Destaques

Filipe Andrade, o português que conquistou a Marvel

Já é sabido que há portugueses por todo o lado. Mas sabia que até na banda desenhada (BD) de “Capitão América” há tugas? Filipe Andrade é criador de BD e conquistou a maior fábrica de super-heróis do mundo, a Marvel. O Propagandista Social apresenta-lhe este artista dos quadradinhos.

Se pensa que é um dos novos talentos portugueses, engana-se. Nunca ouviu falar nele, mas Filie já  exibe o seu talento para o desenho desde os 12 anos de idade.

Contar estórias e desenhar são as suas duas grandes paixões, pelo que «a banda desenhada surgiu como o meio que melhor combina estes meus gostos. Encontro inspiração nas coisas mais genuínas e inesperadas que existem».

Ilustrações de Filipe Andrade

Após ter desenhado personagens de algumas aventuras da Marvel – “Capitão América”, “John Carter” e “X-23” são só alguns exemplos – Filipe quer consolidar a sua carreira e, como português que é, partir à conquista do mundo. 

«Quero publicar no mercado europeu-franco-belga num registo mais pessoal».

Em Portugal existem poucas oportunidades para os profissionais da área de Filipe. A banda desenhada a nível nacional é «um meio pequeno», onde quem manda nem sempre o faz correctamente e viver da BD é impossível, afirmou. «Mas hoje em dia está tudo mais facilitado através da Internet. É possível literalmente arranjar trabalho “lá fora” sem sair do país. Tem de se trabalhar para isso e pôr-se a jeito para tal».

Apesar de lhe ser «complicado aceitar um não», Filipe considera que o «positivismo» é fundamental para vencer. E por falar em vitórias, contou-nos aquela que é a sua receita para o sucesso.

«Trabalhar muito, ser original e perseverante para estar preparado quando a sorte aparecer, porque também ela é necessária. Criar uma boa rede de contactos internacionais desde editores a autores e ir a alguns festivais para apresentar projectos.»

 Veja algumas das ilustrações de Filipe Andrade:

Categorias
DestaquesPalcos & Letras

Comentários