importantes escritoras portuguesas para jovens. Alice Vieira foi levada por uma amiga à Livraria Ler Devagar, onde a produção de “Com Amor se Paga” lhe preparou um Flash Mob bastante criativo, uma surpresa que certamente lhe ficará na memória.

Os restantes tributos e agradecimentos ficarão a cargo de ilustres desconhecidos, que pautarão o novo programa da RTP1 como um espaço de emoções, retribuições mas, sobretudo, de muito amor.

Duval Santos (25 anos) tem uma amizade de 3 anos com Armanda Lacerdade (85 anos) graças ao “Projeto Aconchego”, da Câmara Municipal do Porto. No programa de hoje, Duval encontra a oportunidade para homenagear Armanda, com uma atuação muito animada.

O sonho do Armando sempre foi ter um local para servir quem precisa. Já falou numa casa-abrigo para vítimas de violência doméstica, também fala muito de um lar de idosos, mas diferente dos lares convencionais. O depoimento dos filhos e uma pessoa a quem Armando ajudou são a surpresa, bem como uma atuação muito especial.

Jorge Pina é uma das referências do boxe português. Foi vários anos campeão e é o único pugilista com três títulos nacionais em três categorias diferentes. Numa das alturas mais importantes da sua carreira, quando ia disputar o título mundial ficou cego. Depois de cego voltou a estudar e tirou um curso de massagista e auxiliar de Fisioterapia. Para além do trabalho, tem que ir às aulas e tem, ele próprio, que ensinar. O Pavilhão dos Loios, em Marvila, é a sede da Jorge Pina Boxing Team, uma associação que proporciona aos miúdos dos bairros de Chelas uma oportunidade para perceberem o boxe de outra forma, “como um desporto inteligente”. Para além dos depoimentos dos alunos e irmã, haverá espaço para uma atuação de um padrinho que para o Jorge tem muita importância.

Marta Pereira (32 anos) é portadora de trissomia 21. Os pais sempre a protegeram dos preconceitos e tudo fizeram para que a Marta tivesse uma vida normal. Marta vive com a avó para não a deixar sozinha e trabalha no cabeleireiro da mãe. Lá, faz o trabalho de relações públicas, lava cabeças, trata da caixa e de tudo o que for preciso para que o salão esteja sempre arrumado e organizado. No “Com Amor se Paga” de hoje,  Marta agradece aos pais e à avó.

E para fechar o programa de estreia estarão Cecília Luís e José Carlos Luís que sustentaram 9 filhos com menos de dois ordenados mínimos. Ambos trabalham numa fábrica de facas. Apesar das dificuldades dos pais, os 3 filhos mais velhos conseguiram ir para a Universidade de Coimbra, com ajuda de uma bolsa e sonham em ir trabalhar para fora do país. Os dois mais velhos já conseguiram e estão neste momento a trabalhar em Espanha e Itália. No programa de hoje está preparado um momento muito especial de homenagem aos pais heróis.

A não perder, hoje, pelas 22h15, na RTP1.

Categorias
Televisão

Se o Jornalismo não se pode considerar uma ciência temos certamente de olhá-lo como uma arte. A arte de saber contar estórias e marcar a história. Estudante de Jornalismo (ESCS-IPL)