Televisão

“Dancin’ Days”: resumo de 1 a 7 de abril

[tabs class=””]

[tab title=”Ep. 207″]

Mariana não aceita a morte do pai e precipita-se para o interior do quarto, tentando reanimá-lo. Júlia e a médica assistente são forçadas a arrancá-la ao corpo sem vida de Zé Maria. Mariana, destroçada, culpa-se pela morte do pai, por ter revelado que Emília havia falecido no acidente. A médica esclarece que Zé Maria morreu, apenas porque não resistiu aos ferimentos, pois o seu coração também estava enfraquecido pelo enfarte que sofreu, não há muito tempo. Júlia leva a filha para tomar um pouco de ar. Nem uma nem outra conseguem suster as lágrimas ao ver a médica cobrir a cara de Zé Maria. Mariana pergunta-se o que irá fazer sem o pai.

Raquel trabalha no escritório do Dancin’ Days e grita de dor, ao colocar um dossier num armário. Mariana telefona-lhe nessa altura e chora convulsivamente, ao mesmo tempo que lhe conta que Zé Maria morreu. Raquel senta-se, em choque.

Caminho começa a despedir-se de Urbano e Isabel, dizendo que o filho que está à espera acaba de lhe dizer que chega de trabalho. O médico lembra-lhe que deve sempre escutar o que o corpo lhe diz e Carminho confessa que tem seguido o seu programa alimentar à risca, pois não podia desaproveitar a sorte de ter um nutricionista de renome a acompanhá-la. Carminho pergunta como está a correr o processo de adopção e Isabel emociona-se, confessando que se não se têm atrasado com a entrega dos papéis, estariam na avioneta com Emília e Zé Maria. Nem de propósito, Urbano recebe uma chamada de Júlia e apressa-se a perguntar como está o amigo. A sua expressão altera-se e o médico fica com o semblante carregado, enquanto escuta o que Júlia ainda lhe diz. Isabel apercebe-se que algo de mau aconteceu e fica ansiosa.

Hernâni insiste em levar Cristóvão consigo, para o treino de pólo aquático, mas o gerente da loja Flor de Sal recusa a oferta e reforça que não sabe nadar, lembrando ainda que o último treino ia acabando em tragédia. Sónia goza com ele e só para quando avista Cátia, que chega ao centro. Mais uma vez, Cristóvão tem de defender a honra da sua amada, agora dos comentários de Hernâni que a coloca na escala artística como mulher de má fama insistindo que dançar O Lago dos Cisnes não é a mesma coisa que dançar no varão de um clube de striptease.

Sónia vai ter com Cátia que está indignada com o patrão. O dono da loja de doces exige-lhe que cumpra mais um mês de trabalho antes de se ir embora, pois é isso que estipula o contrato. Se o não fizer, deixou a ameaça de que a processa, pouco se importando com o facto de ela dançar no varão. Cátia repara nos olhares que os transeuntes lhe vão deitando e nos sussurros que trocam e fica incomodada. Sónia arrasta-a para a loja gourmet, enquanto Hernâni e Miguel concordam que Cátia é uma estampa de mulher. Quando dão conta que estão a falar um com o outro como dois amigos, disfarçam e começam a hostilizar-se. Cátia fica espantada com a prima quando Sónia lhe pede para a ensinar a dançar no varão, revelando que tem pelo menos mais duas colegas do shoping que também querem aprender.

Nicole vai à loja de decoração e leva um doce a Luísa, insistindo que coma para ganhar forças. Ficam ambas petrificadas quando Luísa atende a chamada de Isabel a avisar que Zé Maria não resistiu aos ferimentos e que acaba de morrer.

Alberto está consternado com a morte de Zé Maria e é confortado por Ester e Amélia. Paulo lamenta que o dia não esteja a ser feliz como ele desejava. Ester percebe a angústia do rapaz e diz que todos estão felizes por tê-lo de volta. Bruno chega nesse instante e precipita-se num abraço fraterno ao amigo. Paulo confessa que chegou a pensar que nunca mais o via. Todos se emocionam com o abraço dos dois miúdos.

Inês visita Teresa e começa por se queixar de que já não sabe o que fazer para recuperar o amor de Duarte. A sogra aconselha-a a ter paciência, pois os casamentos não vivem apenas de amor, mas de outros sentimentos. Inês não fica convencida mas conforma-se. De repente desculpa-se por não ter dito, logo que chegou, que Zé Maria acabou por morrer. Teresa lamenta que isso tenha sucedido, pois considera que o empresário era a única influência positiva para a neta Carolina. Inês levanta a dúvida sobre quem vai herdar a fortuna de Zé Maria e Teresa fica curiosa para saber se ele acautelou essa situação antes de morrer.

Gui e Duarte conversam no café do shoping e comentam o falecimento de Zé Maria. Gui suspira pelo facto de Júlia estar a acompanhar Mariana nesta hora difícil e confessa que mesmo quando se divorciou o empresário foi sempre cortês com ele. Duarte calcula que Júlia também deve estar arrasada e o irmão pergunta se está com pena da ex-namorada. Duarte não gosta da observação e chama-lhe parvo. Nesse instante, Gui recebe uma chamada de Teresa e depois de desligar conta a Duarte que a mãe estava indignada por não lhe ter dado a notícia da morte se Zé Maria.

No hospital, Júlia divide-se entre o representante da agência funerária com quem fala, e o apoio a Mariana, que ainda não acredita que o pai morreu. Uma semana mais tarde, a jovem ainda não está conformada com o desaparecimento de Zé Maria e confessa que sente a sua falta. Júlia e Raquel preparam-se para a acompanhar a casa, no momento em que Urbano se aproxima e diz a Mariana que está ao dispor para o que ela precisar. Luísa sai da igreja e também é confortada por uma amiga.

Artur, Jorge e Filipa estão reunidos a preparar os próximos números da revista. Artur pergunta por Júlia e Jorge lembra que ela não deve ir ainda trabalhar, pois deve estar ainda na missa de sétimo dia de Zé Maria. O director da Blondie concorda que o momento é difícil e lembra-se de pedir que entreguem a Mariana um exemplar da revista em que saiu a sua produção fotográfica, certo de que isso a irá animar.

Mariana está destroçada, depois de ter assistido à missa de sétimo dia em memória de Zé Maria e Emília. Em tom de desabafo diz que gostava de ser como Raul, que já não assistiu à cerimónia, conseguindo seguir em frente com a sua vida. Júlia faz ver que ele tinha de regressar aos Estados Unidos, embora tivesse uma ligação muito forte à mãe. Júlia lembra a Mariana que agora só falta esperarem pelo advogado, que vai ler o testamento de Zé Maria. A filha diz que não quer assistir à leitura mas, a muito custo, lá acede em estar presente, pela insistência de Júlia e Raquel. Todas estranham que Gui também tenha sido convocado.

Bernardo conta a Teresa que conseguiu saber que Gui foi chamado à leitura do testamento de Zé Maria, tal como Mariana e ainda Raul, o filho de Emília, que não deverá comparecer por estar nos Estados Unidos. Teresa fica intrigada e trata de agarrar na mala e no telemóvel para ir perguntar a Gui, a razão de estar presente na leitura do testamento do ex-sogro.

Gui recebe a chamada da mãe e questiona porque está tão interessada em saber pormenores do testamento de Zé Maria. Quando desliga, conta ao irmão que a mãe respondeu sentir apenas curiosidade e afirma que ela está a ficar outra vez muito controladora. Duarte não partilha dessa opinião e defende que há muito não a via tão equilibrada. Gui brinca e diz que têm de falar com Bernardo, pois parece não lhe estar a dar a atenção devida. Gui pede ao irmão para sair mais cedo e ele assegura que fecha a agência. Gui volta a meter-se com ele e afirma que é um bom pretexto para não ter de encarar Inês, evitando uma taquicardia. Duarte garante que isso não vai acontecer e que ele tem de habituar-se a respeitar mais o patrão.

Carminho e Inês descansam um pouco no café, depois de terem feito compras para os bebés. Inês transparece o seu desânimo e decide fazer um ultimato a Duarte para o obrigar a decidir se quer ter com ela um casamento normal ou se prefere a separação. À beira das lágrimas, Inês mostra-se disposta a assumir o papel de mãe solteira e que cada um vá para seu lado. Carminho avisa-a para medir as palavras, não vá dizer algo de que se arrependa mais tarde.

Sónia conta a Cátia que já arranjou mais alunas que querem aprender a dançar no varão mas, por serem tantas, têm de arranjar outro local para os ensaios. Cátia decide falar com o dono do clube para tentar que lhe ceda o espaço, antes de começar a noite. Entusiasmada com o rumo que a sua vida está a levar, Cátia confessa que já não está tão certa de querer deixar o shoping, até porque o patrão tem andado atrás dela para que continue a trabalhar na loja de doces. Para além disso sempre faz menos noites no clube e, por isso, pode ter mais tempo para Gui.

Raquel comenta com Júlia e Gui, que Mariana tem estado a reagir surpreendentemente à perda do pai. Gui diz saber perfeitamente o que a ex-mulher está a passar, pois experimentou o mesmo quando perdeu o pai, valendo o apoio do irmão. Júlia acusa o incómodo pela referência a Duarte. Mariana desliga o telefone e informa que o advogado está atrasado. Carolina começa a chorar, sinalizando que acordou. Mariana e Gui seguem para o quarto para verem a filha. Júlia aproveita para perguntar a Raquel se já sabe o resultado dos exames e exige ser a primeira a saber que tudo está bem com ela. Raquel fica agradada com a preocupação da irmã, mas esconde a preocupação que está a viver.

Inês chega a casa e como não encontra Duarte decide ligar-lhe. Ao saber que ele se prepara para ficar na agência, com o argumento de que tem muito trabalho, faz-lhe um ultimato, dizendo que o quer em casa dentro de uma hora, reforçando que têm de conversar, recusando que ele a trate daquela maneira. Duarte despede-se e diz que vai quando puder. Inês fica furiosa.

O advogado de Zé Maria lê o testamento que ele fez e anuncia que o empresário deixou todos os seus bens à neta Carolina, cabendo a Mariana administrá-los até que a filha atinja a maioridade. Gui mostra-se feliz pelo facto de Zé Maria ter acautelado o futuro de Carolina. Júlia, Raquel e a própria Mariana ficam surpreendidas. O advogado entrega uma carta a Mariana, dizendo que o pai lha deixou. Depois de Gui e o advogado saírem, Júlia e Raquel aguardam com expectativa que Mariana abra a carta que o pai lhe escreveu.

Teresa acaba de saber por Gui, que Zé Maria deixou toda a sua fortuna a Carolina. Tomada por uma ambição avassaladora, Teresa começa a urdir a sua teia para se apossar de tudo o que a neta herdou. Bernardo questiona como tenciona ela ganhar a guarda da menina, se já a perdeu uma vez. Teresa diz que conta com a ajuda dele, decidida a administrar os bens da neta e a resolver de vez os seus próprios problemas financeiros. Bernardo fica a olhar para ela, intrigado. (conclusão)[/tab]

[tab title=”Ep. 208″]Teresa mostra-se determinada em garantir a guarda de Carolina, convencida de que será muito mais capaz de educar a neta, denegrindo a imagem de Mariana como mãe. Bernardo avisa-a que os argumentos que apresenta para atestar a incapacidade da ex-nora não serão suficientes, pelo que terá de arranjar provas bem mais fortes contra Mariana, sejam elas reais ou forjadas. O advogado entra no delírio de Teresa e garante que é capaz de tudo para a ajudar, até porque se ficar a administrar os bens da neta, também poderá resolver os seus problemas financeiros. Teresa beija Bernardo, mas são interrompidos por Lurdes que pergunta se deve colocar um prato para o doutor todas as noites. Teresa entusiasma-se e, depois de ter a concordância do namorado, pede à empregada que a partir de agora conte sempre com Bernardo à mesa. Ele agradece o convite e Teresa, com alguma provocação à mistura avisa que outros convites mais importantes poderão surgir.

Mariana lê a carta em que Zé Maria lhe explica a razão de ter deixado todos os bens a Carolina. As lágrimas percorrem-lhe o rosto e não consegue falar. Tem de ser Júlia a ler o texto em voz alta, no qual o empresário explica que deixou tudo à neta, para poupar a filha a eventuais disputas pelo império que construiu. Mariana mostra-se reconhecida ao pai por ter acautelado o futuro da menina, mas assegura que daria todo o dinheiro para poder tê-lo ao pé de si. Raquel respira fundo e confessa que não estava à espera de tal coisa. Mariana abraça-se a Júlia e Raquel a chorar, ao mesmo tempo que lhes suplica que nunca mais se zanguem. Raquel garante que estão mais unidas do que nunca, enquanto Júlia também se comove com a situação.

Inês espera que Duarte chegue a casa e começa a repreende-lo por não ter obedecido, quando o mandou regressar a casa imediatamente. A conversa torna-se azeda quando o acusa de querer enlouquecê-la para poder voltar para os braços de Júlia. Duarte mantém a calma, reafirma que não tem nada com Júlia e deixa-se abraçar pela mulher, sem no entanto corresponder a esse abraço. Ela desespera a mendigar o seu amor e, como que enlouquecida, sugere que viajem, que façam coisas juntos. Duarte lembra que foi Inês a forçar aquela situação e que os votos matrimoniais que jurou só fazem sentido quando as pessoas sentem o que prometem. Inês adopta uma postura agressiva e volta a ameaçar desaparecer com o filho de ambos, se Duarte não mudar de atitude, pois o que têm está longe de ser um casamento. O marido vira-lhe as costas e sai de casa, dizendo que lhe vai dar algum tempo para se acalmar. Inês fica sozinha e atira o comando da televisão ao chão, gritando toda a sua raiva por não conseguir prender o marido.

Mariana mostra-se desconfortável com o seu futuro, temendo ter de tomar decisões sobre os negócios do pai, gerindo assim os interesses de Carolina. Júlia tranquiliza a filha, lembrando que os hotéis têm uma administração que lhe dará os conselhos que precisar. A mãe também antecipa que ela estará mais deprimida por se aproximar o fim-de-semana em que Gui fica com a filha e Mariana acaba por concordar. No meio desta conversa, Raquel atende uma chamada de Hugo, com quem marca um encontro para o Dancin’ Days. Nem Mariana nem Júlia aprovam que Raquel prossiga com o seu plano de vingança, atendendo aos perigos que pode estar a correr. No entanto, Raquel mostra-se decidida a saldar as contas com Hugo, pois não esquece o mal que ele lhe fez. Para aliviar a tensão, Raquel pergunta a Mariana se já viu a produção fotográfica que fez para a Blondie. A sobrinha sorri e mostra-se desejosa de ter a revista para ver como ficaram as suas fotos.

Antes do jantar em casa de Ester e Alberto, Jorge e Carminho confirmam que as fotos que Mariana fez para a revista ficaram muito bem. Vera adivinha que a amiga deve estar ansiosa por ver o trabalho e promete falar-lhe nisso assim que se encontrarem. Alberto sugere a Jorge que façam uma reportagem sobre a sua vida académica e Amélia diz que o título podia ser “ Pessoas que não souberam crescer. Alberto, sente-se provocado e revela que decidiu formar uma tuna alternativa. Todos ficam surpreendidos e Carminho lembra que o pai nem sabe tocar. Vera assinala que tem de jantar depressa porque combinou ir ao cinema com Sebastião. Alberto ironiza e merece a censura de Ester. A mulher volta a fulminá-lo com o olhar, depois de ele dizer que Lourenço parece mais um marinheiro de água doce, respondendo à filha que revelou ter ido buscar as suas coisas ao navio, pois o namorado voltou mais cedo dessa última viagem. Amélia manda toda a gente para a mesa e grita para chamar o neto. Alberto comenta que já tinha saudades de Paulo mas confessa que dispensava os berros da empregada.

Bruno pergunta a Paulo como era a sua vida no Luxemburgo e ele conta que os rapazes tinham a mania, mas que as raparigas eram bem mais simpáticas e melhores que as portuguesas. Bruno conta que vai com Tânia assistir ao jogo de pólo aquático da equipa de Hernâni e Paulo diz logo que também vai. De repente, apercebe-se que não foi convidado e diz que não quer estragar a tarde dos pombinhos. Nesse momento é Bruno quem fica atrapalhado e diz que ele pode ir se quiser. De seguida pergunta ao amigo se lhe faz impressão que namore com Tânia. Paulo afirma que não e Amélia interrompe a conversa, voltando a chamá-los para a mesa.

Hernâni sonha com o sucesso no torneio de pólo aquático e gaba-se da sua forma física, afiançando que parece um maremoto quando entra dentro de água. Nicole, cheia de malícia diz que não tem razões de queixa e troca um olhar cúmplice com o ex-marido, embora alinhe na brincadeira de Tânia, achando que metade dos jogadores devem baldar-se à última hora. Tânia não percebe a piada e responde ao pai que tenciona fazer um cartaz de apoio e que vai assistir ao jogo com Paulo e Bruno.

Luísa e Isabel partilham a tristeza pela ausência de Emília. Luísa diz que sem a amiga só vai fazer asneira na vida. Isabel garante que vai estar a seu lado para evitar que isso aconteça. E começa imediatamente, logo que Miguel chega para beber um café e começa a despir Luísa com os olhos. Isabel sussurra ao ouvido da amiga, que tenha juizinho.

Cátia pede ajuda a Cristóvão para arranjar um espaço onde possa dar as suas aulas de danças eróticas. Ele oferece-lhe dois papéis como actriz, mas como são insignificantes, Cátia recusa, preferindo continuar no clube de striptease, que sempre lhe enche a dispensa.

Duarte vai para casa de Gui e bebe uma cerveja com o irmão, enquanto desabafa depois de mais um confronto com Inês. Gui pede desculpa pela sinceridade mas insiste que ele devia separar-se da mulher, convicto de que Inês está a fazer bluff quando ameaça desaparecer com o filho de ambos. Duarte receia que ela cumpra a ameaça e emigre só para que ele não venha a conhecer o filho.

Inês também precisa de conversar com alguém e decide ligar a Áurea, contando que voltou a discutir com Duarte e que ele saiu outra vez de casa. Áurea desvaloriza o incidente e aconselha-a a confiar mais no marido, se ele garante que nada tem com Júlia. Inês desliga o telefone e murmura que ninguém a compreende. Na manhã seguinte, quando Duarte regressa a casa não encontra Inês e nem sequer obtém resposta quando lhe liga para o telemóvel.

Teresa convida Gui para almoçar, argumentando que é natural que queira falar com ele, depois das coisas que aconteceram. Bernardo conta que tem duas reuniões de manhã e que vai tentar não se atrasar. Teresa, deixa claro que a sua presença é fundamental, para que coloquem em marcha o plano que têm. Bernardo inquire se Duarte também vai estar presente e Teresa afirma que prefere deixar o filho mais velho fora do assunto, pois ele tem uma forma diferente de ver a vida. Já quanto a Gui, exulta ao dizer que o filho mais novo saiu a ela.

Gui diz a Cátia desconhecer o que a mãe quer mas acha que já está na hora de a visitar, para perceber se o namorado se tem portado bem. Concorda com Cátia, por não estar à espera que Teresa encontrasse alguém logo a seguir à morte do marido. Cátia lamenta que Duarte não consiga entender-se com Inês e dúvida que as coisas se componham entre eles. Gui também duvida que o irmão fique com Inês ou com Júlia.

Júlia, acompanhada por Carminho e Jorge, folheia a Blondie, enquanto fala ao telefone com Mariana, elogiando a filha pela produção fotográfica que fez. Os amigos são da mesma opinião e Jorge confirma que Artur ficou muito satisfeito com aquele número. Júlia desabafa que ele podia tê-la avisado e, incentivada por Jorge, decide que lhe vai ligar para agradecer o que fez por Mariana. Carminho acha que Júlia vai transmitir os sinais errados a Artur e “pega-se” meio a sério, meio a brincar com Jorge, porque o companheiro lhe diz para deixar que Júlia faça as coisas como quer.

Hugo mostra a Raquel o projecto que tem para a reinserção de ex-reclusos. Ela analisa o documento e parece agradada com o que vê. Hugo conta que, embora estivesse longe, acompanhou a tragédia que se abateu sobre a família com o desastre que vitimou Zé Maria e Emília. Raquel recorda o passado e reconhece que depois de ter chegado a odiar o ex-marido, agora eram de novo amigos. Hugo assegura que não lhe desejava a morte, embora ele lhe tenha dado um tiro. Raquel dúvida desta sinceridade, mas Hugo garante que é genuína. Prosseguindo no seu tom amigável, Hugo oferece-se para a acompanhar às consultas ou aos tratamentos ao cancro se tiver de os fazer e se confirmem as piores suspeitas. Raquel garante que não está sozinha e que não é pessoa de se vitimizar, fazendo o que tiver de ser feito. Muda de assunto e dispõe-se a marcar com a amiga investidora uma reunião para o dia seguinte.

Áurea oferece chocolates a Luísa e a amiga diz logo que aquilo lhe desce logo para as ancas. Sem se deter, desafia Áurea para saírem uma noite dessas e ela responde que tem de conferir o que tem para fazer com Lourenço, vincando que já não está sozinha. Subitamente, Áurea recebe uma chamada e não reconhece o número. Quando atende, percebe que é Inês quem está do outro lado e fica surpreendida quando a filha lhe diz onde está.

Duarte estranha que Inês não lhe atenda o telefone mas Gui afirma que ele não pode esperar esse comportamento da mulher, uma vez que dormiu fora. Duarte convida Gui para almoçar mas o irmão lembra que vai almoçar com Teresa e adivinha que a mãe deve querer que o aconselhe a portar-se bem com Inês. Duarte reconhece que isso seria típico da mãe e dá graças a Deus que ela não o tenha convidado, já que é tão próxima de Inês. Como tem de ir preparar uma viajem para um cliente, confessa que gostava de planear para si uma grande viagem. Gui oferece-se para ir com ele, desde que não estejam mais do que um mês fora.

Mariana adora ver a sua produção fotográfica na Blondie, lamentando que o pai não esteja vivo para testemunhar o seu sucesso. Ao saber que Júlia vai ter com Raquel para a acompanhar na consulta onde vai ficar a saber se tem ou não cancro da mama, Mariana quer ir com a mãe. No entanto, Júlia trava-lhe o impulso e lembra-lhe que já faltou às aulas durante uma semana. A filha aceita saber o resultado dos exames da tia, mais tarde. Carolina acorda e Mariana mostra à filha a revista com as fotos que fez.

Durante o almoço, Teresa começa a convencer Gui que têm de retirar a guarda de Carolina a Mariana. O filho sorri com ironia e dispara que já estava à espera que o almoço não seria inocente e que o que a mãe quer, no fundo, é gerir a herança que Zé Maria deixou à sua filha. Teresa faz-se de ofendida e argumenta que a neta está melhor com ela, do que com uma adolescente que não sabe o que custa o dinheiro. Gui fica sem resposta.

Áurea, muito preocupada, procura Duarte na agência de viagens e conta que Inês lhe ligou a dizer que estava fora do País e que não estava a brincar quando o avisou. Duarte fica em choque e exclama que ela fugiu para que ele não conheça o filho. (conclusão)[/tab]

[tab title=”Ep. 209″]Duarte não esconde a surpresa e indignação, quando Áurea lhe conta, muito preocupada, que Inês fugiu, levando no ventre o seu filho. A mãe da arquitecta acrescenta que ela lhe ligou de um número desconhecido e que avisou que iria ficar incontactável, usando o telemóvel só para fazer chamadas. Duarte não se conforma com a atitude da mulher, prometendo encontrá-la, pois ninguém pode desaparecer sem deixar rasto.

Teresa não olha a meios para atingir os fins e tenta convencer Gui a lutar novamente pela custódia da filha, considerando que Mariana não tem capacidade para cuidar de Carolina e muito menos de administrar a fortuna que ela herdou. Gui não se mostra muito convencido e diz que a mãe só está a pensar no dinheiro da neta. Bernardo, que até ali se manteve em silêncio, entra na conversa dando razão a Teresa e dispõe-se a dar o apoio jurídico que for necessário. Gui começa a ceder e Teresa pede-lhe que não conte nada a Duarte, porque o irmão está sempre em desacordo com ela.

Duarte liga a Carminho, na tentativa de descobrir alguma pista sobre o paradeiro de Inês. A massagista é apanhada de surpresa pela fuga da sobrinha e confessa que já tinha tentado falar com ela, esbarrando sempre no telefone desligado. Carminho fica muito preocupada.

Artur e Jorge conversam sobre o sucesso que a Blondie está a ter em Portugal e concordam que a produção fotográfica de Mariana ajudou a aumentar as vendas. Artur pergunta se Júlia chegou a receber a revista e Jorge confirma que sim e que ela ficou maravilhada com as fotos da filha. Ao conferir que não recebeu qualquer chamada de Júlia, Artur sorri e promete ligar-lhe se ela não o fizer. Jorge também sorri, abanando a cabeça.

Raquel, muito fragilizada, conta a Júlia que o tumor que lhe extraíram do peito era maligno e que vai ter de fazer radioterapia. A irmã encoraja-a a encarar o tratamento com a fé de que vai se vai curar mas Raquel não está tão optimista, convencida de que está a pagar por todo o mal que fez. Júlia troca um abraço emocionado com a irmã.

Sónia fica desconfiada com o desinteresse que Miguel revela, agora que ela está a aprender as danças eróticas com Cátia. A prima chega nesse instante e conta que conseguiu que o dono do clube onde actua as deixe ensaiar no espaço. Sónia fica eufórica e Cátia aproveita para comprometer Miguel, dizendo que ele seria o espectador ideal e que tem ar de quem já assistiu a muitos espectáculos de striptease. Miguel fica desagradado com a conversa e diz que não acha bem que ela esteja a desviar a prima para esse tipo de danças. Sónia protesta com o namorado e afirma que ele é o principal beneficiado se ela aprender a dançar. Miguel sente que começa a correr perigo e vai embora. Sónia desconfia das palavras que ele trocou com Cátia e diz à prima que escusava de o provocar.

Isabel e Urbano contam a Nicole que estão esperançados que o processo para adoptarem uma criança se conclua rapidamente, uma vez que não colocaram qualquer condição. A manicura oferece-se para dar as melhores referências de Isabel, se as assistentes sociais assim o desejarem.

Miguel aparece na loja de Luísa e começa a seduzi-la, argumentando que ela tem de deixar para trás a tristeza pela morte de Emília. A decoradora concorda e confessa que até está com calor depois de Miguel dizer que lhe apetece beijá-la com sofreguidão.

Bruno estranha o ar ansioso com que Áurea anda na sala, de um lado para o outro. A mãe esconde-lhe que Inês desapareceu para parte incerta e, para não aprofundar a conversa, é salva pela chegada de Lourenço. O namorado diz a Bruno que vá prepara a consola, que ele já vai ter com ele para jogarem. A sós com Áurea, Lourenço esforça-se por tranquilizá-la, convencido de que Inês está a tentar pressionar o marido e que, se calhar, nem saiu de Lisboa. Áurea confessa que não está preparada para perder a filha para sempre, mas muda de assunto e pede a Lourenço se pode arranjar emprego a Sebastião, no navio onde trabalha. Lourenço compromete-se a falar com o comandante e ela agradece.

Sebastião queixa-se a Vera de que está muito cansado por ter andado o dia todo a recolher tabuleiros nos restaurantes do shoping. O rapaz mostra-se incomodado por ficar a dever um favor a Lourenço se este lhe arranjar trabalho no navio. Vera adivinha que deve ser divertido trabalhar num navio, mas reconhece que, no caso de Áurea, ela sofre com as saudades quando Lourenço embarca. Sebastião começa a falar num tom mais doce e pergunta se ela ficaria afectada com a sua ausência. Vera responde que não, porque o que interessa é que ele arranje trabalho. Sebastião fica desiludido.

Ester desabafa com Amélia e diz que Inês não pode estar boa da cabeça por ter desaparecido, calculando que o casamento de Inês deve estar mesmo a correr muito mal para ela ter tomado tal atitude. A empregada comenta que os jovens de hoje não são capazes de fazerem quaisquer sacrifícios. Paulo regressa da escola e conta que veio a pé. Alberto entra em casa todo satisfeito e surpreende a mulher, a empregada e o miúdo, vestido como traje académico que foi comprar para tocar na tuna. Amélia, em tom de provocação, pergunta que instrumento ele vai tocar. Alberto saca de uma harmónica e começa a tocar de maneira descontrolada. Todos fazem uma careta, num claro sinal de desagrado. Ester diz de seguida ao marido que tem péssimas novidades sobre Inês.

Gui conforta Duarte e mostra-se convencido que Inês está a fingir que desapareceu só para o por com a cabeça no sítio. O irmão, não está convencido de que a mulher esteja a fazer bluff e muda de assunto, perguntando a Gui como correu o almoço em casa da mãe. Gui esconde que Teresa lhe pediu para requerer outra vez a custódia da filha, retirando Carolina a Mariana.

Nonô elogia as fotos de Mariana e mete-se com ela, dizendo que agora vão “chover” namorados. Mariana responde à provocação, convicta de que não pode pensar apenas em arranjar um namorado, mas também um pai para a filha. Nonô ri e pergunta se ela não acha que o amigo do banco não é giro. Mariana muda de assunto e lembra-se que ainda não tem noticias sobre o resultado dos exames que Raquel foi fazer e telefona para Júlia.

Gui chega a casa com Carolina e conta a Cátia que Inês fugiu de casa. A namorada fica espantada com a novidade. Gui convida Cátia para ir almoçar com ele e Carolina a casa da mãe. Cátia recusa por não querer ser de novo humilhada por Teresa, mas como o namorado insiste, dizendo que foi a mãe que convidou, promete pensar no assunto.

Mariana fica em choque quando Raquel revela que tem cancro e que vai fazer radioterapia. A sobrinha digere a notícia e, tal como Júlia, anima Raquel, confiando que ela vai curar-se.

Teresa convida Duarte para almoçar lá em casa, dizendo que tem uma comunicação a fazer e diz que já tinha ligado a Inês, mas que ela não atendeu. Duarte aceita o convite da mãe mas acrescenta, meio atrapalhado, que Inês não irá com ele, prometendo explicar porquê. Teresa desliga o telefone e desabafa com bernardo que o desentendimento do filho com a mulher está a preocupá-la. O advogado responde que este é um dia muito especial para eles e que gostaria de a ver feliz. Teresa concorda e dá-lhe um beijo.

Áurea conta aos pais que ainda não tem notícias de Inês. Alberto questiona-se sobre o que é que Duarte terá feito de tão grave para a neta desaparecer. Ester defende que, apesar de ser contra o divórcio, seria melhor que Duarte e Inês se separassem.

Gui e Cátia chegam com Carolina a casa de Teresa e esta cumprimenta a namorada do filho com dois beijos, levando depois a neta para o seu quarto. Cátia estranha o comportamento cordial de Teresa e adivinha que ela deve estar a tramar alguma coisa. Gui pede-lhe que não seja desconfiada e desafia-a para um mergulho na piscina.

Tânia, Paulo e Bruno estão preparados para irem apoiar a equipa de Hernâni no torneio de pólo aquático. O segurança começa a dar mostra de algum receio de que a equipa não esteja à altura, mas concorda que agora é tarde para arrependimentos. Sónia e Miguel troçam de Hernâni e chama-lhe gordo. Quando ele se prepara para responder, Cristóvão intervém e pergunta a Miguel quando é que aprende a estar calado. Este não reage e Sónia estranha que o namorado não tenha respondido, ficando muito desconfiada, mesmo depois de ele dizer que não se passou nada com Cristóvão.

Duarte, Gui e Cátia ficam de boca aberta, quando Teresa anuncia que Bernardo a pediu em casamento e ela aceitou. (conclusão)[/tab]

[tab title=”Ep. 210″]

Depois da surpresa inicial, Cátia, Gui e Duarte dão os parabéns a Teresa e Bernardo pelo noivado. Gui brinca com o advogado e diz que terá de lhes prestar contas se a mãe se queixar de alguma coisa. Bernardo promete que nada faltará a Teresa e Duarte diz que só quer que a mãe seja feliz. Lurdes escuta toda a conversa, escondida e sem que ninguém dê por ela. A empregada fica furiosa com o que ouve. Teresa pergunta então a Duarte porque é que Inês não o acompanhou e fica em choque quando o filho lhe conta que ela saiu de casa e que não faz ideia onde se encontra a mulher.

Luísa mostra-se chocada pelo desaparecimento de Inês, perguntando a Áurea se ela não terá ido ter com o pai a Londres. A amiga confirma que já falou com o ex-marido e que ele também não sabe da filha, restando apenas esperar que ela regresse e compreenda que com estas atitudes só faz com que Duarte se afaste mais. Lourenço junta-se às amigas e, quase de imediato, chegam Vera e Sebastião. Este é apresentado a Lourenço, que fica atrapalhado quando o jovem afirma que mandou vários currículos para a empresa de navegação onde ele trabalha, sem ter obtido qualquer resposta. Lourenço insiste em que vai tentar arranjar a Sebastião um trabalho no navio. Luísa vai para a loja de decoração e, quando os jovens também se afastam, Áurea comenta com o namorado que eles fazem um casal bonito, embora não sejam namorados. Lourenço concorda, mas afirma que não um par tão bonito como eles. Áurea fica toda derretida.

Hernâni lidera os Tigres de Odivelas no torneio de pólo aquático. Nas bancadas, Nicole, Tânia, Paulo e Bruno fazem claque. Hernâni esforça-se mas a sua equipa começa a perder, levando-o a fazer inúmeras faltas e a ser admoestado pelo árbitro.

Júlia, Mariana e Raquel conversam, depois de uma sessão no SPA e na manicura. Artur entra nesse instante e Mariana aproveita par lhe agradecer a oportunidade de fazer o seu primeiro trabalho como modelo fotográfico. Júlia desculpa-se por não ter conseguido agradecer-lhe em nome da filha, justificando-se com o excesso de problemas que teve de resolver. Artur atalha os agradecimentos e regista a promessa que Mariana faz de fazer fotos exclusivas para a Blondie, um dia que seja famosa. O jornalista aproveita a oportunidade para convidar as três para almoçar. Raquel e Mariana recusam por já terem compromissos e deixam Júlia numa posição incómoda, forçada a aceitar o convite para almoçar sozinha com Artur.

Carminho confessa as suas preocupações por não ter notícias de Inês. Jorge diz que ela talvez seja bipolar como a mãe, mas Carminho recusa-se a aceitar a ideia de que a sobrinha tenha herdado de Áurea a terrível doença.

Teresa repreende Duarte e responsabiliza-o pelo facto de Inês ter desaparecido de casa. O filho fica incomodado com a conversa e decide ir embora, com o pretexto de ter de trabalhar. Cátia aproveita a deixa para lhe pedir boleia e fica surpreendida pela forma cordial como Teresa se despede dela, lamentando que não fique para o almoço. Enquanto Gui acompanha a namorada à porta, Teresa aproveita para lamentar o ambiente, no dia em que anunciou o seu casamento. Bernardo considera que até correu tudo muito bem e que, até o garantir da guarda de Carolina, é uma questão de tempo. Teresa fica animada e desabafa que apenas se descuidou com Lurdes. Esta vem a descer as escadas e detém-se a ouvir a conversa, cheia de raiva. Bernardo diz abertamente que deve despedir a empregada, se ela a estiver a incomodar, pois mesmo que Lurdes conte que ela matou o marido, ninguém acreditará. Lurdes sobe as escadas de cara fechada e sem dizer palavra.

Cristóvão fala entre dentes, convencido de que arranjou finalmente um papel no cinema à medida de Cátia. Sónia troça e reafirma que a prime não é para o seu bico, revelando que nesse momento ela está na casa da sogra a apanhar banhos de sol, com o namorado que é bonito e rico. Para humilhar ainda mais o rapaz, Sónia dá o seu exemplo com Miguel, frisando que foram feitos um para o outro. Cristóvão contesta e relembra-lhe que foi traída pelo namorado e que até o controla através de um telemóvel com GPS. Sónia defende-se, embora sem grande convicção, dizendo que Miguel apenas teve um devaneio.

Nesse momento, Luísa visita Miguel na loja de lingerie e trocam palavras sedutoras, prometendo encontrar-se em casa dela. Sónia entra nesse instante e Miguel fica atrapalhado. Luísa disfarça na perfeição, fingindo que foi comprar um soutien. Assim que paga sai, enquanto Sónia fica desconfiada e fá-lo sentir ao namorado. Miguel faz-se de vítima e diz que já merecia algum crédito. Sónia pede desculpa e vê-o encaminhar-se para o armazém sem dizer mais nada.

Hernâni é o herói do jogo de pólo aquático, marcando os dois golos que deram a vitória à equipa dos Tigres de Odivelas. Tânia, Bruno e Paulo festejam na bancada. Nicole está mais preocupada em ir fazer o almoço. Hernâni é saudado pelos companheiros de equipa e, tomado por uma grande euforia, começa a dançar à beira da piscina.

Mariana recebe uma chamada do João que a convida para tomar um café, com o pretexto de lhe oferecer os bilhetes de um concerto para bebés, que um cliente lhe deu. Nonô ri e diz que o rapaz está é interessado nela. Mariana retribui com um sorriso e dispõe-se a ver como corre o encontro.

Júlia conversa com Artur e quase revela, sem querer, o estado de saúde de Raquel, pois diz que este não é o momento para se envolverem em mais disputas. Ele fica curioso, mas Júlia consegue disfarçar. Artur brinda à carreira de Mariana e Júlia às pessoas que estão a ajudá-la.

Sara termina a reunião que manteve com Hugo e promete estudar os números que ele lhe forneceu, dizendo mais tarde se o aceita como sócio. Depois de se despedir da amiga, Raquel mostra-se convencida de que ela aceitará trabalhar com ele. Hugo, estranha que Raquel esteja a ajudá-lo, depois de tudo o que ele lhe fez. Ela, matreira, afiança que não esqueceu, mas que está consciente de que foi a ambição a motivar as atitudes que ele tomou. A conversa fica mais íntima e Hugo tenta chegar-se a Raquel no sofá. Ela esquiva-se e convida-o para almoçar lá em casa. Hugo aceita com grande satisfação.

Hernâni fala com paixão do seu desempenho no pólo aquático e como foi decisivo para os Tigres obterem a vitória. Nicole, zangada, manda-o comer em vez de falar. O segurança acusa a reprimenda, mas ainda lembra que no dia seguinte a equipa vai jogar a final do torneio, garantindo que não está cansado, pois tem músculos de betão. Nicole aproveita para o mandar arrumar a cozinha. Paulo diverte-se com a situação, mas causa ciúmes a Bruno, uma vez que Tânia quer ouvir as histórias que o amigo viveu, no Luxemburgo. Paulo fala com entusiasmo para Tânia, deixando-a embevecida. Bruno, começa a ficar desagradado.

João mostra-se muito directo a Mariana e assume que quer surpreendê-la, confessando assim de forma indirecta que está interessado nela. Embora reconheça que isso não é fácil, Mariana fica mesmo impressionada, ao saber que João já ganhou uma medalha olímpica.

Duarte fica perturbado, ao recordar as ameaças que Inês fez e que acabou por consumar, quando saiu de casa.

Mariana não resiste e vai contar a Júlia que João a convidou para um encontro e que gostou muito de falar com ele. Curiosa pergunta à mãe como correu o seu almoço com Artur. Júlia diz que ela e a tia se armam em casamenteiras, mas que não vale a pena, pois ela e Artur já passaram por demasiadas coisas, para que uma relação resulte. Júlia mostra-se mais preocupada com o que Raquel estará a fazer com Hugo.

Raquel faz com que Hugo acredite que ainda pode ter uma hipótese de a reconquistar, alimentando a conversa com grande cumplicidade, recordando os bons tempos que passaram no Dancin’ Days. Quando se despede, Hugo tenta beijá-la na boca, mas Raquel desvia-se subtilmente. Ambos se despedem com um último sorriso. Quando fecha a porta, Raquel suspira de alívio, feliz por pressentir que o seu plano está no bom caminho.

Cátia conta a Sónia que, desta vez, a sogra até foi muito simpática ao recebê-la mas que, mesmo assim, preferia ter ido passear com Gui e Carolina, em vez de ficar na piscina da mansão.

Teresa surpreende Gui ao mostrar-se favorável a que ele case com Cátia, uma vez que quer continuar com ela. Carolina começa a chorar e Teresa impede que Lurdes vá ver a criança, preferindo ser ela a tratar do assunto. Lurdes fica sozinha com Gui na sala e vai sussurrar-lhe ao ouvido que sabe como o pai dele morreu e que não foi de ataque cardíaco. Gui fica estupefacto quando Lurdes acusa Teresa de ter morto Francisco. (conclusão)[/tab]

[tab title=”Ep. 211″]

Gui recusa-se acreditar que a mãe assassinou o pai, considerando absurdo o que a empregada acaba de lhe contar. No entanto, Lurdes consegue descrever o crime com tal detalhe e, acrescentando que nele colaborou, que Gui fica inclinado a considerar a hipótese de Teresa ter matado Francisco. Gui vai ter com a mãe ao quarto e fica aterrorizado quando ela, pressionada pela empregada, acaba por confessar que matou o marido. As lágrimas percorrem-lhe o rosto, ao mesmo tempo que conta toda a verdade ao filho, explicando que foi forçada a acabar com a vida de Francisco, porque ele planeava fazer-lhe o mesmo. Gui duvida que o pai tivesse tal inatenção, mas acaba por convencer-se quando a mãe lhe conta que ele lhe trocou os comprimidos da tensão e que foi por essa razão que foi parar ao hospital, não morrendo por acaso.

Mariana conta a Júlia que vai jantar fora com umas colegas do externato, aproveitando o facto de Gui estar de fim-de-semana com Carolina. A rapariga elogia o ex-marido que tem melhorado bastante a cuidar da filha e também se mostra convencida de que a sogra dá uma ajuda grande, pois gosta genuinamente dos filhos e da neta.

Gui pede para ficar sozinho e Teresa suplica-lhe que não conte a Duarte que ela matou Francisco. O filho mais novo responde que não pode prometer tal coisa, mas Teresa deixa o quarto a garantir que ele e o irmão são o mais importante que tem na vida. Gui apenas garante que não a denunciará à polícia, pois já perdeu o pai e não quer perder também a mãe.

Teresa desce à sala e, furiosa, chama por Lurdes. A empregada tenta demonstrar segurança, mas surge nervosa. Teresa confronta-a por tê-la denunciado a Gui e Lurdes, com uma postura altiva, contra-ataca dizendo que se ela pensar em despedi-la, contará também a Duarte. Teresa ainda tenta proibir a empregada de voltar a falar com Gui do assunto, mas ela pergunta com ironia, se Teresa também tenciona matá-la, como fez com o marido.

Duarte, em desespero de causa procura notícias de Inês em casa de Carminho e Jorge. No entanto, continua frustrado pois o telemóvel da mulher permanece desligado, mesmo para a tia. Carminho acaba por confessar que Inês tinha, nos últimos tempos, um comportamento estranho. Duarte tenta aliviar a culpa que sente, pela fuga da mulher.

Júlia satisfaz a curiosidade de Raquel e conta que o seu almoço com Artur foi apenas um almoço e nada mais. Já Raquel conta à irmã que Hugo a tentou beijar, mas que ela conseguiu esquivar-se. Júlia reafirma que está preocupada com os riscos que ela está a correr, mas Raquel assegura que o seu plano está a correr bem e que tem Hugo sob controlo.

Jorge comenta com Carminho que Duarte está arrasado e ambos concordam que, desta vez, Inês se excedeu, restando apenas que ela volte a contactar com alguém. Jorge mostra-se ansioso para saber pai, mas Carminho desabafa que gosta de ter o bebé dentro de si. Jorge brinca e pede-lhe que não seja egoísta.

Gui brinca com Carolina, quando Mariana lhe liga a certificar-se de que está tudo bem com a filha. Cátia entra em casa no momento em que Gui se despede de Mariana e Cátia brinca com ele, comentando que ele está muito carinhoso com a ex-mulher. Gui não reage à brincadeira e a namorada acha estranho. Pergunta-lhe de seguida se a mãe comentou alguma coisa sobre ela mas Gui, que continua meio alheado, reafirma que Teresa está noutra onda. Cátia concorda que a sogra mudou radicalmente a forma de a tratar, e retira-se para tomar banho. Gui permanece distante e muito angustiado.

Teresa respira de alívio quando, finalmente, Bernardo lhe atende o telefone. Diz de imediato que não está bem e que precisa de falar com ele urgentemente, mas que não pode ser pelo telefone. O advogado promete regressar na manhã seguinte da quinta onde está e Teresa recomenda-lhe que vá directamente ter com ela. Lurdes espera que a patroa desligue o telefone e, sonsa, pergunta se pode servir o jantar. Teresa trata-a com uma frieza glaciar e diz que não quer jantar. Lurdes retira-se, aparentemente segura de si. Teresa esforça-se por conter a raiva que tem acumulado.

Lourenço oferece gelado a Bruno mas, surpreendentemente ele recusa. Áurea estranha que o filho esteja tão pouco falador, depois de ter saído de casa tão entusiasmado por ir ver o jogo de pólo aquático da equipa de Hernâni. Áurea pergunta se ele se zangou com a namorada e Bruno diz que ela está a ser chata. Áurea repreende-o mas permite que o miúdo vá para o seu quarto, ao mesmo tempo que troca um olhar de preocupação com Lourenço.

Hernâni fica contrariado pelo facto de Nicole não poder assistir à final do torneio de pólo aquático, mas satisfeito porque Tânia pretende ir ao jogo com Bruno e Paulo. O segurança gaba o valor dos Tigres de Odivelas, comparando a sua equipa aos tigres da Malásia. Hernâni acaba de abrir caminho à chacota de Tânia e Nicole, que se divertem com ele, a tal ponto, que quase conseguem que prometa comer a sua tanga, caso perca o jogo.

Paulo reclama o computador que Alberto teima em não largar. Amélia provoca-o, adivinhando que a estudar é que não está. Alberto usa linguagem jovem, para dizer que está a teclar com uma colega. Vera diverte-se com a situação. A empregada insiste que ele pensa que tem vinte anos e a troça vai ao rubro, quando Alberto informa que está a ver um vídeo com gatinhos a trepar. Amélia pergunta ao patrão se ele acha que uma miúda daquela idade quer alguma coisa com ele, insinuando que tal só seria possível se ele fosse rico. Alberto amua e vai embora, enquanto Ester diz que era escusado Amélia provocá-lo assim, assumindo que o facto de o marido falar com miúdas não lhe faz diferença. Ester revela que está é preocupada por Inês ainda não ter dado notícias, pedindo a Deus que proteja a neta.

Duarte sofre com a fuga de Inês e não resiste ao impulso de ligar a Júlia. Esta está no Dancin’ Days com Raquel e pensa em não atender a chamada. No entanto acaba por fazê-lo, mas é Duarte que desliga sem se quer falar e recriminando-se por ter telefonado. Raquel pergunta à irmã quem era mas ela disfarça dizendo que se tratava de uma amiga que devia ter o telefone na mala e ligou sem querer. Raquel é convidada a ir para casa descansar mas argumenta que prefere trabalhar e divertir-se antes de começar o tratamento de radioterapia. Júlia concorda, mas sai apreensiva com a irmã do escritório da discoteca.

Cátia conversa com Gui mas ele quase não lhe presta atenção. Ela percebe que o namorado não a está a ouvir e chama a sua atenção, reafirmando que ele veio muito estranho de casa da mãe. Gui disfarça e Cátia repara, embora não insista para saber o que realmente se passou. Cátia sai para o clube de striptease, enquanto fica a tomar conta de Carolina que já adormeceu, ele próprio também cansado.

Hernâni fica impaciente porque Paulo e Bruno nunca mais chegam para irem assistir à final do torneio de pólo aquático. Tânia responde ao pai que se ele tivesse amigas, nem sequer o iam ver. Hernâni defende que as mulheres até gostam mais por verem os corpos molhados. Nicole manda-o calar. Os rapazes tocam à campainha e Hernâni quase as expulsa de casa, apressado.

Ester recomenda a Amélia que não carregue a comida de sal, mas a empregada protesta. Ester confessa que está nervosa com a fuga de Inês. Alberto despede-se, dizendo que tem ensaio da tuna. Amélia pergunta porque é que não ensaia pela internet. O patrão manda-a cozer a boca. Vera diz que não almoça porque tem reunião dos narcóticos anónimos e que depois vai almoçar com Mariana. Ester afirma que o importante é que ela esteja animada. Amélia concorda que até para Alberto é melhor andar entretido com as actividades extra-curriculares, pois assim não se mete em negócios.

Mariana confessa que João a impressionou com a revelação de que ganhou uma medalha olímpica. Nonô brinca com a amiga dizendo que o amor surge quando menos se espera. Mariana contesta e assegura que apenas achou graça ao rapaz mas que não quer nada sério com ninguém nesta altura.

Júlia vai ter com Carminho para perceber porque é que Duarte lhe ligou, perdendo a coragem para falar quando ela atendeu. É surpreendida quando a amiga lhe conta que Inês fugiu sem deixar rasto.

Artur conta a Jorge como correu o almoço com Júlia e confessa que quando está com ela, parece um miúdo apaixonado. Depois conta a discussão que teve com o anterior chefe de redacção e a ameaça que ele fez de incendiar a revista, depois de se despedir. Jorge comenta que Carlos ficava intratável depois do almoço, devido à bebida. Artur confirma que só percebeu isso depois de o ter contratado. Mudando de assunto tenta perceber se Júlia e Duarte já encerraram de vez a sua história de amor, mas fica desiludido porque Jorge responde que com eles nunca se sabe.

Gui pede desculpa a Cátia por não a levar ao shoping, mas tem de ficar com Duarte que passou a noite em branco e precisa de desabafar. Cátia afirma compreender a situação e vai embora. Duarte conta que, por impulso, telefonou a Júlia, mas que acabou por perder a coragem de falar, desligando de seguida. Mostra-se desesperado por não saber nada de Inês, mas Gui acha que ela não pode esconder-se para sempre. Quando Duarte pergunta se houve mais alguma surpresa em casa da mãe, Gui esconde que ficou a saber que ela matou o pai.

Teresa conta a Bernardo que Lurdes a denunciou, contando a Gui que ela matou Francisco. O advogado não esconde a raiva pelo sucedido e reconhece que subestimaram a empregada. Com grande frieza, Bernardo deixa Teresa perplexa ao assumir que têm de livrar-se de Lurdes em definitivo, matando-a. (conclusão)[/tab]

[/tabs]

Categorias
Televisão

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários