Resumos de Novelas

“Louco Amor”: resumos de episódios de 18 a 22 de março

[tabs class=””]

[tab title=”Ep. 251″]Graça e Violeta trocam acusações. Violeta explica que nunca foi sua intenção magoar Graça, quer ela acredite quer não.

Rafael olha espantado para os agentes da judiciária, que o avisam que está detido e lhe mostram um mandato. Rafael pede a Guiomar que chame o seu advogado e Carlos diz-lhe que é melhor que não seja o mesmo que falsificou os dados de Leonor, pois esse também irá responder em tribunal.

Violeta sugere que Graça lhe devolva a gerência da Broadway antes do acordado, mas esta não chega a responder pois recebe uma chamada de Guiomar avisando-a que Rafael foi detido. Graça diz que tem de ir, mas o que acabou de acontecer vai mudar tudo o que falaram.

Carlinha entra em casa de Tomás e nem repara que ele está a fazer uma mala. Diz-lhe que o seu pedido de empréstimo correu mal. Não tem dinheiro na conta nem emprego e não podem fazer nada naquelas condições. Pede a Tomás que lhe devolva o dinheiro, mas ele diz que não sabe do que Carlinha está a falar. Não tem dinheiro nenhum no banco e ela pode verificar. Carlinha chora, sem perceber por que ele fez aquilo e Tomás ri-se, dizendo que a rapariga nunca deveria ter confiado nele.

Chico diz que acha que deve ir ver Rafael e dar-lhe apoio. É capaz de ser a única pessoa disposta a visitá-lo e, apesar de tudo, continua a gostar dele.

Tomás transferiu o dinheiro para uma conta que não é sua, Carlinha nunca vai ser capaz de provar que foi ele que tirou o dinheiro e já não a quer em sua casa. Carlinha sente-se humilhada e nem é capaz de olhar para ele.

Ali, o cliente da Quinta dos Castanheiros, aparece na empresa na companhia de um homem iraniano e exige que Guiomar lhe entregue a documentação referente ao negócio e que apague tudo dos computadores.

Quando Duarte e Graça chegam à empresa já não encontram nada que diga respeito à Quinta dos Castanheiros. Graça chama Guiomar, que diz também não saber de nada. Graça ameaça-a: se encobrir Rafael pode ser considerada cúmplice. Guiomar começa a chorar e conta a verdade, foi obrigada a dar todos os documentos ao cliente.

Tomás está no café com Elsa, que continua a tentar falar com ele sem sucesso. Carlos e Filipe entram e sentam-se a uma mesa. Passado pouco tempo, entram dois agentes da judiciária e detêm Tomás. Ele diz que não fez nada e que não há provas contra ele, mas Carlos avança na sua direção e diz-lhe que o computador que ele perdeu está agora nas mãos da polícia. Tomás olha para todos, apavorado.

Duarte tenta convencer Graça a participar o desaparecimento dos documentos à polícia, mas ela diz que vai tentar que Rafael lhe diga o que se está a passar.

Violeta está com Margarida, a rapariga que diz ser sua filha, e ela conta-lhe que viu Tomás ser detido. Violeta percebe que foi Carlos que mandou prender tanto Rafael como Tomás. Ao ouvir que Rafael também foi detido a rapariga fica desconfortável, mas disfarça. Violeta começa a desabafar com ela e diz-lhe que tem pena que ela tenha chegado num momento tão complicado. A rapariga começa a chorar e acusa-a de não se importar com ela: Desde que ela chegou Violeta não quis saber nada sobre ela.

Graça vai visitar Rafael e ele acaba por admitir, rindo, que só quis Graça na gerência da Broadway para arruinar o estabelecimento.

Violeta começa a perguntar à ¿filha¿ o que Dora faz em Espanha e ela começa a atrapalhar-se com as respostas. Diz que quer falar de si, e não de Dora, mas Violeta explica-lhe que precisa de compreender por que é que a amiga fez tudo aquilo.

Rafael recusa-se a explicar a Graça o negócio da Quinta dos Castanheiros e ela diz que nesse caso vai envolver a polícia. Rafael fica muito aflito.

Graça diz a Rafael que as ameaças dele já não lhe metem medo e atira-lhe à cara algo que ele nunca pensou ouvir: Graça sabe que a pessoa que ele realmente amou foi a sua irmã, Ana Maria! Rafael olha-a surpreso e incapaz de negar.[/tab]

[tab title=”Ep. 252″]Graça encontrou uma carta endereçada à sua irmã dentro de uma caixa no escritório de Rafael e mostra-lha. É uma carta de amor. Rafael diz-lhe que não devia ter mexido naquilo, aquela caixa é tudo o que lhe resta de Ana Maria. Graça diz que a caixa é a única coisa com que ele vai ficar, ela vai tirar-lhe tudo.

Filipe e Carlota decidem não contar a Óscar que o neto foi preso, a filha continua em coma e a notícia só o ia preocupar mais. Carlota conta-lhe tudo pessoalmente quando chegar à Suíça.

Chico conta a Berta que tentou visitar Rafael mas não deixaram. Só lhe apetece afastar-se de tudo por uns tempos, mas Berta não pode por causa do trabalho.

Carlinha regressa a casa e diz a Hermínia que ela é que tinha razão, nunca devia ter saído dali.

Margarida, a rapariga que diz ser filha de Carlos e Vitória, encontra uma carta de Leonor dirigida a Chico e mostra-a a Filipe, que fica curioso. Por que é que Leonor deixaria uma carta para Chico? Filipe fica a olhar para a carta, desejoso de a abrir.

Carlinha conta à mãe que foi enganada por Tomás e ficou sem dinheiro. Diz que agora não terá outro remédio senão passar o resto da sua vida a trabalhar na loja. Hermínia explica-lhe que isso será impossível, a loja já foi vendida. Carlinha roga-lhe que fale com o comprador, a loja é tudo o que lhes resta e ela promete que nunca mais vira as costas à mãe.

Lourenço fala com Graça e diz-lhe que estava preocupado, ela devia ter contado tudo o que estava a acontecer. Graça diz-lhe que pode parar com os fingimentos, não acredita em nada que ele diz: O jogo dele acabou!

Miguel descobre que o pai foi preso e pede para vê-lo. Mafalda pede-lhe que espere por Graça.

Graça descompõe Lourenço e diz-lhe que não passa de um aproveitador. Lourenço diz que, se é assim que ela pensa, despede-se. Graça esteve a ver o contrato dele e explica-lhe que não se pode despedir sem dar um mês à casa. De contrário terá de indemnizar a Broadway.

Carlinha abraça-se a Júlio e chora, pedindo-lhe desculpa.

Assim que Carlos chega a casa Filipe entrega-lhe a carta e insiste para que ele a leia antes de entregar a Chico. Carlos começa a ler e a sua expressão vai-se alterando.

Carlinha conta o que lhe aconteceu e Júlio diz que vai falar com uma pessoa, pode ser que a consiga ajudar a recuperar o seu dinheiro. Carlinha nem quer acreditar que Júlio ainda a queira apoiar depois de tudo o que ela lhe fez.

Violeta oferece-se para substituir Graça na Broadway, não quer que ela fique afastada dos filhos numa altura daquelas. Graça sorri-lhe, agradecida.

Muito abalado, Carlos passa a carta a Filipe, que a lê. As suas mão tremem de revolta e, ao acabar de ler, Filipe diz que Rafael destruiu a vida de Leonor e a ameaçou de morte.

Filipe fica a falar com a suposta filha de Carlos e pergunta-lhe em que zona de Madrid é que ela vive e ela diz que bloqueou e não se lembra. Filipe acha aquilo muito estranho.

Carlos tem uma opinião diferente de Filipe sobre a carta e acha que aquilo prova que nem tudo o que Rafael fez foi mau. Diz que finalmente acha que compreende o irmão.

Carlota pede a Alfredo que tire umas férias na sua ausência, ele tem assuntos por resolver. Alfredo percebe que Carlota está a falar-lhe de Hermínia.

Filipe quer que Carlos entregue a carta à polícia, mas este prefere que a decisão seja de Chico.

Dora decide ir a Espanha à procura de Dora, não descansa enquanto não perceber tudo o que está a acontecer.

Carlos mostra a carta a Chico e ele chora: Era aquilo que Leonor lhe queria dizer no dia em que morreu?[/tab]

[tab title=”Ep. 253″]Chico está chocado com o que leu na carta e diz que o pai foi preso e a tia internada para que ninguém soubesse a verdade. Rafael mentiu-lhe em tudo, foi ele que matou a mãe dele! Carlos diz que chico tem razão, mas a verdade é que Rafael fez o que ele nunca teve coragem de fazer, Chico não consegue imaginar o sofrimento em que a mãe dele vivia. Chico olha para Carlos, surpreendido.

Graça conta a Duarte tudo o que Rafael lhe disse quando o visitou. Está mais determinada que nunca a entregar o caso da Quinta dos Castanheiros à polícia. Se depender dela, Rafael nunca mais sairá da prisão.

Mafalda conta a Miguel que vai ter com Júlio a Castelo de Vide. Sente que o seu lugar é ao lado dele e vai tentar aprender a gostar do campo.

Carlos explica a Chico que é um alívio saber que Rafael estava ao lado de Ana Maria quando ela morreu e que ele fez a coisa certa, que era acabar com o sofrimento dela. Sabe que Rafael a amava e deve ter sido muito difícil fazer o que fez.

Violeta diz a Gi que vai falar com Carlos antes de partir para Espanha à procura de Dora. Desta vez vai lutar até ao fim pela sua felicidade.

Mafalda pede a Duarte que a acompanhe a Castelo de Vide para lhe dar força…e ver Margarida.

Chico conta a Berta que Rafael deu a Leonor uns comprimidos para dar à mãe dele e foram esses que a acabaram por matar. Depois, internou Leonor e arranjou uma maneira de Carlos ser acusado do crime. Chico diz que precisa de falar com Graça, não acredita que ela não soubesse de tudo.

Violeta vai ter com Carlos e diz que ele a vai ter de ouvir. Conta-lhe tudo o que se passou quando descobriu estar grávida: Como o procurou e ele tinha desaparecido, como pensou que ele já não a queria, como ficou sem dinheiro, a sua vida antes de o conhecer num orfanato. Carlos ouve tudo e começa a ficar de lágrimas nos olhos, começa a perceber que tudo se deveu a desencontros e a dúvidas de ambos. Violeta diz-lhe que foi Dora que a convenceu a entregar Margarida a Lucinda durante um tempo, até que tivesse dinheiro para a sustentar. Quando soube que Dora tinha morrido não teve coragem de ir buscar a criança.

Elsa pede a Filipe que a ajude a arranjar uma mentira para dizer aos clientes, não quer contar o que Tomás fez. Filipe convence-a que mentir não pode ser a solução.

Carlos diz a Violeta que nunca a julgou, e se ela tivesse contado a verdade quando se encontraram tudo podia ter corrido bem. Mas ela mentiu-lhe o tempo todo¿ Violeta percebe que não o vai convencer e diz que vai sozinha à procura de Dora.

Graça está sentada à secretária de Rafael quando entra Ali. O homem diz-lhe que quer falar com ela sobre a Quinta dos Castanheiros. Graça engole em seco.

Duarte decide ir com Mafalda a Castelo de Vide e lutar por Margarida. Primeiro só precisam de passar pela empresa para ajudar Graça a apresentar a queixa à polícia.

Ali mostra a Graça uma foto de Miguel e diz-lhe que tem de deixar os trabalhos na quinta continuarem, quando tiverem retirado tudo o que lhes interessa a quinta será dela. Até lá, ou se afasta, ou é o filho que vai sofrer as consequências.

Mais tarde, Duarte aparece na empresa com Mafalda e diz que quer ajudar a mãe com o assunto da quinta, mas Graça diz-lhe que não há qualquer problema, já falou com os advogados e está tudo bem. Ele que não se preocupe e vá para Castelo de Vide que ela trata de tudo.

Violeta entrega uma procuração a Berta, quer que ela cuide da Broadway na sua ausência. Diz que não sabe quando ou se vai voltar.

Chico confronta Graça: Mostra-lhe a carta e pergunta se a tia vai negar que sabia o que está ali escrito.[/tab]

[/tabs]

Categorias
Resumos de NovelasTelevisão

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários