Miguel Gomes, realizador de Tabu
Cinema

Le Monde coloca dois filmes portugueses na lista dos melhores do ano

Miguel Gomes, realizador de Tabu

Miguel Gomes, realizador de Tabu

O francês Le Monde elegeu os filmes portugueses Tabu, de Miguel Gomes e O Gebo e  a Sombra, de Manoel de Oliveira, os melhores de 2012.

O jornal francês considerou ainda Cosmopolis, realizado por David Cronenberg e produzido por Paulo Branco, um dos melhores do ano que agora termina.

Os críticos de cinema do jornal escolheram individualmente os preferidos de 2012, e para quase todos Tabu foi um dos melhores. O filme retrata uma história de amor a preto e branco, passada entre a atualidade em Portugal e o passado numa África colonial, numa história sobre memória e a perda e a melancolia.

Para alguns dos críticos, o filme português, protagonizado por Laura Soveral, Ana Moreira, Teresa Madruga e Carloto Cotta, surge ao lado de fitas como Holy Motors, de Leos Carax, Oslo, 31 de agosto, de Joachim Trier, Twixt, de Francis Ford Coppola, e Moonrise Kingdom, de Wes Anderson.

O jornal elegeu ainda o Gebo e a Sombra, de Manoel de Oliveira, que diz ser “a fábula mais pertinente sobre os prejuízos de um neoliberalismo sem ética, num tempo marcado pela crise económica, moral, cultural e estética.”

Categorias
CinemaDestaques

Jornalista Estagiária numa publicação mensal e amante de Cinema e da Cultura nacionais

Comentários