Destaques

Os bastidores de “Splash!” pelos olhos da Imprensa

Clique aqui para ver as fotografias da estreia de “Splash! Celebridades” no nosso Facebook

A noite foi de estreia e o programa “Splash Celebridades” prometia. Tanto pelo formato inovador como pelos protagonistas dos saltos para a água. Mas os preparativos e as primeiras emoções começaram nos bastidores.

A sala de Imprensa fundia-se com o restaurante onde produção, celebridades e família se juntavam a saborear um jantar madrugador. Ricardo Guedes, Merche Romero, Marco Horácio, Toy e Rita Andrade eram alguns dos nomes que preenchiam a mesa mais perto de nós. O tema não era o nervoso miudinho, que esse parecia apenas dos familiares, mas sim a derrota do Benfica na Taça de Portugal. Filipa Gonçalves, isolada ao pé dos vidros que deixavam ver para o exterior, não dispensava a companhia da mãe. Foi, ao longo das 2h de espera, um elemento “estranho” ao grupo.

Conforme o movimento aumentou, tornava-se óbvio o ataque da Imprensa aos familiares dos muito em breve mergulhadores famosos, na tentativa de conseguir informações privilegiadas. A mãe de Merche Romero, antiga campeã de natação, após primeira tentativa de não comentar, deixou-se embrenhar numa conversa fluída com uma jornalista da Caras. Esta última, de caneta em riste, apontava palavra por palavra no seu bloco de notas. Afinal de contas, há páginas para preencher.

Conforme a “chuva de estrelas” se intensificava, os fotógrafos pediam “aqui, aqui por favor”. Flash atrás de flash, famoso atrás de famoso. Uns cediam, outros (como Merche e Valter Carvalho) mostravam-se incomodados. Toy era o mais descontraído, beijando a mulher de forma arrojada para os jornalistas e terminando com “Querem mais?”.

Na chegada ao “estúdio”, improvisado no recinto das piscinas, era sentido o corre-corre, os retoques de última hora. Os treinos das palmas, os gritos, as faixas, os cânticos, tudo era ensaiado até à exaustão. Do lado esquerdo da bancada da Imprensa, 5 mergulhadores profissionais, com fatos de banho em tons néon que roubavam a atenção, preparavam-se para os mergulhos de abertura assim que o programa entrasse em direto.

“Falta 1 minuto para entrarmos no ar, pessoal”, ouve-se nas colunas do complexo. Sentaram-se os últimos elementos das bancadas da família e alinharam-se claques. Os famosos que iam mergulhar naquela noite começaram a aparecer um por um, juntando-se num sofá em forma de meia-lua, posicionado de frente para as pranchas. O nervosismo era grande mas o apoio e motivação entre o grupo eram inegáveis.

O silencio de cortar à faca no momento do salto de cada concorrente era digno de nota. Até José Castelo Branco teve direito ao seu momento de concentração absoluto depois de atirar para fora da prancha de 5 metros o turbante e os sapatos de salto alto. Raquel Strada, a menos destemida, marcou pontos (fora do júri) com o seu biquini inspirado nas pin-ups. O salto da prancha de 1 metro, embora fraco para a competição, mostrou-se condizente com a sua delicadeza e feminilidade.

Nas pausas entre saltos para a água e VT’s, maquilhadoras retocavam a perfeição de porcelana da apresentadora e dos concorrentes, visto que aparecer alguém no grande ecrã com rímel borrado ou menos blush numa bochecha era fatal… Ou pelo menos assim pensavam.

Jorge Pina, corajoso e destemido, Sónia Brazão num salto limpo e perfeitamente simétrico, José Castelo Branco sendo ele próprio e Pedro Guedes arriscando num mortal e meio dos 7,5 metros carimbaram assim a passagem para a próxima eliminatória.

Categorias
DestaquesTelevisão

Comentários