Palcos & Letras

Morreu Oscar Niemeyer

O arquitecto brasileiro Oscar Niemeyer morreu no passado dia 5 de dezembro, a 10 dias de completar 105 anos, num hospital do Rio de Janeiro. Niemeyer foi um dos mais influentes arquitetos do século XX, desenhando alguns dos mais icónicos monumentos no Brasil e no Mundo. 

Nascido em 1907, Niemeyer classificava os seus projectos e edifícios como “sensuais”, tendo um traço extremamente curvilíneo que, segundo o próprio, era inspirado nas curvas do corpo de uma mulher ou de um morro carioca. O arquiteto carioca foi um dos principais inovadores na aplicação do betão armado, mostrando que era possível a construção plástica e cheia de formas utilizando materiais antes considerados como apenas aplicáveis em linhas austeras e rectilíneas.

Comunista convito, amigo pessoal de Fidel Castro e outros dirigentes e influentes de esquerda, foi com alguma ousadia que muitas vezes desenhou e construiu, chegando mesmo a  ter que enfrentar as opiniões de especialistas engenheiros e de mentalidades vigentes na ditadura militar no Brasil.

O expoente máximo da sua obra encontra-se na capital Brasília, onde desfilam os monumentos mais marcantes da sua identidade artística. Em Portugal, desenhou o Hotel Casino do Funchal, atualmente o Pestana Casino Park, que se encontra bastante desvirtuado.

Um homem cheio de vida e que sempre aproveitou cada alegria e aprendeu com cada dissabor, assim sucumbiu a uma série de episódios de internamento hospitalar que culminaram numa infeção respiratória que se revelou mortal, aos 104 anos de idade.

 

Categorias
Palcos & Letras

Comentários