Música

Super Bowl gera mais vendas para Beyoncé e Destiny’s Child

A atuação de Beyoncé no Halftime Show do Super Bowl no dia 3 de Fevereiro contribuiu para um aumento significativo das vendas da cantora e da recém reunida girl band, Destiny’s Child.

O espetáculo do Halftime Show incluiu Beyoncé a cantar alguns dos seus maiores êxitos e uma reunião com as suas ex-colegas de banda, Kelly Rowland e Michelle Williams, que juntas interpretaram um medley de Destiny’s Child.

Em termos de vendas globais (álbuns de Beyoncé e das Destiny’s Child), foram vendidas 20.000 cópias no final da semana de 3 de Fevereiro. Dividindo os artistas, Beyoncé registou aumentos de 119% e a girl band 328%.

Por música, “Say My Name” subiu 231% e “Survivor” 168%. “Bootylicious” e “Independent Woman Pt. 1” (interpretadas durante o medley)  tiveram respetivamente um crescimento de 347 e 550 %.
Já “Halo” de Beyoncé, a última música da atuação, subiu 338%.

O recente lançamento do álbum “Love Songs” (29 Janeiro) pelas Destiny’s Child inclui uma música original (Nuclear) e uma compilação de canções românticas previamente editadas. A aproximação da data e o factor novidade explicam a diferença em relação a Beyoncé.

A “Queen Bey” irá iniciar em breve uma digressão mundial, anunciada depois do Super Bowl. “The Mrs. Carter  Show” arranca em Abril na Europa e segue para várias cidades, até regressar aos Estados Unidos. Para já, não há referência à passagem da diva por Portugal.

Veja a atuação de Beyoncé no Halftime Show do Super Bowl e o anúncio da nova digressão:


[HD] Beyonce – Super Bowl XLVII Half Time Show… por IdolxMuzic

Categorias
Música

Comentários