Destaques

2012: música eletrónica, viral & boysbands

20121

O ano de 2012 foi, no mínimo, agitado no universo musical. Faltaram as melodias de grandes estrelas como Lady Gaga ou Beyoncé, mas vimos cair uma chuva de meteoros virais nunca antes vista. O “Gangnam Style” e “Call Me Maybe” marcaram o ritmo de um ano que viu a música eletrónica atingir o seu expoente máximo. Em 2012, as boysband voltaram a estar na moda, mas as mulheres a solo continuam a dominar o mundo: este ano Taylor Swift e Rihanna ficaram em primeiro. Mas houve quem tentasse a sua sorte em 2012 (afinal poderia ser o último ano de todos nós!) e regressasse com música nova: foi o caso de Christina Aguilera, Alicia Keys e Robbie Williams, entre outros.

Eis as maiores tendências musicais de 2012!

Viral: “Call me…” Psy!

Com a quantidade de novas músicas que nos chegam diariamente aos ouvidos através da Internet (e das redes sociais), o fenómeno viral era inevitável.

“Call Me Maybe” de Carly Rae Jepsen foi o primeiro grande êxito musical originado na internet. Com a ajuda de Justin Bieber e companhia, o vídeo desta música tornou-se no mais visto no Vevo, no Youtube. No total foram mais de 360 milhões de “plays” e vendas superiores a 6,2 milhões de singles. E nestes números não estão incluídos os vídeos que satirizam “Call Me Maybe” como este ou o vídeo criado por uma marca de roupa interior masculina.

E depois do verão quente de 2012, chega o sucesso do ano: Psy. “Gangnam Style” entrou estranhamente nos ouvidos de toda a gente e daí a tornar-se num êxito mundial foi um instante. Psy só tem a agradecer ao Youtube que espalhou convenientemente o vídeo da coreografia mais viciante do ano. Tão viciante que ainda antes de terminar 2012 se tornou no vídeo mais visto de sempre no Youtube: mais de 1 milhão de visualizações… “and counting”!

Música eletrónica põe 2012 a dançar

Se este ano não dançaram ao som da música eletrónica, não sei onde estiveram. 2012 foi o ano de David Guetta, Calvin Harris, Skrillex, Deadmau5 e Avicci entre outros. Os DJs internacionais descobriram um mundo por explorar e chamaram nomes de peso da música Pop para criar autênticos êxitos comerciais. Rihanna, Usher, Florence Welch e Ne-Yo foram alguns dos artistas que deram voz aos temas mais eletrizantes e bem sucedidos do ano. Que 2013 traga mais… let’s dance!

O regresso da febre das Boysband

Atingiram o seu expoente máximo no início do século XXI, mas desapareceram num piscar de olhos. 2012 ficará para sempre marcado como o regresso das boysbands à cena musical E de quem é a culpa? Simon Cowell, o mentor do fenómeno do ano: One Direction. A boysband britânica bateu recordes mundiais de vendas, lançou o segundo álbum, esgotou salas de espetáculos (incluindo Portugal), criou uma das maiores legiões de fãs do mundo (os Directioners) e foi comparada aos conterrâneos Beatles. Mas engane-se quem pensa que o ano se fez de 1D. Embora com menor sucesso, os The Wanted também deram que falar… e que ouvir. “Glad Yo Came”, “Chasing The Sun” ou “I Found You” prenderam a atenção do mundo em 2012.

E esta febre promete continuar em 2013 com a edição de novos álbuns, novas digressões e o reaparecimento de nos grupos… os Jonas Brothers estão de regresso.

Os recordes de Taylor Swift

Começou por ser uma cantora Country bem enraizada no território norte-americano, mas em 2012 Taylor Swift consagra-se como uma estrela a nível planetário. No ano que agora termina, a cantora editou “Red”. O novo disco vendeu na primeira semana nas bancas 1,2 milhões de exemplares (apenas nos E.U.A.). O registo é o maior da década e encerra 2012 com mais de 3 milhões de exemplares comercializados. Com apenas 23 anos, Taylor vendeu mais que muitas artistas conseguiram em toda uma vida.

2012 fica para sempre como o ano em que Taylor partiu à conquista do mundo, e conseguiu finalmente entrar no difícil território musical europeu. Para 2013 espera-se mais uma digressão mundial altamente lucrativa.

Amores & Desamores 2012

Em 2012, “We found love” (novamente) entre Rihanna e Chris Brown. Nos últimos meses do ano os dois artistas voltaram a manifestar em público o amor que nutrem um pelo outro (mesmo depois do episódio de violência doméstica em 2009). As fotos nas redes sociais, as músicas partilhadas e as polémicas da imprensa voltaram a deliciar-nos em 2012… e prometem continuar em 2013. É a nossa novela da noite!

Felizmente houve mais amor em 2012. Kanye West deixou-se levar pelas curvas da “Gold Digger” Kim Kardashian, e no último dia do ano oficializa a gravidez dela. Taylor Swift rendeu-se ao charme britânico de Harry Styles (One Direction). E Russel Brand tornou-se no “The One That Got Away” de Katy Perry, que se encantou com a “Gravity” de John Mayer.

Justin Bieber e Selena Gomez foram a separação do ano, mas voltaram a juntar-se… e agora estão numa fase “Call Me… maybe(!)”. Parece que o rapaz está disposto a fazer terapia para casais, mas não nos parece que esses sejam os planos de Selena. A novela continua em 2013.

Regressos 2012/2013

Todos os anos vimos regressar ao estrelato figuras do passado. Mas 2012 foi especialmente rico em come backs.

Os Rolling Stones foram um dos regressos mais simbólicos de 2012. Após 7 anos sem editar novos temas originais, Mick Jagger e companhia reuniram-se para editar “Doom And Gloom”. O álbum que tem como primeiro single “GRRR!” lançou a banda numa mini-digressão memorável.

Num ano em que Beyoncé e Lady Gaga estiveram ausentes, assistimos ao regresso de outras estrelas da música Pop. Alicia Keys (em Portugal em 2013), Pink e os muito aguardados No Doubt voltaram a brilhar com novos álbuns. “Girl On Fire”, “Blow Me (One Last Kiss)” e “Settle Down” conquistaram-nos à primeira escuta na segunda metade de 2012.

Com menos visibilidade esteve Robbie Williams, que regressou ao ativo com “Take The Crown”. “Candy” bem tocou nas rádios mas não ficou nos nossos ouvidos. Ainda assim, o cantor conseguiu esgotar por três noites a emblemática O2 Arena em Londres, em menos de uma hora.

Mas em 2012 nem todos os regressos foram felizes. Christina Aguilera aproveitou a visibilidade alcançada com “Moves Like Jagger” em 2011 e com a sua participação como jurada em “The Voice”, para lançar um novo disco. Mas “Lotus” não foi o sucesso comercial que se esperava. “Your Body” tinha tudo para ser um primeiro single bem sucedido, mas ainda não foi desta que a cantora recuperou o brilho dos bons velhos tempos. Merecerá uma nova oportunidade em 2013?

O novo ano que agora começa também promete grandes regressos. Lady Gaga está a preparar um novo projeto (diz que é mais que um álbum). Chama-se “ARTPOP” e chega na primavera. Beyoncé deu à luz a pequena Blue Ivy  e não tirou licença de maternidade. A meio do ano já corriam rumores da gravação do novo disco. No início de 2013 será a protagonista do intervalo do Super Bowl e suspeita-se que até lá surja música nova. E no final de 2012 surgem as notícias de que Britney Spears está a preparar um novo disco.

Despachado 2012, é hora de abrir os braços a 2013. Bom ano e boas escutas!

Categorias
DestaquesMúsicaRubricasSoundCloud

Media student, workaholic, tv-radio-web addicted, fashion victim, music lover. A life enjoyer.

Comentários