Resumos de Novelas

“Belmonte”: resumo de 14 a 18 de Outubro

[tabs class=””]

[tab title=”Ep. 17″]

Rafael e Flip estão escondidos. Deixam o segurança passar por eles e depois correm em direção a casa. Quando chegam, Filomena e Íris estão preocupadas. Íris tem a ideia de negociar as terras com os Belmonte. Todos ficam perplexos a olhar para ela, perguntando-se como irá arranjar dinheiro para negociar. Íris está confiante.

No bar da estalagem, Hugo leva consigo uma das bases de copos da estalagem e aproveita para interrogar Faustino (barman da estalagem) sobre Laura Pires. Este consegue lembrar-se que dias antes Laura recebeu a visita de uma amiga, que também parecia ativista. Acrescenta que a amiga ajudou Laura a fazer os cartazes para a manifestação. Hugo pergunta a Faustino se a amiga de Laura tinha ar de prostituta. Faustino estranha a pergunta, mas diz que não. No entanto, Faustino não consegue dar a certeza e Hugo fica um pouco frustrado.

Na discoteca, toldado pelo álcool, Lucas é abordado por duas raparigas que se insinuam a ele. Lucas não lhes dá atenção e afasta-as. As duas raparigas sentem-se rejeitadas e avançam para Lucas, confrontando-o. Lucas acaba por ser agredido por um dos seguranças que o atinge com um forte murro na face, fazendo-o cair.

Pedro pede a Carlos para o ajudar a encontrar alguém que possa dar uma lição a Nunes. Pedro conta a situação toda sem desvendar que se trata de Rosário. Carlos fica interrogativo e tenta saber que tipo de ligação tem Pedro com a rapariga que está a tentar defender. Pedro não lhe adianta pormenores e Carlos apesar de reticente, aceita ajudar o irmão.

Durante a noite, Paula e João encontram-se na cozinha. São interrompidos com a chegada de Lucas. João e Paula ficam chocados com o nível de embriaguez de Lucas e os ferimentos na face. João tenta ajudá-lo mas Lucas afasta-o, preferindo aproximar-se de Paula. Lucas insinua-se e diz-lhe que apenas não a beija porque são irmãos. João fica irritado e afasta Lucas com agressividade. Depois de Lucas sair da cozinha, Paula questiona João se contou a Lucas sobre o facto de não ser adotado e sobre o teste de ADN. João admite ter contado a Lucas. Paula fica transtornada e sai da cozinha nervosa e chateada com João.

Depois de receber mais uma chamada de Nunes a ameaçá-la e dando-lhe um prazo. Rosário telefona desesperada a Pedro que tenta descontraí-la, convidando-a para um banho na piscina dos Belmonte. Todos os que estão na piscina estranham o telefonema em privado de Pedro. Inês e Carlos ficam curiosos enquanto Julieta está furiosa ao perceber que Pedro estava a falar com Rosário.

Com ajuda de Padre Artur, Carol e Marta distribuem alguns folhetos de publicidade do restaurante vegetariano à porta da igreja.

No acampamento, Leonor pergunta a Ivo se ele irá para Lisboa estudar. Leonor está com medo de perder Ivo. Este descansa-a dizendo que isso não irá acontecer. Leonor fica mais calma e sorridente.

Na cozinha José encontra Lucas de ressaca, percebendo que o irmão não está bem tenta aconselhá-lo. Lucas pergunta a José se não tem curiosidade sobre o seu passado e sobre os seus pais biológicos. José diz-lhe que já procurou saber quem eram os pais biológicos e que se arrependeu. Lucas fica surpreso e ao mesmo tempo ansioso por ouvir a história do irmão mas José sentindo-se desconfortável em aprofundar o assunto, evita-o e sai porta fora.

Na piscina, Inês e Carlos reparam na proximidade de Rosário e Pedro. Ao mesmo tempo que Rosário ignora Lucas, ali muito perto dela, deitado na espreguiçadeira. Julieta assiste ao diálogo da irmã com Pedro com olhares de censura.

Na cozinha dos Belmonte, Luísa e Lucas discutem. Luísa tenta fazer ciúmes a Lucas falando de Rui, o rapaz que conheceu em Lisboa. Lucas sai irritado da cozinha.

Depois de Pedro prometer a Rosário que vai ajudá-la a livrar-se de Nunes, pede em troca que Rosário fale bem dele a Julieta. Rosário fica estupefacta com a fixação de Pedro e tenta pagar o favor de outra forma. Rosário abraça Pedro e antes que este consiga fugir, Rosário beija-o.

[/tab]

[tab title=”Ep. 18″]

Pedro afasta Rosário dizendo que ela está a confundir as coisas. Ele apenas pretende que ela fale bem dele a Julieta, em troca do favor que lhe está a fazer. Rosário concorda. Pedro sai do quarto e Rosário fica num choro furioso.

Em casa dos Milheiro, Paula, Sofia e Pedro são convidados para lanchar após uma visita a Miguel. Sofia e Miguel provocam-se mutuamente, não deixando perceber a sua ligação anterior. Paula revê um algo do pai quando era jovem e fica fascinada, alienada do que se passa entre Sofia e Miguel.

Susana e Hugo reveem as fotos de Carlos a entrar no bar de strip assim como as provas que encontraram no barracão. Os dois estão cada vez mais desconfiados de Carlos Belmonte. Susana e Hugo percebem que apesar de tudo indicar para Carlos, não é suficiente para interrogá-lo e ser um dos suspeitos. Hugo pensa em alguém a quem Carlos não recusaria dar uma entrevista. Hugo telefona a uma jornalista deslumbrante, chamada Raquel.

Julieta chega a casa e depara-se com Pedro, Paula e Sofia a lanchar com os seus pais. Julieta decide não se sentar e sobe para os quartos, informando que irá arranjar-se para jantar com João. Paula e Pedro ouvem e ficam desconfortáveis ao ouvir a informação. Antes do seu banho, Julieta decide falar com irmã. Rosário que ainda está mal disposta depois de ter sido recusada por Pedro, não se mostra muito recetiva ao diálogo com irmã Julieta. Julieta tenta perceber como Pedro se tem comportado com Rosário e é surpreendida pelas palavras desta. Rosário diz a Julieta que Pedro tem sido muito prestável e é um rapaz formidável. Acrescenta que Julieta devia era casar com ele e não com João. Rosário cumpre com o acordo que fez com Pedro.

Na adega, João recebe a visita de Íris e Flip. Íris apela à compreensão de João pedindo autorização para cultivar as terras que antes pertenciam a Rafael e Filomena e em troca forneceria a casa Belmonte com os produtos por eles cultivados. João mostra-se recetivo à ideia mas decide não tomar nenhuma decisão, dando apenas a sua palavra de que irá levar o assunto a conselho administrativo. Iris fica esperançosa.

Enquanto João e Paula estão a organizar os preparativos para a apresentação de um vinho, recebem a visita de Julieta na adega. Esta fala dos preparativos do casamento e faz pressão para João reconsiderar a escolha do padrinho. Julieta não quer que Pedro seja o padrinho de casamento de João.

Luísa consegue inscrever-se na universidade de Évora mas não encontra Rui como tinha combinado. Depois de Fernando ter insistido em acompanhá-la, Luísa desmarca o encontro com o jovem.

Paula fica intrigada com o pedido de reconsideração do padrinho, por parte de Julieta. João conta a história da longa e forte paixão de Pedro por Julieta que nunca foi correspondida. João acaba por contar também o incidente da fotografia enviada para Julieta, deles os dois na cozinha. Paula não percebe o que Pedro pretendia ao enviar a fotografia e João explica-lhe que ele queria avisar Julieta que talvez o amor de João já não fosse tão forte. Paula aproveita o tema para questioná-lo acerca do que sente por Julieta. João fica hesitante e surpreso com a pergunta de Paula. Tenta disfarçar, mas vacila e diz que apesar do que sente ser diferente, continua a ser forte o suficiente para casarem. Paula fica triste com o que ouve. Existe um clima entre os dois, uma grande tensão sexual.

No restaurante vegetariano, Marta comenta com Carol que está determinada a descobrir a identidade do “anjo negro” que as salvou do assaltante. Marta decide espiar e seguir o Padre Artur, desconfiada que possa ser ele o justiceiro. Padre Artur apercebe-se que está a ser seguido e acelera o passo. Marta confronta o padre sobre se será ele o Anjo Negro mas este nega. Esta permanece desconfiada.

Hugo convida Lucas para ser repórter fotográfico do Aquém-Tejo Digital. Lucas pondera mas acaba por aceitar e inclusive pretende ajudar Hugo na grande reportagem sobre a sua família. Lucas confessa a Hugo que está interessado em descobrir quem são os seus pais biológicos.

Na biblioteca, Luísa consulta o seu e-mail e fica a saber que foi agenciada pela agência de modelos.

Em Lisboa, Carlos recebe a visita de Raquel e aceita fazer a entrevista, deliciado com a beleza dela. No seu gabinete, Carlos vai-se vangloriando sobre os seus dotes de gestão da empresa e cada vez mais atraído por Raquel, acaba por convidá-la para jantar com o pretexto de aprofundarem a entrevista. Raquel aceita o convite.

No bar da estalagem, Sofia faz pressão sobre Gustavo para lhe dar informações sobre a mulher da fotografia e sobre as contas das empresas de Carlos. Mas em nenhum dos casos, Gustavo consegue encontrar nada, deixando Sofia frustrada. Antes de se despedir, Sofia pede a Gustavo para marcar uma reunião com Alistair para começar a vender parte do grupo Belmonte. Sofia pretende começar pelo parque cinegético e ficar apenas com as vinhas, para dessa forma manter João próximo de Paula. Gustavo começa a ter uma noção do plano geral de Sofia.

[/tab]

[tab title=”Ep. 19″]

Inês sai de uma clínica, enquanto caminha pensativa decide telefonar Julieta para se encontrarem. Mais tarde, Inês conta Julieta que irá fazer os testes todos para saber se tem algum problema em engravidar mas o médico acha que o problema pode estar em Carlos. Julieta incentiva Inês a falar com Carlos mas Inês teme que o marido leve a mal.

Nessa noite, Carlos leva Raquel a jantar fora num restaurante com ambiente romântico. No final do jantar, Carlos convida Raquel para ir a sua casa mas a jovem recusa com o pretexto de ter demasiado trabalho. Resignado, Carlos decide ir a um bar de strip ali perto onde acaba por ser fotografado por Sílvia. Sílvia liga para Hugo depois de fotografar Carlos e este dá a ideia de infiltrar alguém no bar de strip para vigiar os passos de Carlos.

Na sala, Lucas fotografa José para o artigo de família, apesar do ar de desagrado de José.

Antes do jantar, Sofia aproveita para falar com a filha sobre a venda do parque cinegético e a pedreira. Paula não se mostra muito entusiasmada com a ideia e fica preocupada que Sofia queira vender as vinhas. Sofia diz à filha que apenas pretende ficar com as vinhas porque são a única área do grupo que é próspera. Sofia tenta influenciar a filha mas Paula não lhe dá grande apoio e mostra-se pouco interessada nos seus planos.

Depois do jantar, Lucas anuncia ser o novo repórter fotográfico do Aquém-Tejo. Em seguida faz uma proposta inusitada a toda a família ¿ quer que o grupo Belmonte invista no jornal online, de forma a tornar o jornal mais rentável. João, percebendo que há mais assuntos para tratar sobre as empresas, decide marcar uma nova reunião. Todos concordam. Lucas também pede para a família aceitar participar na grande reportagem de Hugo sobre os Belmonte. José mantém-se contra, João também apoia a ideia mas Sofia acha uma ótima forma de apresentar Paula e ela mesma aos populares.

Pela manhã, Lucas encontra Luísa e conta que é o novo repórter do Aquém-Tejo mas Luísa mostra-se fria e distante nas respostas. Lucas questiona-a sobre o que mudou entre eles, ele não percebe porque é que a química que existia entre os dois acabou mas Luísa diz-lhe que eles nunca tiveram nada, deixando Lucas magoado. Esta acrescenta que finalmente percebeu que havia vida para lá dos muros do castelo Belmonte. Lucas fica confuso e triste com as palavras de Luísa.

No restaurante, Marta tem uma ideia para descobrir a identidade do Anjo Negro. Decide simular um assalto para atrair o anjo negro. Carol fica chocada com a ideia de Marta.

No bar da estalagem, Henrique repara que numa das mesas do bar, estão reunidos, Gustavo, Sofia e Alistair. Decide avisar Pedro que os três parecem discutir a venda do parque cinegético e que têm sob a mesa dossiers que parecem relatórios de contas. Pedro pede para que Henrique fique atento e depois lhe passe as informações.

Em Lisboa, Nunes abre a porta pensando que irá ter a sessão fotográfica com Rosário. Aparece Ricardo à sua frente que o esmurra, fazendo-o cair no chão. Ricardo espanca Nunes e depois parte o computador e o telemóvel do pervertido. Recolhe a mochila de Rosário com todos os seus pertences e vai embora.

Em casa, Miguel recebe a visita de Pedro que lhe confessa temer que Sofia tente vender o parque cinegético. Miguel fica furioso mas quando percebe que a decisão tem que ser apoiada por Paula, tem uma ideia para impedir a venda.

Na adega, a sós no gabinete, João e Paula abrem o envelope com os resultados do teste de ADN. Os dois estão ansiosos e tensos.

[/tab]

[tab title=”Ep. 20″]

João e Paula olham para o papel. João percebe que o teste corrobora que ele e Paula não são irmãos. Os dois ficam sorridentes e visivelmente felizes. Paula e João ficam emocionados. João confessa que está preocupado com a angústia de Lucas, agora que descobriu que pode ser irmão de Paula e realmente filho biológico de Emílio. Paula oferece-se para fazer novamente o teste, agora com Lucas. João fica-lhe muito agradecido.

Lucas confessa a Hugo achar Íris engraçada e bonita. Hugo não percebe o interesse de Lucas mas este conta-lhe que já conhecia Íris antes de fazerem a reportagem sobre a manifestação contra as touradas. Durante a conversa são interrompidos por uma chamada de Raquel. Hugo afasta-se para atender o telefonema e fica a saber, por intermédio de Raquel, que descobriu algumas falhas orçamentais nas empresas geridas por Carlos. Hugo fica intrigado e pede para que Raquel continue a investigar.

Na rua, Marta vê José a salvar uma idosa de ser atropelada. Fica atenta, pensando que poderá ser o “Anjo Negro”. José afasta a idosa e esta agradece-lhe. Marta decide segui-lo até ao café de Beatriz. Marta entra e pede um café com o intuito de meter conversa com José. Marta faz várias perguntas a José e elogia-o por ter salvado a idosa. José responde a todas as curiosidades de Marta apesar de estranhar algumas questões. Beatriz assiste à conversa irritada e enciumada. Marta fica desconfiada que José seja o “Anjo Negro”.

Mais tarde, depois de Marta já ter saído, António entra no café, surpreendendo a mãe com a sua visita. Irritada, Beatriz obriga o filho a ir para casa de Filomena fazer os trabalhos com Leonor. António fica sem saber o que fazer e aceita o plano da mãe. Beatriz consegue assim que Filomena e António se ausentem, para ficar a sós com José. António sente-se negligenciado pela mãe e fica desconfiado da presença de José. Mais tarde, quando Beatriz pensa ter o caminho livre, fecha o café para se recolher no momento de luxuria com José. Sem que Beatriz se aperceba, António está escondido e vê José agarrá-la e acariciá-la de forma libidinosa. O pequeno António fica em choque.

Preocupado com a questão que Leonor lhe fez no acampamento, Ivo questiona a mãe se o vai colocar num colégio interno em Lisboa. Ana fica estupefacta com a pergunta do filho e hesita na resposta. Mas anui, dizendo que pensa realmente pô-lo numa escola em Lisboa. Ivo fica irritado e grita com a mãe dizendo que não quer sair da escola onde está, nem abandonar o amigos. Ana exalta-se e diz que Ivo vai fazer o que ela mandar. O alarido chama atenção de Henrique, que intercede, defendendo o filho e deixando Ana furiosa.

No seu novo gabinete na adega, Gustavo conta a Sofia as suas novas descobertas sobre a mãe de Lucas. Schreider despediu-se da companhia aérea há 20 anos e era natural de Minas Gerais mas viveu em São Paulo durante o tempo que trabalhou como hospedeira. Sofia fica satisfeita com os avanços nas investigações de Gustavo.

No apartamento de Carlos em Lisboa, Julieta repara num soutien caído no chão enquanto guarda algumas das compras que fez durante a tarde com Inês. Antes que Inês entre na sala e a veja com o soutien, Julieta esconde-o num dos sacos de compras.

Sentindo-se confuso com o que viu, António deambula sozinho pela rua desnorteado e triste.

Em casa, João conta a Lucas que o teste de ADN com Paula deu negativo e que esta se mostrou disponível para o repetir, dando assim hipótese a Lucas saber se têm o mesmo pai. Lucas fica atento mas não dá uma resposta a João sobre o que pretende fazer.

Quando Joaquim chega a casa depara-se com Beatriz a ver televisão com ar entediado. Joaquim percebe que António não está em casa. Beatriz diz que o mandou para casa de Leonor fazer os trabalhos e Joaquim ruma em direção ao moinho para ir buscar o filho. Quando Joaquim chega ao moinho é informado por Rafael e Filomena que António nunca esteve lá em casa e que também não sabem dele. Filomena, Rafael e Leonor decidem ajudá-lo a procurar António.

O grupo decide procurar na estalagem, na esperança de estar com Ivo mas quando lá chegam, António não se encontra. No entanto, Hugo oferece-se para divulgar uma fotografia e uma notícia do desaparecimento no seu jornal. Joaquim fica-lhe grato e ruma novamente a casa para avisar a mulher e chamar a GNR. Quando chega, Beatriz continua a ver televisão descontraidamente deixando Joaquim furioso. Os dois discutem e Joaquim grita com Beatriz, dizendo que esta não se preocupa com o filho. Quando a GNR chega, Beatriz tenta fazer papel de mãe preocupada.

Na Igreja, o Padre Artur vê a notícia do desaparecimento de António mas enquanto está distraído a olhar para o ecrã do computador é interrompido por um barulho. Fica alarmado e pega num castiçal para se defender.

[/tab]

[tab title=”Ep. 21″]

Padre Artur tem o castiçal na mão e vai na direção do barulho quando se apercebe que é António que está no interior da igreja. Artur pergunta-lhe o que faz ali.

António conta ao padre que não quis ir para casa porque os pais estão sempre a discutir e parece que se odeiam, especialmente a mãe que está sempre a tratar mal o pai. Padre Artur tenta perceber melhor o que poderá estar acontecer em casa de António mas este não adianta mais pormenores. António hesita em contar ao padre que viu a mãe com José.

Quando Beatriz acorda, reclama e confessa a Joaquim que quando António voltar lhe vai dar uma bofetada para não voltar a desaparecer. Joaquim responde, dizendo que não deixa que Beatriz bata em António. O casal exalta-se, gritando um com o outro e subitamente Beatriz atira um vaso à parede. São interrompidos pela campainha da porta. Joaquim dirige-se para a porta ainda atónito com a reação da mulher. À porta encontra-se António e Padre Artur. António agarra-se ao filho, aliviado. Padre Artur percebe que minutos antes houve uma discussão entre o casal mas Beatriz tenta disfarçar. Mais tarde, enquanto Joaquim adormece António, Artur aproveita para questionar Beatriz sobre a relação Joaquim. Beatriz tenta enganar o padre, aproveitando para se vitimizar. Beatriz diz que é vítima de violência doméstica. Padre Artur, percebendo a flagrante mentira, sem ser indelicado diz a Beatriz que não vale a pena mentir. Beatriz fica envergonhada. Quando Joaquim entra na sala, revela a desculpa que António arranjou para justificar o desaparecimento. António diz que ficou triste porque gosta de Leonor e esta beijou Ivo. Beatriz e Joaquim acreditam no filho. Antes de sair, o Padre questiona o casal sobre os seus problemas matrimoniais mas Beatriz fica na defensiva e afasta o assunto.

Na sala dos Belmonte, Lucas conta ao irmão que talvez possa ser filho biológico de Emílio e que João e Paula fizeram o teste de ADN e deu negativo. Pedro fica surpreso com o que Lucas lhe conta, sem perceber como Fernando sabe tanto sobre a família e o porquê de João não lhe ter contado nada sobre essas recentes revelações. Pedro decide confrontar João sobre a razão do secretismo e acusa o irmão de não confiar em ninguém desde que trouxe Paula e Sofia lá para casa. Pedro insinua que João fez apenas o teste de ADN com Paula para ter a certeza que não punha em causa um futuro envolvimento amoroso. João sente-se ofendido e aproxima-se de Pedro. A discussão sobe de tom. Perante o cinismo de Pedro, João faz um esforço para não partir para a violência, no entanto, a discussão alerta José que os interrompe. Pedro desafia João a contar a razão da discussão. José fica expectante, enquanto, Pedro e João se fitam.

Depois de se acalmarem, João conta toda a história a José. Todos questionam a razão de Emílio confiar tanto em Fernando. José percebe porque Lucas queria saber a sua origem. João conta que tudo indica que Lucas é filho de Emílio e de uma amante. Mas, ainda descontente, Pedro comenta que João fez o teste de ADN com Paula. José estranha a necessidade do irmão em fazer o teste e também o acusa de querer se envolver com Paula e que este deveria pôr fim ao casamento, por respeito a Julieta. João tenta controlar-se mas Pedro continua a espicaçar o irmão e em tom cínico diz que talvez João queira ficar com as duas, uma como mulher e outra como amante. José tenta impedir Pedro de continuar com as ofensas mas Pedro ignora e mantém o tom irónico e malicioso. João não aguenta e agarra Pedro pelos colarinhos. Pedro defende-se e atira-se ao irmão. Os dois envolvem-se numa luta, rebolando pelo chão. José testemunha tudo, em simultâneo com Paula. Esta grita com os dois para que parem. Os irmãos acabam por aceder aos pedidos de Paula. Pedro sai irritado do quarto, enquanto João pede para que todos saiam do quarto, para ficar sozinho.

Padre Artur tem o castiçal na mão e vai na direção do barulho quando se apercebe que é António que está no interior da igreja. Artur pergunta-lhe o que faz ali.

António conta ao padre que não quis ir para casa porque os pais estão sempre a discutir e parece que se odeiam, especialmente a mãe que está sempre a tratar mal o pai. Padre Artur tenta perceber melhor o que poderá estar acontecer em casa de António mas este não adianta mais pormenores. António hesita em contar ao padre que viu a mãe com José.

Quando Beatriz acorda, reclama e confessa a Joaquim que quando António voltar lhe vai dar uma bofetada para não voltar a desaparecer. Joaquim responde, dizendo que não deixa que Beatriz bata em António. O casal exalta-se, gritando um com o outro e subitamente Beatriz atira um vaso à parede. São interrompidos pela campainha da porta. Joaquim dirige-se para a porta ainda atónito com a reação da mulher. À porta encontra-se António e Padre Artur. António agarra-se ao filho, aliviado. Padre Artur percebe que minutos antes houve uma discussão entre o casal mas Beatriz tenta disfarçar. Mais tarde, enquanto Joaquim adormece António, Artur aproveita para questionar Beatriz sobre a relação Joaquim. Beatriz tenta enganar o padre, aproveitando para se vitimizar. Beatriz diz que é vítima de violência doméstica. Padre Artur, percebendo a flagrante mentira, sem ser indelicado diz a Beatriz que não vale a pena mentir. Beatriz fica envergonhada. Quando Joaquim entra na sala, revela a desculpa que António arranjou para justificar o desaparecimento. António diz que ficou triste porque gosta de Leonor e esta beijou Ivo. Beatriz e Joaquim acreditam no filho. Antes de sair, o Padre questiona o casal sobre os seus problemas matrimoniais mas Beatriz fica na defensiva e afasta o assunto.

Na sala dos Belmonte, Lucas conta ao irmão que talvez possa ser filho biológico de Emílio e que João e Paula fizeram o teste de ADN e deu negativo. Pedro fica surpreso com o que Lucas lhe conta, sem perceber como Fernando sabe tanto sobre a família e o porquê de João não lhe ter contado nada sobre essas recentes revelações. Pedro decide confrontar João sobre a razão do secretismo e acusa o irmão de não confiar em ninguém desde que trouxe Paula e Sofia lá para casa. Pedro insinua que João fez apenas o teste de ADN com Paula para ter a certeza que não punha em causa um futuro envolvimento amoroso. João sente-se ofendido e aproxima-se de Pedro. A discussão sobe de tom. Perante o cinismo de Pedro, João faz um esforço para não partir para a violência, no entanto, a discussão alerta José que os interrompe. Pedro desafia João a contar a razão da discussão. José fica expectante, enquanto, Pedro e João se fitam.

Depois de se acalmarem, João conta toda a história a José. Todos questionam a razão de Emílio confiar tanto em Fernando. José percebe porque Lucas queria saber a sua origem. João conta que tudo indica que Lucas é filho de Emílio e de uma amante. Mas, ainda descontente, Pedro comenta que João fez o teste de ADN com Paula. José estranha a necessidade do irmão em fazer o teste e também o acusa de querer se envolver com Paula e que este deveria pôr fim ao casamento, por respeito a Julieta. João tenta controlar-se mas Pedro continua a espicaçar o irmão e em tom cínico diz que talvez João queira ficar com as duas, uma como mulher e outra como amante. José tenta impedir Pedro de continuar com as ofensas mas Pedro ignora e mantém o tom irónico e malicioso. João não aguenta e agarra Pedro pelos colarinhos. Pedro defende-se e atira-se ao irmão. Os dois envolvem-se numa luta, rebolando pelo chão. José testemunha tudo, em simultâneo com Paula. Esta grita com os dois para que parem. Os irmãos acabam por aceder aos pedidos de Paula. Pedro sai irritado do quarto, enquanto João pede para que todos saiam do quarto, para ficar sozinho.

[/tab]

[/tabs]

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários