Resumos de Novelas

“Mundo ao Contrário”: resumo de 23 a 27 de Setembro

[tabs class=””]

[tab title=”Ep. 99″]

Catarina, Constança, Maria e João olham para a caixa, intrigados. Maria entra novamente na sala secreta para procurar a chave que pode abrir a caixa. Entusiasmada, Maria sai com duas chaves, mas nenhuma delas abre a caixa, deixando-os a todos desiludidos.

Vítor e Ivone tentam arranjar desculpas para se livrarem do jantar em casa de Zé Manel e Susana, mas decidem que o melhor é despacharem aquele assunto de uma vez. Susana pede a Zé Manel que tenha modos com os convidados, mas mal eles chegam, Zé Manel diz algo inconveniente.

João vai buscar Salomé ao quarto para jantar, mas ela ainda está muito frágil. João anima-a, dizendo-lhe que ela tem de avançar com a vida dela e sair daquele quarto, porque senão nada muda. Salomé revela-se impotente quanto à sua vida, pois já não tem marido a filha faz o que quer. João diz que Salomé tem de apoiar as escolhas da filha e, assim, Salomé dá-lhe o dinheiro que ganhou a trazer a droga, dizendo-lhe que é para Maria e que está na hora de ela contar como o conseguiu. João concorda em dar o dinheiro a Maria, desde que ela nunca saiba de onde veio.

Saul chega a casa de rastos do dia de trabalho e conta a Amélia que está a fazer de empregado de Pedro. Amélia fica furiosa, mas Saul diz-lhe para ela ter calma, pois sabe que Pedro o está a testar. Ainda assim Amélia não se conforma, até Saul dizer que aquilo é um pequeno sacrifício para os objetivos dele: Lara e o Grupo Malta.

Durante o jantar, Zé Manel e Susana começam a fazer uma proposta a Ivone e Vítor que eles não percebem imediatamente, sentindo-se ofendidos. Quando Ivone e Vítor se preparam para abandonar a mesa do jantar, Zé Manel pergunta-lhes que mal é que tem criarem um clube do livro no bairro. Ivone e Vítor ficam envergonhados.

Maneca pede a todos os traficantes que deixem as suas armas com ele, pois já não vão ser necessárias. Graciete felicita Maneca com a decisão, dizendo que as armas só trazem problemas e ele responde, agarrando na sua arma, que lhe convém ter argumentos que os seus homens não têm.

Catarina vai tentar falar com Micael, mas o rapaz ainda está muito magoado com a mentira. Catarina diz-lhe que não faz sentido estarem separados, porque DT já morreu e agora têm de avançar com a vida deles. Micael diz que não sabe se consegue ultrapassar tudo o que se passou. Catarina vai embora, destroçada.

Maneca espera no café pelo dinheiro dos traficantes e o único que falta é Sérgio. Maneca desvaloriza, pois confia no rapaz, mas Graciete diz-lhe que isso é um erro, pois Sérgio tem andado com um comportamento estranho. Sérgio finalmente surge e dá pouco dinheiro a Maneca, dizendo que tem o produto consigo. Graciete fica desagradada com a atitude do rapaz.

No dia seguinte, os inspetores tocam à campainha de Graciete e Sheila fica em pânico achando que a vão prender. Os inspetores dizem que têm de falar com ela e fazer-lhe algumas perguntas na esquadra, mas que é só isso.

Rodrigo vê Sheila a ser levada pela polícia e vai perguntar a Graciete o que é que se passou. Graciete convida-o para um café e explica-lhe. Depois Graciete pergunta-lhe quais são as suas intenções com Sheila e o rapaz diz que só quer ser amigo, mas Graciete diz-lhe que cm Sheila não há meios-termos. Rodrigo fica confuso quanto ao que sente.

Saul conversa com Amélia, pedindo-lhe que o ajude a dar pistas falsas a Lara sobre a amante do pai. Amélia hesita, mas Saul diz-lhe que pode ser a chave para o sucesso de ambos e Amélia acaba por aceitar. Assim, Saul liga à mãe para que esta ligue a Pedro a marcar um encontro de forma a Lara ouvir. O plano corre às mil maravilhas.

[/tab]

[tab title=”Ep. 100″]

Simão está a lutar com o computador da loja, quando Ivone surge para falar com ele. Ivone conta que foram ver Nucha e que, devido às suas melhorias, a mãe de Beto terá alta em breve. Assim, têm de se despachar com as ajudas, pois ela ainda não tem nada em casa.

Lara anda de volta de Saul, tentando perceber por que é que ele quis ir trabalhar para Pedro. Saul responde que tinha escolher entre o pai dele e o pai dela e não lhe apetecia virar frangos para sempre. Pedro diz-lhe que vai sair para uma reunião e Lara diz a Saul que é o momento para o seguirem. Cila ouve tudo, escondida. Saul e Lara estão à porta do hotel a observar Pedro quando este recebe uma chamada de Amélia, como planeado, a dizer que não pode ir. Pedro volta para trás e Saul e Lara tentam chegar a casa antes dele, sem sucesso. Quando Pedro lhe pergunta onde é que ele esteve, Saul mente e fica atrapalhado quando o patrão lhe pergunta se ele fez a pesquisa pedida. Nesse momento, Cila entra com uma pasta, dizendo a Saul que ele se esqueceu da pesquisa na sala. Saul fica confuso.

Sheila regressa ao café e Graciete fica mais aliviada, perguntando-lhe o que se passou na esquadra. Sheila diz que contou a verdade, mas comenta que têm mais suspeitos, pois encontraram pegadas de mulher na oficina e não eram dela.

Salomé vê Maria e Sérgio a beijarem-se e confronta a filha, perguntando o que se passa. Maria manda Sérgio embora, prevendo discussão e diz à mãe que ele é seu namorado. Alterada, Salomé diz que ele não serve para a filha, mas Maria chateia-se com a conversa, dizendo que a mãe não tem moral nenhuma para falar, pois trocou a família pela droga. Maria sai a correr, mas Salomé vai atrás dela e as duas continuam a discutir.

Patrícia e João regressam do funeral de DT com Adelaide, quando um inspetor da judiciária lhes toca à campainha. O inspetor pergunta a Patrícia por que é que ela tinha bilhetes para o Brasil no dia seguinte à morte de DT e a cabeleireira é sincera, dizendo que estava a ser ameaçada pelo irmão. João diz à polícia que na noite do crime estiveram juntos e mostra o talão do restaurante onde jantaram.

Maneca vai à oficina no momento em que João está a sair. Maneca diz a Sérgio que Graciete não gostou nada que Sérgio lhe ficasse a dever dinheiro e o rapaz fica sentido. Maneca explica que não é nada pessoal, mas tem de manter o pessoal na ordem. Sérgio aceita e diz que lhe dá o dinheiro no dia seguinte sem falta.

Valentino vê Gilberto a convidar Constança para sair nessa noite e ela recusa. Valentino pede para falar com o filho e, no privado, diz-lhe que ele e Constança nunca poderão ter uma relação amorosa. Gilberto fica novamente contrariado e finalmente Valentino confessa que Constança e Gilberto são irmãos. Valentino conta que ele e a mãe de Constança tiveram um caso fugaz, tendo ambos traídos as pessoas com quem eram casadas. A mãe de Constança pediu-lhe segredo, mas é por isso que Valentino é tão protetor em relação a Constança. Gilberto fica em choque.

João chega a casa e conversa com Salomé que fica chateada por não ter qualquer peso naquela família e sai disparada. João conta à filha que ele e Salomé discutiram e a rapariga sai , com medo que a mãe vá consumir. Contudo, Salomé vai para casa de Pedro pedir-lhe o seu trabalho e o cunhado aceita.

João vai ao salão desabafar com Patrícia que acaba por lhe dizer que se sente a outra naquela relação. João diz que não a anda a trair, mas a cabeleireira refere que ele vive com a mulher, têm uma filha e ele está ali a falar dela. João fica confuso.

Constança e Simão unem esforços para angariar mais dinheiro para Nucha e mostram-se contentes por se estarem a redescobrir, admirados com a personalidade um do outro.

Perturbado, Valentino vai à cozinha à procura de Gilberto. Clara percebe que ele não está bem e segue-o, perguntando-lhe se ele quer falar. Primeiro Valentino nega, mas depois acaba por dizer que fez uma grande asneira com o filho.

[/tab]

[tab title=”Ep. 101″]

Salomé explica a Maria que vai voltar a trabalhar para Pedro e que há a possibilidade de voltar a sair de casa. Maria não percebe por que é que a mãe se quer ir embora, mas ela diz-lhe que ficou bem claro que a opinião dela não vale nada lá em casa. Maria fica contrariada.

Patrícia e Ivone vão à loja de frangos dar as coisas que conseguiram recolher para a angariação de fundos e Catarina oferece-se para ir com Micael deixar as caixas em casa. Catarina tenta falar novamente com o ex-namorado, dizendo que o ama e que sente a sua falta. Micael diz-lhe que não consegue ultrapassar a situação, deixando Catarina frustrada.

Valentino conta a verdade a Clara, deixando-a em choque. O dono do restaurante diz que o melhor é contar a verdade a Constança, mas Clara diz que isso só a ia destruir, pois toda a força que Constança conseguiu ganhar nos últimos tempos se deve ao facto de ser filha de Aníbal. Clara fica abalada com a revelação.

Catarina e a família preparam o palacete para a venda. Sheila vai entregar uma caixa com coisas suas, envergonhando Rodrigo. Simão e Micael também levam mais caixas e Simão oferece-se para ficar e ajudar, mas Micael prefere ir embora.

O engenheiro Veloso regressa, com a noiva, ao Don Pellegrino e é recebido por Paula. Veloso agradece a sua ajuda e Paula responde que quando Pedro Carvalho pede ajuda, é para cumprir. André apercebe-se da conversa e vai contar a Maxi. Ao ouvir o nome Veloso, Marisa diz que sabe quem é e André tenta levá-la à sala para ela confirmar. Contudo, são intercetados por Paula. De seguida, Pedro entra no restaurante com Lara.

Patrícia e João jantam à luz de velas e Patrícia acaba por lhe confessar por que é que lhe custa tanto sentir-se a outra. Assim, Patrícia conta ao namorado que a mãe se apaixonou por um homem casado e permitiu-se a ser a outra a vida toda. João fica penalizado por ela, mas diz-lhe que ela é a única.

André apercebe-se que Paula não está na sala e pede a Marisa para espreitar para confirmar se Veloso é a pessoa que ela pensa. Marisa confirma e conta a André que Pedro queria que ele o deixasse construir uma fábrica em determinado sítio. Lara vê Marisa e comenta com Pedro, que se dirige à cozinha. Pedro faz alguns comentários maldosos e Maximiliano diz que quem manda na cozinha é ele. Contrariado, Pedro vai ao privado falar com Gilberto. Pedro pergunta a Gilberto o que é que lhe passou pela cabeça para contratar toda a gente que é expulsa de sua casa e o gerente explica que não teve qualquer decisão na contratação de Marisa. No entanto, Pedro diz que vai ter influência no despedimento, senão vão ter problemas.

Constança volta para casa e fica com Simão a arrumar as coisas que faltam. Constança conta-lhe que teve uma noite difícil no restaurante e conta que Pedro esteve lá. Simão diz uma piada que a faz rir. Constança oferece uma bebida a Simão que se surpreende quando a vê beber da garrafa. Os dois conversam, trocando olhares intensos, até que não resistem e se beijam. Os dois confessam que não param de pensar um no outro e vão para o quarto de Constança fazer amor.

André chega, no dia seguinte, ao restaurante e partilha com Maxi a sua teoria sobre as mulheres bonitas, homens ricos e chantagem. Maxi concorda com André e diz suspeitar que a primeira pessoa vitima desse esquema foi Valentino.

A venda no palacete corre às mil maravilhas. As pessoas estão a aderir e o dinheiro para ajudar Nucha está a entrar em caixa. Subitamente, uma senhora de porte fino entra no palacete e olha em redor, horrorizada. A senhora vê Catarina e chama por ela perguntando-lhe o que é que ela fez à sua casa. Catarina olha para a tia Estefânia comprometida.

[/tab]

[tab title=”Ep. 102″]

João diz a Sérgio que vai a casa, pois está a decorrer a venda para Nucha. Sérgio pergunta-lhe como está Salomé e o pai de Maria responde que é preciso muita força de vontade para largar a droga. Sérgio sente-se comprometido.

Catarina tenta explicar-se perante Estefânia, mas a tia está em choque e expulsa toda a gente do palacete. Quando percebe que Constança e Rodrigo não saem, Estefânia pergunta o que é que eles estão ali a fazer. Catarina explica que eles vivem lá e porquê. Tia e sobrinha vão à cozinha beber um chá e Estefânia aceita que os irmãos de Catarina fiquem lá em casa e diz-lhe que um dia tudo aquilo será dela. Catarina agradece a generosidade da tia.

Constança está a sair do palacete, Simão prepara-se para entrar. Os dois trocam um olhar intenso e Constança conta-lhe como a venda foi suspensa. O dono da loja de frangos sugere passarem tudo para o café de Graciete, mas Constança diz que já está atrasada para o trabalho. Simão pergunta-lhe se ela não está a fugir dele e ela responde que não, embora as coisas sejam complicadas. Seguro, Simão diz que vai resolver a sua vida, pois quer ficar com ela.

Salomé encontra-se com Maneca e diz-lhe que já não consome. Para a testar, o traficante dá-lhe um saquinho com cocaína, que ela recusa. Maneca pergunta-lhe se ela quer ir novamente à Venezuela, mas Salomé rejeita a proposta, determinada. Contudo, Maneca está descrente na determinação da ex-toxicodependente.

No café de Graciete, Sheila sente-se mal e vai vomitar. Rodrigo fica preocupado e pergunta-lhe se ela não estará grávida. Os dois conversam sobre essa possibilidade e Rodrigo diz que lhe disse para ela tomar a pilula do dia seguinte, por isso a decisão é dela. Sheila fica muito triste.

Maneca encontra Marta e convida-a para ir tomar café. Ainda que a medo, Marta aceita e os dois conversam sobre a morte de DT. Maneca afirma que não foi Micael quem matou DT, pois ele não é desse tipo. Marta sente-se atraída pelo perigo que Maneca representa e pergunta-lhe quem é o novo chefe do tráfico do bairro. Maneca foge à pergunta e Marta vai embora, incomodada.

Rodrigo vai almoçar a casa de Pedro e conta como corre a vida no palacete. Lara e Pedro criticam o tipo de vida que a família leva no bairro, mas Rodrigo explica que Catarina, Constança e João estão mais unidos que nunca. Pedro não fica satisfeito.

Simão vai a casa falar com Amélia e confessa que a traiu com Constança. Amélia fica furiosa e pede-lhe o divórcio, dizendo que quer tudo a que tem direito, o dinheiro e as lojas. De seguida, Amélia sai tempestivamente.

Maximiliano e André aproveitam uma saída de Gilberto para ir procurar pistas. Assim, ao encontrarem uma gaveta vazia, o chef procura a chave e descobre-a. Os dois abrem a gaveta na qual encontram provas de que foi Gilberto que tramou o pai. Gilberto volta atrás quase apanhando os empregados.

Perante a recusa de Salomé, Maneca decide fazer a mesma proposta a Tina. No início a rapariga recusa, mas assim que Maneca lhe apresenta o valor que ela pode ganhar, Tina pensa duas vezes e aceita.

Estefânia ouve Catarina e Maria a falarem sobre a caixa que encontraram e decide dar-lhe a chave, pois a caixa pertencia à mãe de Catarina. Assim, a rapariga encontra algumas joias, cartas para Catarina quando a mãe ainda estava grávida e um envelope que Estefânia diz ser a sua herança.

Furiosa, Amélia vai a casa de Pedro e diz-lhe que pediu o divórcio a Simão e é a oportunidade deles. Pedro sorri, quando a amante lhe conta que o marido a traiu, mas perde-o quando ela revela que a traição foi com Constança.

Catarina lê a carta em choque. Quando Constança chega e pergunta o que estão a fazer, Catarina conta que a mãe lhe deixou metade do Grupo Malta.

[/tab]

[tab title=”Ep. 103″]

Amélia continua a dizer a Pedro que é a oportunidade deles para ficarem juntos e que está disposta a passar por cima da traição do marido e que só quer o divórcio. Contudo, Pedro dá-lhe uma resposta que ela não está à espera quando responde que ama Constança e a vai reconquistar, estando muito incomodado com a revelação. Amélia sente-se muito desiludida com o amante e discute com ele, prometendo vingança. Cila ouve a conversa e vai perguntar ao patrão se ele andava com ela, Marisa e Amélia ao mesmo tempo. Pedro pede-lhe para não ser inconveniente, senão ele terá de a mandar embora. Cila fica furiosa.

Estefânia conta aos irmãos como investiu na empresa de Aníbal e ele deixou metade da empresa a Natália, mãe de Catarina. Quando Natália morreu, Estefânia e Aníbal decidiram passar tudo para o nome da única herdeira, Catarina. Todos ficam chocados com a revelação, que significa que Catarina tem direito a pedir um lugar na administração do Grupo Malta.

Ivone compra um teste de gravidez para Sheila e obriga-a a fazê-lo. No entanto, a rapariga está assustada e diz que não tem coragem. Patrícia e Ivone arrastam-na para a casa de banho e dizem que ela só sai de lá quando tiver feito o teste. Sheila sai da casa de banho e confirma as suspeitas de toda a gente, está grávida.

Catarina conversa com os irmãos e diz-lhes que quer dividir a parte dela com eles. Mas Constança diz que a ideia é reaverem a parte que era do pai e, por isso têm de jogar de outra maneira. Constança explica aos irmãos que têm de fingir que se chatearam, para ganhar força perante Pedro. João e Cataria concordam entrar na farsa.

Catarina e Constança têm uma discussão violenta que atrai toda a gente no palacete. Constança diz que não é justo a irmã ficar com metade do grupo, pois ela é que tinha direito a isso. Catarina defende-se, dizendo que nem sabia que aquele documento existia e João tenta acalmar os ânimos. Catarina acusa a irmã de ser egoísta e expulsa-a de casa, deixando a restante família de boca aberta.

Constança sai de casa, sem antes voltar a trocar palavras duras com Catarina. Todos ficam muito abalados com a situação, achando que Constança não está a ser justa. Mal Constança sai do palacete, surge Pedro, alertado por Lara e oferece-se para dar boleia à mulher, pois quer conversar com ela. Constança aceita e Simão vê-a a entrar para o carro de Pedro, sem saber o que pensar. Quando todos ainda estão a digerir a saída de Constança, Sheila surge, dizendo que está grávida. Rodrigo fica em choque, sem saber o que fazer e diz-lhe que quer o que ela quiser. Sheila descobre o seu soutien e fica enternecida beijando Rodrigo.

Constança espera a proposta de Pedro, que lhe pergunta se há alguém na vida dela. Constança hesita, mas nega. O marido diz-lhe que quer que ela volte para ele que está disposto a dar-lhe uma percentagem do grupo e um lugar no conselho. Constança não esperava aquela proposta. Constança pergunta a Pedro se ele a está a tentar comprar e ele responde que apenas lhe quer devolver o que é dela por direito. A custo, Constança aceita, dizendo que é pelos filhos.

Micael e Simão chegam a casa e Amélia faz um escândalo, contando a Saul que o pai a traiu com Constança. Saul toma o partido da mãe e esta diz que vai ficar com tudo o que pertence a Simão. O marido diz que não quer discutir à frente dos filhos e que vai para o quarto, mas Amélia mostra-lhe a sua mala e expulsa-o de casa.

Maxi vai ao privado e conta a Valentino que descobriu uma coisa sobre Gilberto que tem a ver com ele. Valentino fica preocupado e o chef conta-lhe que ele foi traído pelo filho e que ele está envolvido no esquema das fotografias. Ao ver Rodrigo muito abatido por causa da mãe, Catarina pede a João para conversarem na cozinha. Assim, João vai a casa de Constança confirmar que ela voltou para Pedro e os dois discutem. Lara e Pedro ficam chocados.

[/tab]

[/tabs]

Categorias
Resumos de Novelas