Digital

WhatsApp ultrapassa o Twitter

A aplicação de mensagens multi-plataforma WhatsApp ultrapassou o Twitter. Quem o diz é um dos seus fundadores, Jan Koum (juntamente com Brian Acton, ambos veteranos da Yahoo).

Para esta declaração suspeita fazem-se valer os insuspeitos dados de todas as plataformas móveis disponíveis. O WhatsApp lidera a lista das lojas de aplicações de quase todos os países, passando por este serviço 20 mil milhões de mensagens por dia. Para além do mais, com estas informações deduz-se, já que Koum nunca apresenta valores concretos, que o WhatsApp já ultrapassou os 200 milhões de utilizadores, visto ser esse o valor de utilizadores do Twitter. Qual o segredo para sobreviver num mercado saturado por Skypes, Facebooks, Googles, para além de concorrentes diretos como Viber, Line, Kik, BBM, iMessages, entre muitos outros? A resposta está no domínio dos smartphones a nível mundial.  “Vamos viver num mundo onde toda a gente terá um smartphone“, afirma Koum. “Quando isso acontecer será extremamente fácil rentabilizar.”

Para além do orgulho presente no domínio que o WhatsApp atingiu no panorama do chat online, os fundadores orgulham-se de apresentarem um serviço livre de publicidade. “Quem é que gosta de publicidade? Somos bombardeados com publicidade em todo o lado e não queremos isso nos smartphones, que estão intimamente ligados às nossas vidas. Não queremos que a publicidade nos interrompa quando estamos a falar com as pessoas de quem gostamos”, diz Koum, à margem da sua participação na conferência “Dive Into Mobile”.

Categorias
DigitalRedes Sociais

Comentários