Cinema

«North Sea Texas»: A descoberta do primeiro amor em competição no Queer Lisboa

North Sea Texas 1«North Sea Texas» foi exibido nos dias 22 e 24 no Festival Queer Lisboa enquadrado na competição para melhor longa metragem. O filme de nacionalidade Belga e realizado por Bavo Defurne acompanha a vida do jovem reservado Pim desde a sua infância até aos complicados anos da adolescência.

O primeiro amor é a temática central da película que aborda também a descoberta da sexualidade. Pim é um rapaz gay que vive fechado no seu mundo onde o desenho é maioritariamente a sua forma de expressão no meio de uma complicada relação com a sua mãe Yvette, a sua única familiar próxima.

Pim apaixona-se pelo seu vizinho mais velho Gino, com o qual vive as suas primeiras experiências sexuais e amorosas. A relação evolui até ao momento em que Gino arranja uma namorada e segue um caminho diferente daquele que Pim esperava. O protagonista fica sozinho e sofre a sua primeira desilusão amorosa. Algum tempo depois, Zoltan, um cigano que fica hospedado na casa de Pim e Yvette, vem trazer alguma confusão a Pim e vai piorar a já débil relação familiar com a sua mãe.

North Sea Texas 4«North Sea Texas» destaca-se no retrato da Bélgica dos anos 70, em especial no trabalho que é feito na cenografia de interiores e fotografia. Pim apresenta-se como um personagem por vezes com dificuldade em exteriorizar todas as situações pelas quais vai passando e isso constitui um aspecto negativo do filme. O acting do ator poderia ter tomado um rumo diferente nesse aspecto, o que constituiria necessariamente uma mais-valia para a película.Bavo Defurne

O Queer Lisboa continua no Cinema São Jorge e em outros espaços até ao próximo dia 29 de setembro. Toda a informação sobre o festival em www.queerlisboa.pt

Categorias
Cinema

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários