Digital

HTC tenta brilhar nos smartphones

A companhia tecnológica HTC apresentou na última terça-feira o seu novo smartphone topo de gama Android, o HTC One, que sucede assim ao HTC One X apresentado no ano passado. Esta é a aposta da marca taiwanesa de forma a tentar inverter os maus resultados da empresa nos últimos meses.

O HTC One apresenta especificações arrasadoras em termos tecnológicos: um ecrã de 4,7 polegadas LCD com resolução 1080p, o que lhe garante a maior densidade de píxeis alguma vez vista num ecrã de smartphone – 468 PPI. Para os menos entusiastas dos gadgets, quanto maior a densidade de píxeis, mais difícil se torna para o nosso olho distinguir um píxel do outro a uma distância de visualização normal. Esta é a caraterística introduzida pela Apple com o seu ecrã Retina (o último iPhone 5 tem um PPI de 326). Para além do mais, o ecrã também apresenta a habitual tecnologia Gorilla Glass 2 e Vidro Infinity, que garante a resistência a riscos e elimina os reflexos, respetivamente.

Já o processador é o mais recente chip da Qualcomm, o Snapdragon 600 quad-core a 1,7 Ghz, que é complementado com 2 GB de RAM, bateria de 2300mAh, WiFI, BT 4.0, NFC, 32/64GB – apesar de não incluir slot para microSD, câmara frontal de 2.1MP com capacidade para vídeo FullHD e ainda um transmissor de infravermelhos integrado no botão de power – que ofereca a possibilidade de poder operar como um género de telecomando.

Um dos destaques do HTC vai para a sua câmara traseira de 4 MP, que apresenta uma nova tecnologia chamada “UltraPixels”. Segundo o fabricante, esta nova câmara apresenta um sensor com píxeis maiores, o que permite que estes recebam 3x mais luz que um sensor de 8 MP que equipam a maioria dos smartphones hoje em dia. Isto garante que os 4 MP são 4 MP efetivos. Para além disso, esta câmara tem um sistema de estabilização de imagem, tem um flash com 5 níveis de intensidade e capacidade de filmar em 1080p (Full HD). Complementado estas caraterísticas, temos uma nova aplicação chamada HTC Zoe. Esta aplicação permite que a câmara capte cinco frames antes de  fotografar e 15 frames depois: desta forma, o utilizador tem à sua disposição 20 imagens por onde escolher.

Já o exterior do smartphone é construído numa peça única em alumínio, com as dimensões 137.4×68.2×9.3mm e 143g de peso. No painel frontal do dispositivo, também se destacam duas enormes grelhas de som, que a HTC garante proporcionar “a melhor experiência em qualquer telemóvel”. Estes dois altifalantes são alimentados por amplificadores incorporados que produzem um som mais forte, numa tecnologia denominada BoomSound, que resulta da parceria HTC/Beats Audio.

Já ao nível do software, o destaque vai para a nova interface Android da HTC, o Sense 5, que apresenta uma nova interação no ecrã inicial. Esta inovação gráfica conta com o BlinkFeed, uma funcionalidade estilo Flipboard que nos garante um rápido acesso às nossas redes sociais e feed de notícias.

É esperado que o HTC chegue aos mercados internacionais em março de 2013, sendo que o preço do smartphone ainda não é conhecido.

Aqui fica o vídeo de apresentação do HTC One:

[youtube link=”http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=N9A8NnBbW_A” width=”590″ height=”315″]

Categorias
DigitalSmartphones

Comentários