Cinema

O homem que sonha ter Woody Allen a gravar em Lisboa (entrevista)

image

Bruno Reis tem 29 anos, é professor de Yôga e sonha ver a sua cidade de Lisboa pela lente de Woody Allen no grande ecrã. Para isso criou uma página no Facebook que tem feito sucesso: “Woody Allen, queremos ver-te a filmar em Lisboa”.

Depois de Woody Allen ter admitido ao programa da TVI, Cinebox, que poderia fazer um romance ou um filme de espiões em Lisboa, Bruno não perdeu tempo e criou imediatamente uma página no Facebook. O poder das redes sociais é já mais do que conhecido e num mês quase 6000 amantes da capital e do realizador americano juntaram-se a esta causa.

Do sonho à realidade já alguns avanços foram feitos. Bruno consegui entrar em contacto com a agente do realizador para se inteirar do tipo de financiamento necessário para uma aventura desta envergadura.

O Propagandista Social esteve à conversa com o criador da página para entender melhor quais as suas motivações e em que estado se encontra este projeto:

Propagandista Social: A ideia da página surgiu assim que assistiu à entrevista de Woody Allen ao Cine Box ou era algo que já tinha pensado antes?

Bruno Reis: A ideia do Woody Allen filmar em Lisboa já me tinha surgido quando estreou o Vicky Cristina Barcelona, tornou-se mais intensa após o “Meia-noite em Paris” e agora com o “Para Roma, Com Amor” e com a entrevista ao Cinebox achei que podia materializar essa ideia numa página do facebook.

PS: Quais os locais que gostaria que não fossem esquecidos pela lente de Woody Allen?

BR: Lisboa tem uma grande diversidade de ambientes e pontos de interesse, como o Terreiro do Paço, os seus miradouros, toda a envolvente do Tejo, a noite do Cais do Sodré. Mas também tem elementos únicos que a fazem ainda mais especial como a calçada, o eléctrico 28, o Fado e a Arquitectura Pombalina (que só existe porque tivemos um terramoto e tivemos de reconstruir a cidade com edifícios à nossa maneira.)

PS: Já teve conhecimento de algum investidor potencialmente interessado?

BR: Considero que a página ainda gerou pouco buzz para que tal acontecesse. A ideia, por enquanto, é fazê-la crescer com algumas iniciativas que estão pensadas, também com a ajuda das pessoas que têm participado nela.

PS: Acredita que é realmente possível que esta ideia passe do facebook para a tela do cinema?

BR: Claro, sem dúvida. E quem quiser, pode acompanhar a evolução desta aventura também através do blogue criado para o efeito: www.lisboninmotion.wordpress.com

 

Embarque também nesta aventura e deixe um like na página em: https://www.facebook.com/WoodyAllenLisboa

Categorias
CinemaDestaques

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários