Resumos de Novelas

“Mundo ao Contrário”: resumos de 19 de maio a 4 de abril

[tabs class=””]

[tab title=”Ep. 12″]Catarina e Rodrigo vêm da mercearia e encontram Nucha em discussão com um funcionário das águas. O funcionário quer-lhe cortar a água, pois diz que ela não pagou a conta, mas Nucha garante que pagou e simplesmente não consegue encontrar o talão. Disposta a ajudar, Catarina pega na conta e vai ao palacete. Pelo computador, entra no sistema informático das águas e confirma que Nucha fez o pagamento, mas ainda não está disponível para visualização. Sem pensar duas vezes, Catarina torna-o visível e corre para junto de Nucha e do funcionário das águas. Antes de sair, a informática pede a Rodrigo que não conte a ninguém o que ela fez.

Micael entra na loja nos frangos particularmente feliz e Simão nota. O pai confronta-o com o facto de ele ter acabado o namoro com Lara e ele ter sabido por Constança, mas Micael defende-se dizendo que sempre que ele conta alguma coisa da sua vida, gerando comentários lá em casa. Simão entende a posição do filho e pergunta-lhe se ele está interessado noutra pessoa, ao que ele responde que ainda é cedo para falar do assunto. No entanto, Simão alerta-o para o facto de Lara estar a sofrer muito com o que se passou.

É o primeiro dia de trabalho de Constança no Don Pellegrino e ela mostra-se empenhada em fazer tudo bem. Gilberto mantem-se distante, mas fica admirado com a postura humilde dela. Paula continua a pôr o seu plano em marcha e reserva uma mesa para Pedro ir almoçar. Ao chegar ao restaurante, Paula adota uma postura cínica e apresenta Pedro à nova Relações Públicas do restaurante. Pedro finge-se muito admirado por ver ali Constança e ela, a todo o custo, tenta manter-se profissional. Clara tenta acalmar Constança e diz-lhe que têm de enfrentar aquela situação de cabeça erguida. Constança pede a Paula que atenda Pedro e esta aproveita para libertar o seu veneno. Gilberto acalma a situação e diz que ele próprio o atenderá. Pedro pede a Gilberto que despeça a mulher. No entanto, o gerente do restaurante afirma que não pode comprar uma guerra com o pai naquele momento e que é apenas o primeiro dia de trabalho dela. Assim, Pedro levanta-se e vai embora, afirmando que não é confortável para ele estar a almoçar num sítio que lhe lembra que a mulher abandonou a casa e a filha. Já fora do restaurante, Pedro propõe a Paula que se unam para tirar Constança do restaurante.

Pedro está preocupado com Lara e tem motivos para isso. A rapariga passou mal a noite, sem conseguir dormir, não come e começa a dar sinais de estar seriamente perturbada. Lara envia mensagens sucessivamente a Micael, ainda que este não responda. Saturado de tantas mensagens contraditórias, Micael liga a Lara e pede-lhe que pare com aquilo, deixando-a ainda mais perturbada.

Sheila vai tomar café e encontra Toni e César. Toni convida-a para sair mais logo, mas ela mostra algum desprezo por ele. Rodrigo entra no café e ela derrete-se em simpatias com ele, deixando Toni muito ciumento. Assim que ela sai, Toni atira-se a Rodrigo ameaçando-o e só para quando César manda.

Rodrigo passa na loja de frangos para falar com Micael que se mostra defensivo. Quando Rodrigo lhe pergunta o que se passa, Micael diz-lhe que Lara está desequilibrada e que teve de desligar o telemóvel para se defender dela. Preocupado, Rodrigo avisa Constança, mas ela não pode faltar ao trabalho. Assim, pede a Catarina que vá com Rodrigo a casa de Lara tentar acalmá-la.

O facto de Constança trabalhar no Don Pellegrino não beneficia nem Pedro nem Paula. O empresário expõe esta situação e pede a Paula que ela comprove a Valentino que Constança não tem qualificações necessários para aquele trabalho.

É a festa de aniversário de Sarita. Patrícia e Adelaide preparam-lhe uma grande festa do pijama com tudo a que a menina tem direito, bolos, batatas fritas, frangos. No entanto, tanto a mãe como a avó estão apreensivas, já que têm medo que os colegas da aniversariante não apareçam.

Rodrigo e Catarina vão a casa dos Malta e deparam-se com uma nervosa Lara. Marisa afirma que conseguiu tirar-lhe o telemóvel e o telefone fixo, mas que ela ainda não arredou pé do computador. Rodrigo tenta acalmar a irmã que está completamente descontrolada. Ao ouvir a voz de Catarina, Lara reage e pergunta se foi ela que lhe roubou Micael.

Personagem Nucha – atriz Maria D’Aires [/tab]

[tab title=”Ep. 13″]Lara diz a Catarina que perguntou a todas as amigas de Micael no facebook se tinham sido elas a roubá-lo e Catarina fica impressionada. Lara diz que assim que descobrir quem foi, lhe vai arrancar os cabelos todos, mas a tia tenta explicar-lhe que isso não resolve nada. Rodrigo regressa ao quarto com um calmante que obriga Lara a tomar.

Pedro chega a casa e dá de caras com Catarina que conversava com Marisa sobre o estado de Lara. Pedro fica furioso ao perceber que Constança não está presente e a irmã tenta defendê-la. Rodrigo e Catarina aconselham Pedro a levar Lara a uma consulta psiquiátrica, pois aquele descontrolo não é normal. No entanto, o empresário despreza as opiniões deles e diz que a filha não é fraca.

Ao regressar a casa da loja de frangos, Patrícia encontra João pelo caminho, que tem vestido o fato-macaco da oficina e lhe conta que começou lá a trabalhar. A cumplicidade entre os dois é inegável, mas a cabeleireira fica reticente ao saber que João está a trabalhar para César e aconselha-o a não ficar muito dependente dele. Patrícia fica ansiosa quando chega a casa e percebe que está apenas um amigo de Sarita na festa. Nucha leva Beto à festa e comenta com Patrícia e Adelaide que as festas do filho nunca têm ninguém porque o pai está preso.

Maria chega ao palacete e encontra Salomé extremamente deprimida. Maria tenta falar com a mãe e perceber o que se passa. A mãe confessa-lhe que não está a saber lidar com tudo o que se passou na vida deles e Maria tenta dar-lhe esperança, dizendo que eles vão dar a volta por cima e vai ficar tudo bem. No entanto, Salomé não tem a força da filha e não consegue acreditar no que ela lhe diz, sentindo-se cada vez mais triste. Maria comenta com o pai que tem medo que Salomé esteja com uma depressão profunda.

Micael espera Catarina à porta do palacete. Quando ela chega, ele sorri-lhe e diz que precisava de a ver. Mas a rapariga não corresponde e diz que ele não devia ter mudado a vida toda só por causa de um beijo que não significou nada para ela. Micael responde, afirmando que sabe que ela também sentiu o mesmo que ele e que eles pertencem um ao outro. No entanto, Catarina está muito perturbada pelo estado em que viu a sobrinha e rejeita-o.

Pedro conversa com Lara que mantém a atitude mimada. Embora Lara diga que gosta de Micael e quer voltar para ele, Pedro corta a conversa afirmando que eles têm um nome a manter e que ela não vai voltar a ver o herdeiro da churrasqueira.

Sarita fica triste ao perceber que não vai mais ninguém à sua festa. Patrícia tenta anima-la, dizendo que dois amigos é bom e, além disso, nas festas, há sempre pessoas que não podem ir. Mas Sarita confirma as suspeitas da mãe dizendo que algumas amigas lhe disseram que não iam porque o pai dela está preso. Patrícia releva o assunto e tenta foca-la nas coisas boas da festa, animando, assim a aniversariante. Mais tarde, surge Tavares, advogado de Viana, que leva uma prenda do pai para Sarita. A menina fica em êxtase quando percebe que a prende é um tablet que era mesmo o que ela queria. Patrícia fica reticente quanto a aceitar a prenda, mas, perante a pressão dos amigos da filha, aceita.

Maldosa, Paula explica rapidamente a Constança como funciona o programa informático das reservas e percebe que essa é uma fraqueza dela. Constança fica cheia de dúvidas e acaba por se enganar numas reservas importantes. No entanto, para irritação de Paula, Gilberto explica tudo com calma a Constança, sendo compreensivo. Mas Paula está determinada em atrapalhar o trabalho de Constança e assim que ela vira costas, Paula apaga todas as marcações que Constança tinha inserido no programa.

Constança vai à sua antiga casa para ver como está a filha. Ao entrar em casa, Pedro pede-lhe que devolva a chave, pois não quer que ela entre lá em casa sempre que lhe apetecer. Constança fica muito nervosa e enfrenta-o, dizendo-lhe que ele pode até pintar o nome dele nas paredes, mas aquela casa será sempre da família dela e ela ainda vai regressar. [/tab]

[tab title=”Ep. 14″]Constança mostra-se forte perante Pedro e devolve-lhe as chaves de casa, deixando-o melindrado. Constança vai ao quarto de Lara onde a encontra meio a dormir. Lara fica feliz por ver a mãe e procura nela conforto.

João e Catarina encontram-se durante a noite na cozinha, ambos vítimas de insónias. João confessa à irmã que está muito preocupado com Salomé que talvez precise da ajuda dela. No dia seguinte, Catarina, João e Maria conversam com Salomé sobre a possibilidade de ela ir ao médico ver se não estará com uma depressão. Salomé fica furiosa com a insinuação e diz-lhes que o que eles deviam fazer era cair em cima de Pedro com os advogados. Mais tarde, Catarina conversa com João e diz concordar com Salomé. Eles têm de arranjar uma estratégia para tirarem poder a Pedro.

Patrícia aproveita que Adelaide fica a tomar conta de Sarita e dos amigos e vai ter com Tavares. Patrícia descobre que Viana tem uma conta no Luxemburgo com uma pequena fortuna. Assim, os seus serviços enquanto advogado estão assegurados. Tavares oferece uma mensalidade a Patrícia para cobrir as despesas de Sarita, mas ela recusa, dizendo que a única ajuda que precisa é com a técnica da proteção de menores. O advogado descansa-a negando haver motivos para tirarem Sarita de casa.

Constança acorda e conversa com Lara sobre o fim do namoro dela com Micael. Constança diz-lhe que ela tem de ultrapassar a situação, mas Lara recusa-se e diz que sem ele não quer viver. Constança fala com Pedro, que, no fundo, tem esperança que a mulher ceda e queira ficar com ele. No entanto, o assunto que Constança quer falar com o marido diz unicamente respeito a Lara. Pedro fica surpreendido quando a mulher lhe diz que acha que Lara devia ser consultada por um psiquiatra. Pedro acredita que Lara está apenas a exagerar quando diz que já pensou em matar-se, mas Constança fica muito perturbada e chora. O marido abraça-a e aproveita para lhe dar um beijo. Constança solta-se do abraço e dá-lhe um estalo. Pedro e Constança discutem, sendo interrompidos por Lara que está muito alterada.

Micael vai ao palacete tentar falar com Catarina, mas esta mostra-se relutante em deixa-lo entrar. Por fim, perante a insistência dele, Catarina deixa-o entrar. Firme, o rapaz diz-lhe que sabe que ela o está a tentar afastar por causa de Lara, mas não vai permitir isso. Catarina tenta escapar-se à conversa, mas Micael puxa-a para si e beija-a. Catarina não consegue resistir ao beijo. Catarina afasta Micael e diz-lhe que não podem fazer aquilo a Lara. Micael diz que não consegue ignorar o que sente por ela. Nesse momento, entra Salomé que se apercebe do clima entre os dois. Depois de Micael sair, Salomé critica Catarina por ter roubado o namorado à sobrinha.

Simão empilha embalagens quando Micael entra na loja pensativo. Micael não está minimamente preocupado com Lara e isso deixa Simão muito apreensivo.

Amélia vai à empresa falar com Pedro e dizer que têm de resolver a situação entre Lara e Micael, visto que isso está a afetar os planos dela de assumir o relacionamento com Pedro. Mas ele dá-lhe para trás e diz que Constança está a dormir lá em casa. Amélia fica contrariada, mas Pedro consegue seduzi-la e fazer com que ela pare de falar de assuntos chatos.

Lara liga para a churrasqueira e encomenda dez frangos, exigindo que seja Micael a levá-los. Ao ver a morada, Micael recusa-se a levar os frangos e Simão passa a encomenda para outra loja. Micael fica incomodado com as armas que a ex-namorada está a usar para o reconquistar. Ao ver que não é Micael quem leva os frangos, Lara fica furiosa.

O plano de Gilberto e César para tramar o jogador de futebol com as fotografias que lhe tiraram com Tatiana, não está a resultar. Chiquinho regressa ao Don Pellegrino e age como se nada fosse, levando Gilberto a pensar que Maneca não lhe enviou as fotografias. Maneca vai ao restaurante ter com Paula e confirma que enviou tudo, reforça ainda que lhe vai dar mais um “apertão”. Quando Chiquinho sai do restaurante, tem uma das suas fotografias com Tatiana no espelho do carro. O jogador de futebol rasga a fotografia e não lhe dá importância. Maneca observa tudo, preocupado.[/tab]

[tab title=”Ep. 15″]Maneca liga a César, que estava envolvido com Mena, dizendo que Chiquinho não ligou nada às fotografias. Maneca receia que Gilberto se recuse a pagar o trabalho. César combina encontrar-se com Maneca e tenta despachar Mena. No entanto, quando se estão a vestir, Cila toca à campainha e chama pelo namorado. Cila entra em casa ainda a tempo de ouvir o riso de Mena que foge para o interior da casa e pergunta a César quem é que está lá em casa.

Lara faz uma birra perante o almoço. Marisa tenta fazê-la comer frango com arroz, visto que tem lá frango para dar e vender. Lara recusa-se a comer, dizendo que só quer Micael de volta e pede à empregada que não conte nada ao pai. Nesse momento, são surpreendidas por uma visita de Saul. Saul mostra todo o seu apoio, dizendo a Lara que Micael não a merece e que ela devia tentar ser feliz. Lara pede-lhe que vigie o irmão de forma a tentar descobrir quem é a outra rapariga com quem ele anda envolvido.

Para desviar a atenção de Cila, César leva-a para o café onde combinou encontrar-se com Maneca. Nando faz um comentário acerca de Maneca que César não gosta e os ânimos exaltam-se. Enquanto isso, Mena está presa em casa de César e a pensar em maneiras de sair. Maneca encontra-se com César no café e pensam em maneiras alternativas de pressionar Chiquinho.

Assim que Constança chega a casa, Catarina e João propõem-lhe arranjarem um advogado para se tentarem defender de tudo o que Pedro lhes fez. João sente que Maria foi preterida relativamente aos primos e que Pedro devia apodrecer na cadeia. Constança concorda com os irmãos e combinam contactar um advogado amigo da família.

César vai ao Don Pellegrino falar com Gilberto. Ao vê-lo, Paula vai falar com ele e diz que não tem nenhuma mesa disponível, mas a postura agressiva de César intimida-a e ela vê-se obrigada a acomoda-lo no restaurante enquanto vai chamar Gilberto. Gilberto aproxima-se de César, muito nervoso e pede-lhe que vá embora. Discretamente, César revela a arma que traz consigo e domina o gerente. César diz-lhe que não tem culpa que Chiquinho não se sinta intimidado com as fotografias e que Gilberto não se pode descartar da situação.

Graciete apanha Mena trancada em casa e percebe o que se passou. Sob uma aparente tranquilidade, Graciete oferece chá à rapariga e pede-lhe que se mantenha afastada de César. Mena fica nervosa, mas Graciete explica-lhe que César tem namorada e se Cila descobre, pode arranjar problemas para o lado dele. Mena acaba por concordar.

Valentino pergunta a Paula como é que Constança se está a safar no restaurante e Paula dá-lhe más notícias. Paula conta ao patrão que Constança tem sido incompetente nas marcações e que, por não conhecer alguns dos clientes, mete os pés pelas mãos. Valentino fica preocupado.

Lara percebe que Micael a apagou do facebook e fica em pânico. Marisa tenta, pacientemente, acalma-la, mas sem sucesso.

Cila pede a César que vá ter à sua rua depois de fechar o café. Quando o rapaz lá chega, ela abre-lhe a janela do quarto para ele entrar. Os dois envolvem-se. No dia seguinte de manhã, Cila e César dormem profundamente quando são interrompidos por Clara que bate à porta. Cila acorda César, que pega nas suas roupas a correr e sai pela janela, esquecendo-se de uma meia em cima da cama dela. Mas Cila é rápida o suficiente e senta-se em cima da meia, assim que Clara entra no quarto.

Maria e Rodrigo aproveitam a manhã se domingo para darem uma corrida. Ao encontrarem Sarita e os amigos a jogarem à bola, Maria pede para se juntar a eles. Num passe mal calculado, um dos miúdos acerta com a bola em César e cabe a Maria ir recupera-la. César provoca a rapariga que não se deixa ficar. César fica agradado com a atitude dela.

Catarina abre a porta da casa de banho no momento em que Salomé estava a consumir cocaína. Salomé apressa-se a fechar a porta, sem perceber se Catarina viu alguma coisa ou não. Depois de sai da casa de banho, Salomé vai ter com Catarina perguntando-lhe se ela lhe quer dizer alguma coisa.[/tab]

[tab title=”Ep. 16″]Salomé está em pânico, pois acha que Catarina viu alguma coisa. No entanto, Catarina pergunta-lhe se ela tem mais algum sermão para lhe dar sobre Micael. Aliviada, Salomé diz que tem de lhe pedir desculpa, pois não se devia ter metido na vida dela. Catarina fica admirada com a mudança de atitude de Salomé e nota-a muito nervosa e a falar muito rápido.

Vítor surpreende Ivone com uma máquina de café, alegando que assim ela já não tem de ir ao café de Graciete. Mas o efeito que isso tem em Ivone, não é o desejado. A cabeleireira fica penalizada, pois o marido gastou uma fortuna na máquina de café só para ela não conviver com César. Vítor defende-se dizendo que, depois do tiroteio, a situação ficou muito insegura e ele tem medo por ela. Mas Ivone não fica convencida.

Micael e Saul vão ao palacete. Micael sob o pretexto de devolver as roupas a Rodrigo e Saul dizendo que tem algo para entregar a Maria. É Salomé quem abre a porta e fica desconfiada quando Micael lhe pede para chamar Rodrigo. Saul apercebe-se. Rodrigo chega e Micael devolve-lhe a t-shirt, enquanto Saul se dirige para o interior da casa à procura de Maria. Micael pergunta-lhe se Rodrigo teve mais algum problema com Toni e o rapaz nega, dizendo que nunca mais foi ao café. Micael alerta-o para os mafiosos do bairro e avisa-o que eles não estão só no café.

Saul percorre a casa à procura do quarto de Maria e acaba por bater à porta de Catarina que o manda entrar. Insinuante, Saul diz-lhe que Micael está na sala e a rapariga tenta manter a calma. Assim que Saul vai embora, Catarina coloca-se em frente ao espelho a arranjar-se, mas acaba por desistir, trancando a porta do quarto e deixando-se cair na cama.

Saul entrega um CD a uma Maria muito pouco interessada. O rapaz convida-a para ir ao cinema com ele e Lara mas Maria percebe o interesse dele na prima. Maria mostra-se reticente quanto ao convite. Lara liga a Maria a perguntar se ela quer ir às compras com ela. A prima fica surpreendida com o convite, mas aceita. Saul, que ouviu tudo, tenta incluir-se no programa, mas Maria corta a conversa. Saul sorri, achando que Maria está com ciúmes.

Micael confessa a Rodrigo que está apaixonado por Catarina. Rodrigo fica impressionado e prevê grandes dificuldades naquela relação, mas Micael conta-lhe que não há relação nenhuma, pois Catarina não quer assumir nada. Rodrigo mostra-se compreensivo, mas tenta ser imparcial.

Constança tem de estar no seu melhor essa noite. Um jantar de grande prestígio terá lugar no Don Pellegrino, com várias figuras públicas. No entanto, Constança não se consegue desviar dos olhares invejosos de Paula. Paula prepara-se para, mais uma vez, tramar Constança ao trocar um número de telefone importante.

Micael não tem nada para fazer e vai desfrutar da sua folga a trabalhar.

Maria e Lara vão às compras. Lara parece estar mais animada e Maria retrai-se por não poder comprar nada, mas Lara diz-lhe que Pedro a deixou à vontade para comprar o que ela quisesse para a prima. Maria fica surpreendida com a atitude do tio, mas acaba por aceitar. Maria fica mais aliviada quando Lara lhe diz que já aceitou o fim do namoro com Micael, mas fica novamente preocupada quando a prima lhe diz que agora só falta ele aceitar que tem de voltar para ela.

Pedro pede para falar com Maria que se mostra muito reticente. Pedro explica-lhe que tudo o que se passou foi para evitar que a geração do pai dela destruísse tudo o que Aníbal tinha construído, mas que ele não pretende falhar com o que Maria deve receber por direito. Assim, oferece-se para lhe pagar a mensalidade do colégio e dar-lhe uma mesada até ela acabar o curso superior. Maria diz que não quer nada do tio, exceto que ele devolva o protótipo da mota ao pai, mas Pedro diz que isso está fora de questão.

Patrícia leva Sarita a ver o pai. A cumplicidade entre os dois é inegável e ele fica muito feliz por ver a filha. No entanto, Patrícia continua de pé atrás com o marido.

Maneca segue a mulher que Chiquinho e deixa-lhe um envelope com o seu nome no carrinho de bebé. A mulher sente-se intimidada.[/tab]

[/tabs]

Categorias
Resumos de NovelasTelevisão

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários