Resumos de Novelas

“Destinos Cruzados”: resumo de 23 a 27 de Setembro

[tabs class=””]

[tab title=”Ep. 175″]

Teté conversa com Victória, que lhe diz estar muito contente com o escândalo que envolve Jaime e a Diamantes. Teté fica incomodada com a conversa de vingança da amiga e diz-lhe que ela devia desistir desses planos para se vinga da Diamantes e de Érica. Contudo, a conversa é interrompida pela chamada de um jornalista. Victória comenta o escândalo, dizendo que não se choca nada, pois, quando era modelo da Diamantes, também recebeu propostas menos corretas. Teté fica chocada.

Jaime continua reunido com a família e com Vera. Jaime explica que sabia que as raparigas se envolviam com os seus clientes, depois das festas e que era uma maneira de comemorarem os negócios. Beatriz e Lourenço ficam chocados, primeiro por Jaime lhes ter mentido, dizendo que era inocente e depois por incentivar a prostituição. Especialmente Beatriz, que se sente ofendida, enquanto mulher. Lourenço também fica desiludido com o pai, embora seja mais comedido nas críticas. Laura mostra-se disponível para apoiar Jaime naquele momento difícil.

Enquanto Moisés chora o desaparecimento de Guida, a cantora continua raptada. Guida tenta convencer o raptor a falar com ela, mas este recusa-se. Guida diz que se continuar ali, vai acabar por enlouquecer.

A sós, Jaime conta a Vera que, no interrogatório assumiu a culpa total do que se passava naquelas festas, pois não a queria implicar. Vera fica muito sensibilizada, mas afirma que sabe quais sãos as suas responsabilidades e quer ficar ao lado de Jaime. No entanto, este responde que Isadora precisa dela como seu braço direito.

Victória conta a Luciano sobre a entrevista e ele fica furioso, dizendo que ela quer que ele seja despedido. Victória diz que ele só pensa nele e não compreende os seus desejos de vingança para com pessoas que lhe fizeram tanto mal. O jardineiro diz-se saturado, afirmando que qualquer dia sai de casa. Quando Emília lhe liga, Victória afirma que o marido deve andar distraído com Emília, pois ela deve querer recuperar a família que perdeu.

Érica vai a casa de Emília perguntar por Guida, pois ouviu falar no seu desaparecimento. Emília fica muito contente ao ver a filha, mas a rapariga tenta manter-se fria e sem dar muita confiança a Emília. Quando vai a sair, Érica cruza-se com Rufino, mas nem lhe dá hipótese de conversar com ela. Rufino fica abalado com aquele encontro e é surpreendido por uma chamada de Victória, que não atende. Mais tarde, a ex-modelo envia-lhe uma mensagem a dizer que se quer encontrar com ele. Rufino não resiste e acaba por ir, envolvendo-se com Victória.

Desiludida com as atitudes do pai, Beatriz diz-lhe que vai sair de casa, pois tem vergonha dele. Jaime fica muito triste por sentir ter afastado a filha e procura consolo em Laura, que o acalma. Quando Beatriz já está a guardar as roupas na mala, Laura aparece e diz-lhe que Jaime precisa da filha para ultrapassar aquele momento. Laura consegue convencer Beatriz a ficar.

O raptor pede a Guida que escreva uma canção sobre uma mulher furacão, a nova rainha da música portuguesa. Guida fica em choque quando percebe que o raptor se trata da ¿lontra marinha¿. Guida tenta bater no raptor, mas este dá-lhe com um objeto na cabeça, deixando a cantora inanimada.

Laura leva Beatriz a falar com Jaime e a dizer-lhe que resolveu ficar. Jaime fica mais aliviado e a filha diz-lhe que ele tem de agradecer a Laura, que se finge modesta.

Victória vai a sair da Diamantes, quando encontra Teté. Victória conta à amiga que, para destruir Érica, anda envolvida com Rufino. Teté estranha a amiga andar com um rapaz pobre do bairro, mas Victória diz que ele é bem mais do que aparenta. Além disso, consegue afetar Érica.

[/tab]

[tab title=”Ep. 176″]

Emília e Telmo apanham Luana a tentar fugir de casa para procurar a mãe. Emília dá um sermão à menina, que diz que só ia tentar procurar Guida, pois tem saudades dela. Telmo pede a Emília que não discuta com a criança, pois ela tem motivos para estar assim. Emília acaba por ceder e pedir desculpa à sobrinha por ter sido bruta.

Fernanda tenta dar força a Lourenço que sente que vai perder a custódia do filho com todos os escândalos que rodeiam a sua família. Moisés entra na oficina a pedir um abraço a Fernanda pois está muito triste com o desaparecimento de Guida. Lourenço fica com ciúmes, mas Moisés diz-lhe que tem o coração a sangrar e os dois conversam sobre os seus problemas. Comovido pela história de Lourenço, Moisés acaba por abraça-lo.

Emocionado com o gesto de Laura, Jaime vai agradecer-lhe por ter conseguido convencer Beatriz a ficar. Laura finge-se muito humilde e diz que ele não tem nada que agradecer, contudo Jaime beija-a, apaixonado.

Afonso vê Bárbara no quarto a escolher o vestido que levará para a audiência da custódia de Vicente e confronta-a com o facto de ela ainda gostar de Lourenço e estar a fazer tudo aquilo por despeito. Bárbara fica completamente descontrolada e diz-lhe que odeia Lourenço e só fica feliz quando o destruir. A rapariga acrescenta ainda que o primo não é ninguém para falar de relações, pois Beatriz vai voltar a casar com Eduardo. Afonso fica em choque e sai do quarto, pronto para ir à mansão falar com Beatriz. Ao vê-lo tão nervoso, Raimundo impede-o e diz-lhe que prefere ser ele a levá-lo lá.

Laura e Eduardo conversam sobre os detalhes do seu plano. Laura diz que está cada vez mais próxima de se reconciliar com Jaime e ter, assim, acesso ao seu dinheiro. Contudo, é Eduardo que se encontra numa situação privilegiada, pois está de casamento marcado com Beatriz. Os dois combinam ainda continuar a tentar roubar o soutien a Inácio e Maria Helena.

Sónia vai a casa entregar à irmã e ao avô as prendas que lhes trouxe de Nova Iorque. Fernanda estranha o facto de a irmã ter esperado tanto tempo pra ir lá a casa, mas Sónia desvaloriza. Quando a rapariga vai ao quarto entregar a prenda de Maria Helena, Telmo toca à campainha para perguntar por Guida. Sónia fica contente por não se ter cruzado com ele.

Afonso e Raimundo entram na mansão e perguntam por Beatriz. Alzira indica a Afonso que a rapariga está no quarto e ele vai imediatamente ao seu encontro, enquanto Raimundo fica com Jaime. Assim, Afonso confronta uma surpreendida Beatriz com o seu casamento com Eduardo. Apanhada de surpresa, Beatriz não consegue dizer nada, até que percebe que tem de afastar qualquer suspeita e confirma que se vai casar com Eduardo. O fotógrafo entra no quarto e goza com Afonso, provocando-o. De rastos, Afonso vai embora.

Na sociedade, Emília pede ajuda para encontrarem Guida e Justino sugere que se fale com uma vizinha que está sempre à janela. Percebendo que não tem o seu telemóvel, Emília pede o de Vanessa emprestado, mas a rapariga recusa-se. Emília fica desconfiada, pensando que ela é a ¿lontra marinha¿ e que podia ter provas no telemóvel.

Telmo vai procurar Moisés e encontra-o a dançar. O talhante explica-lhe que está a tentar espantar os males e incentiva-o a fazer o mesmo. Rufino entra no quarto a tempo de os ver dançar e diz que vai procurar pistas da tia nos comentários dos vídeos.

Luciano conversa com Emília na sociedade e fica encantado com a força dela. O jardineiro agarra a mão de Emília e elogia-a, deixando-a atrapalhada. Emília pede para ele a largar, mas ele responde com um beijo. Os dois vão para casa de Emília, envolvidos, mas quando estão quase a chegar à cama, arrependem-se e decidem parar.

Rufino, Telmo e Moisés dizem a Emília que sabem como descobrir onde está Guida, pois acreditam saber quem é a “lontra marinha”.

[/tab]

[tab title=”Ep. 177″]

O raptor confronta Guida com o facto de ela ainda não ter escrito a letra da canção, mas Guida diz ser impossível fazê-lo de mãos e pés atados. Para não a soltar, o raptor pede-lhe que dite a letra e Guida inventa qualquer coisa. Contudo, o raptor não fica satisfeito e castiga Guida.

Guga tenta tirar nabos da púcara com Vanessa a pedido dos Cabreira. Vanessa diz concordar com tudo o que a “lontra marinha” diz, mas confessa que não tem voz para cantar e que prefere dizer as coisas cara a cara, em vez de se esconder no anonimato da internet. Assim, Guga regressa a casa sem qualquer pista, deixando a família desanimada.

Guida recupera os sentidos e dá um pontapé no raptor que o faz cair. Quando a cantora se prepara para lhe tirar a máscara e descobrir quem é, o raptor atira-a para longe.

Beatriz liga a Eduardo e diz-lhe para ele ir ao instituto de histocompatibilidade cumprir a sua parte do acordo.

Vavá critica Bárbara por ela estar tão bem disposta com o facto de tirar Vicente a Lourenço. Mas a rapariga não se deixa intimidar e diz que o Lourenço só vai ter a infelicidade que merece. A conversa dos dois é interrompida por Afonso que celebra o facto de ter aparecido um dador. Toda a família fica emocionada e felicita o rapaz.

Raimundo esperava uma visita do contabilista, mas este tem um acidente de carro e não consegue ir ter com o padeiro a casa. Ao saber que Raimundo se vai encontrar com o contabilista, Teté fica nervosa.

Lourenço sai da mansão para ir ao tribunal e a família dá-lhe todo o apoio. Lourenço diz que vai lutar com todas as suas forças por Vicente e Fernanda acompanha-o para lhe dar força. Jaime penaliza-se por sentir que o escândalo em que está envolvido pode prejudicar o filho.

Embora toda a família esteja muito abalada com o desaparecimento de Guida, é Moisés quem mais o expressa, chorando e dramatizando. Emília e Rufino estranham o comportamento do rapaz e vão ao talho perguntar-lhe se ele está bem. Moisés diz que eles não percebem nada e que ele está capaz de morrer de tristeza.

Guida tenta negociar com o raptor, dizendo-lhe que só continua a letra da canção, se ele a deixar ligar para casa. O raptor ainda hesita, mas acaba por ceder, deixando-a fazer a chamada. Guida liga então para casa e quem atende é Moisés. Guida diz-lhe que está bem e que não pode partilhar mais detalhes, mas que gosta muito de Luana e de todos eles. Quando a cantora pede para falar com a filha, o raptor desliga a chamada abruptamente. A família fica em choque ao ter a confirmação de que Guida está raptada, mas ficam mais aliviados por saberem que ainda está viva e bem.

Jaime vê a entrevista dada por Victória e fica furioso. Assim, o magnata liga-lhe e pergunta-lhe quando é que ela recebeu propostas indecentes e como é que foi capaz de dizer mal da Diamantes, que sempre a tratou tão bem. Victória confessa que fez aquilo por vingança e despede-se de Jaime, deixando-o ainda mais chateado. Laura entra na biblioteca, levando-lhe um chá e dando apoio a Jaime. O pai de Lourenço diz-se incapaz de se perdoar a si próprio se o filho perder a custódia de Vicente por sua causa. Laura diz-lhe que há-de ficar tudo bem e que Lourenço o irá perdoar.

Victória e Érica vão à Diamantes para falarem com Isadora. Rufino entra ao mesmo tempo que elas, mas decide ir pelas escadas para não ter de estar no elevador com as duas. Victória finge-se nervosa com a presença do rapaz e Érica apercebe-se, ficando intrigada.

Isadora deixa Érica entrar no gabinete, mas diz a Victória que ela terá de esperar na receção. Assim, Érica e Rufino conversam com Isadora sobre o futuro da Diamantes. Tentando parecer o mais convicta possível, Isadora pede-lhes que não temam pelo seu futuro, pois a Diamantes vai regressar em grande.

[/tab]

[tab title=”Ep. 178″]

Luciano partilha com Jaime as suas preocupações relativas ao escândalo que envolve a Diamantes e a relação de Érica com a empresa. Jaime tenta tranquilizar o jardineiro, dizendo-lhe que o que Victória disse é mentira e nunca houve qualquer envolvimento das modelos nas festas. Contudo, Luciano diz só conseguir ficar sossegado quando aquela situação se resolver.

Beatriz fala com Ricardo e tenta perceber se há novidades lá em casa. Ricardo conta-lhe que Afonso encontrou um dador de medula óssea e que está muito contente. Beatriz mal consegue conter as lágrimas e deixa escapar que, no fim, tudo terá valido a pena. Ricardo fica intrigado, mas desvaloriza.

Fernanda e Lourenço chegam a casa, vindos do tribunal e trazem más notícias. Lourenço vai imediatamente para o quarto, enquanto Fernanda conta a Jaime e Laura que Bárbara ganhou a custódia de Vicente. Jaime sente-se muito triste pelo filho e vai ao quarto levar-lhe Vicente. Lourenço quebra, chorando agarrado ao filho. Também Fernanda tem um momento de fraqueza e chora sozinha na biblioteca. Isadora vai agradecer-lhe todo o apoio que ela tem dado a Lourenço, mas a conversa é interrompida por Bárbara. A mãe de Vicente entra na mansão com a polícia, determinada a levar o filho. Jaime pede-lhe que reconsidere a sua decisão, mas Bárbara admite que Lourenço merece todo aquele sofrimento e ainda mais. Fernanda fica muito nervosa e atira-se a Bárbara, sendo impedida pelo polícia. Bárbara sobe para os quartos para ir buscar o filho.

Bárbara desce as escadas com Vicente e Lourenço vem atrás dela, pedindo-lhe para ela o deixar despedir-se do filho. Bárbara mostra-se fria, deixando a apenas o ex-namorado olhar uma última vez para Vicente. Lourenço fica lavado em lágrimas, de rastos, enquanto Bárbara goza o prato, dizendo que o odeia.

Luciano vai à sociedade conversar com Emília sobre Érica. O jardineiro diz que falou com Jaime e que o patrão lamentou a situação. A conversa é interrompida por Victória que entra na sociedade e, furiosa, pergunta ao marido se ele é amante de Emília. Victória ofende Emília e esta descontrola-se, tentando agredi-la com uma vassoura. Victória defende-se e Luciano vê-se obrigado a agarra-la, antes que as duas se magoem. O jardineiro arrasta a mulher para fora da sociedade, enquanto esta se debate.

Teté vai à padaria e Raimundo recebe-a com um extrato bancário na mão. Zangado, Raimundo pergunta-lhe onde é que ela gastou tanto dinheiro e Teté é obrigada a contar que fez um investimento, mas que lhe vai devolver o dinheiro com juros. Raimundo é bastante cético e diz-lhe que é melhor que ela lhe devolva o dinheiro, senão vão ter problemas.

Bárbara leva Vicente para casa e deixa Vavá a tomar conta do filho, sem lhe ligar nenhuma. No quarto, enquanto está a tirar os brincos, Bárbara vê Lourenço refletido no espelho e fala como se ele estivesse presente. Quando se vira e percebe que Lourenço não está lá, fica muito perturbada.

Ao falar com Alzira, Beatriz percebe que Sónia pediu à empregada para tomar conta do bebé no seu lugar. Assim, Beatriz vai ter com Sónia e dá-lhe um sermão. Sónia diz que não tem de ouvir aquilo e que, se quiser, leva Francisco porque ele é seu filho. Beatriz fica furiosa e diz-lhe que se Sónia a fizer cair, ela a leva com ela. Sónia fica amedrontada.

Eduardo vai a casa dos pais mostrar a certidão de nascimento com o nome dos dois e finge-se emocionado. Inácio acredita que aquela emoção é verdadeira, mas Maria Helena mostra-se muito apreensiva. Quando Eduardo a abraça, Maria Helena, desmaia. Inácio fica muito preocupado, mas depois de recuperar os sentidos, ela diz-lhe que não há nada com que se preocupar.

Fernanda vai a casa de Bárbara perguntar-lhe o que é que ela quer que ela faça para devolver Vicente a Lourenço. Louca, Bárbara ri-se e diz que não há nada que ela possa fazer. Bárbara expulsa Fernanda do quarto e esta choca com Teté, que vinha a entrar. Fernanda diz a Teté para ela manter o olho em Bárbara, pois ela pode fazer mal ao filho.

[/tab]

[/tabs]

Categorias
Resumos de Novelas