Cinema

“O Fantástico Homem Aranha”: uma nova abordagem, um bom resultado

DF-09287_rChega na próxima quinta aos cinemas a prequela de “Homem Aranha”. Com um elenco renovado encabeçado por Andrew Garfield e Emma Stone nos principais papéis, o filme tem a enorme tarefa de voltar a conseguir trazer o Spider Man às luzes da ribalta, depois de uma trilogia que fez sucesso na década passada.

Marc Webb precisava de fazer algo diferente, depois de três filmes que renderam muitos milhões, a opção não passou por dar continuidade à saga, o que foi um passo arriscado tendo em conta o sucesso alcançado com a dupla Tobey Maguire e Kirsten Dunst. Foi com desconfiança que os críticos receberam a notícia que “Spider Man” iria começar do zero. A história voltaria ao início e o elenco seria completamente reformulado.

915556 - The Amazing Spider-ManDe Maguire para Andrew Garfield, as diferenças são muitas, mas a verdade é que o título de ator promissor vindo da sua prestação em “A Rede Social” valeu-lhe o papel do super-herói da Marvel e o resultado é claro: conseguiu superar esta difícil tarefa com sucesso. Emma Stone já não é uma surpresa e mais uma vez mostra a sua versatilidade e talento desta feita na pele de namorada de 17 anos do herói da Marvel.

915556 - The Amazing Spider-ManA história de “O Fantástico Homem Aranha” aborda um assunto nunca antes tocado nos anteriores filmes, o mistério do desaparecimento dos pais de Peter Parker. O vilão é o Dr. Curtis, mais conhecido por The Lizard (o lagarto). Curtis é um cientista que desenvolve uma técnica de cruzamento de espécies animais com o homem, criando assim uma espécie de híbridos. Se inicialmente o seu objectivo passava apenas por tornar o homem resistente a determinadas doenças, depressa as suas ambições tornam-se bem mais perversas.

915556 - Spider-Man 2012Torna-se também de destacar a prestação de Sally Field e Martin Sheen nos papéis de tios de Petrer Parker. Para além da escolha certeira do casting, o filme deixa uma boa impressão ao nível dos efeitos visuais. Um bom trabalho da equipa de direção artística e uma boa conversão para 3D são de louvar nesta película. Junta-se ainda o louvor ao compositor James Horner, também responsável pela banda sonora de Avatar, que tendo já no currículo uma nomeação a Óscar fez mais uma vez um fantástico trabalho neste filme.

DF-03738_rV2Os mais cépticos podem respirar de alívio, “O Fantástico Homem Aranha” não é um insulto ao herói da Marvel e conseguiu garantir vitalidade à saga. Trata-se de um filme bem conseguido e que promete trazer uma nova abordagem à história do super-herói que todos conhecemos.

Fique com o trailer:

Classificação: [xrr rating=3.75/5]

Categorias
CinemaDestaques

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários