Música

SoundCloud: Grammys 2013 – Fun. e Frank Ocean saem vencedores

Esta noite Los Angeles é alvo da maior chuva de estrelas para celebrar os melhores músicos do ano. Os Grammys são o ponto alto do ano musical e não faltam motivos para o nervoso miudinho.

Em 2013 a Academia atribuiu mais nomeações aos novatos Frank Ocean, Fun., Mumford & Sons e aos veteranos Jay-Z, Kanye West e Black Keys. Os vencedores são conhecidos esta noite, mas em modo “warming up” o SoundCloud antevê os possíveis e os justos vencedores nas quatro principais categorias dos Grammys: melhor álbum, melhor registo, melhor música e melhor artista revelação.

O Propagandista Social vai transmitir em direto a cerimónia de entrega dos Grammys… E, como já é tradição, também ficamos atentos à red carpet com os looks de todas as celebridades ao minuto no Facebook e Twitter.

Registo do Ano

Quem deveria ganhar… “Somebody That I Used To Know” (Gotye)

Quem irá vencer… “Stronger” (Kelly Clarksn) ou “We Are Young” (Fun.)

Sejamos sinceros: alguma vez alguém se lembraria de tocar uma música meio indie como o single de Gotye nas rádios? Em 2012? Not really. “Somebody That I Used To Know” foi mais longe que o fenómeno Adele, rompeu com qualquer barreira da música Pop atual (a cobiçada eletrónica) e conquistou o mundo com uma sonoridade tão orgânica, tão simples.

     

Contudo, pesando o impacto na Pop Culture, Kelly Clarson e Fun. são provavelmente os favoritos à vitória. “Stronger” e “We Are Young” ganharam o estatuto de hinos ao longo do último ano. Ela consegue um hit pop-rock bem ao estilo dos norte-americanos. Eles… bem eles são os Fun. e têm uma das músicas mais viciantes de 2012. Venha o diabo… os jurados, e escolham.

Álbum do Ano

Quem deveria ganhar… “Channel Orange” (Frank Ocean)

Quem irá vencer… “Babel” (Mumford & Sons)

Sou um fã confesso de Frank Ocean não só pela música, mas por tudo o que ele representa. E porque um artista não é só música, por mim levava os 6 Grammys para que está indicado. De todos os nomeados, o álbum de Ocean é aquele que tem a sonoridade mais distinta, mais diferente, mais inovadora, a fuga para o que é o panorama musical atual. “Channel Oragen” é a combinaçao perfeita do melhor do R&B, do Rock e do Funk com a genuinidade de letras tão profundas como “Think ‘Bout You”.

     

Mas se passarmos para o nível mainstream, os Mumford & Sons têm o disco do ano. Bateram recordes nos Estados Unidos, embalaram os críticos e multiplicaram fãs em todo o mundo. A Academia deve ter adorado o “Folk goes Pop” bem conseguido com “Babel”, e o disco deve sair premiado da cerimónia.

Música do Ano

Quem deveria ganhar… “Call Me Maybe” (Carly Rae Jepsen)

Quem irá vencer… “We Are Young” (Fun. ft. Janelle Monae)

Se esta é a categoria que premeia a composição, a história que uma música pode contar, a alegria, a tristeza e todas as emoções que uma canção contém, então “We Are Young” dos Fun. é o vencedor inevitável.

     

Contudo, apesar de ser um dos hinos de 2012, sejamos sinceros, não é a melhor música Pop do ano. “Call Me Maybe” é um momento único na História da Música (for real!), e deverá ser premiada como tal. Come on! Imaginam mais alguém a escrever assim sobre flirts não correspondidos? Go Carly!

Artista Revelação

Quem deveria ganhar… Frank Ocean

Quem irá vencer… Frank Ocean

A escolha é consensual, e se a teoria não se verificar na prática haverá polémica. “Channel Orange” é um problema de arte com uma solução harmoniosa. Os Fun. são fortes candidatos, mas de todos os nomeados, Ocean é o mais completo, o mais inovador, e o mais consistente, não apenas em termos musicais mas também quanto ao “boneco” que criou. E a avaliar pelos anteriores vencedores (Esperanza Spalding, Bon Iver…), a Academia adoooora estes “bonecos”. Venha o Grammy!

 


Categorias
MúsicaSoundCloud

Media student, workaholic, tv-radio-web addicted, fashion victim, music lover. A life enjoyer.

Comentários