Resumos de Novelas

“Belmonte”: resumo de 7 a 11 de Outubro

[tabs class=””]

[tab title=”Ep. 12″]

Carlos está exaltado com as insinuações de Sofia. Esta acaba por retirar as acusações e ameaça Carlos que se não lhe der os relatórios de contas antes da reunião irá destitui-lo do cargo, assim que assumir o corpo de gerência das empresas Belmonte. Carlos não se mostra intimidado, apenas fica irritado.

No moinho, Filomena e Rafael começam a sentir os efeitos do chá, das ervas de Flip. Surpresos sentem-se quentes e excitados. Filomena e Rafael têm uma súbita vontade de se beijarem e abraçarem. Os dois envolvem-se sobre a mesa de jantar.

Depois da noite agitada, Susana e Hugo encontram-se no bar da estalagem. Hugo decide infiltrar-se nas empresas e na família Belmonte para ter mais acesso a informações que ajudem a desvendar a morte de Laura. Susana recusa falar sobre o seu problema de alcoolismo com Hugo.

Em casa, Miguel lamenta-se com a falta de movimentos após o tiro… Recebe a visita de João e de Sofia. João mostra-se genuinamente preocupado mas Sofia apenas aparece para desafiá-lo e gozar com a sua condição, em jeito vingativo. Em privado, Sofia provoca-o, deixando Miguel revoltado.

Depois de ter despedido Nucha, Beatriz contrata Filomena para substitui-la. Filomena começa logo a trabalhar. Depois de receber a visita de José no café, Beatriz leva-o para sua casa. Enquanto Beatriz e José tentam entrar em casa discretamente, António, que está escondido ali perto, testemunha a cena. António fica chocado ao ver a mãe na companhia de José e mantém-se escondido. Dentro de casa sem suspeitarem de nada os dois envolvem-se, apaixonados, e provocam-se sensualmente.

Lucas e Íris conhecem-se numa esplanada. Lucas mostra-se provocador com Íris, que lhe responde destemida. Os dois ficam mal impressionados um com o outro.

Durante um passeio a cavalo, Sofia tenta convencer Paula a reunir as suas cotas e depois de assumir o controlo do Grupo Belmonte, vender tudo. Paula fica preocupada com os restantes irmãos, principalmente com João. Paula fica relutante com o plano e em discórdia com a mãe. Sofia não gosta de ser contrariada e muda de assunto disfarçadamente.

Quando Joaquim chega a casa, já de noite, percebe que o filho não está em casa e decide procurá-lo. Beatriz opta por ficar deitada no sofá a ler uma revista, despreocupada.

Paula e João decidem fazer o teste de ADN depois da reunião do conselho de administração.

Joaquim acaba por encontrar António no moinho, na companhia de Leonor. Filomena e Rafael percebendo que algo de estranho se passa e que António não tem vontade de voltar para casa convidam Joaquim e António para jantarem com eles. Joaquim aceita.

Nessa noite, um assaltante entra no restaurante vegetariano de Marta e Carol. O assaltante fica irritado com o pouco dinheiro em caixa. As duas amigas são socorridas por um homem vestido de preto. O individuo desconhecido atira-se ao assaltando derrubando-o. O herói é o Padre Artur, que está irreconhecível, todo vestido de negro.

[/tab]

[tab title=”Ep. 13″]

O salvador vestido de negro consegue imobilizar o assaltante. Retira o dinheiro roubado e coloca na mão de Carol. Carol e Marta pedem para que o homem revele a sua identidade. Artur olha para as duas amigas e decide sair de rompante, antes que o identifiquem.

Henrique ouve, atrás da porta, a conversa de uma das hóspedes após tê-la visto através das suas câmaras escondidas em lingerie. A hóspede quase o apanha em flagrante, abrindo a porta rapidamente. Henrique consegue disfarçar.

Quando Joaquim e António chegam a casa, Beatriz discute novamente com Joaquim. Irritada, no seu momento de cólera, atira uma jarra a Joaquim mas felizmente falha. Depois de atirar a jarra, Beatriz quebra num pranto de lágrima e vira costas ao marido. Joaquim fica confuso.

Sofia tenta novamente convencer Paula a assumir a presidência do grupo – substituindo João – mas Paula recusa determinantemente a ideia. Ao perceber que não conseguirá mudar a ideia de Paula sugere afastarem Carlos das empresas imobiliárias, acusando-o de estar a retirar dinheiro da empresa. Paula considera a acusação de Sofia grave e pede provas. Paula também não concorda com Sofia. Sofia fica irritada com Paula.

Luísa prepara-se para ir para a universidade e para fazer a entrevista na agência de modelos. Lucas, triste, avista Luísa ao longe enquanto esta fala com Fernando. Luísa tem ignorado as suas mensagens e abordagens. Lucas não consegue controlar-se e tenta falar com Luísa mesmo em frente a Fernando. Lucas tenta impedir Luísa de ir embora para Lisboa. Fernando fica possesso com Lucas mas acalma-se porque Luísa pede para que ele se afaste e decide que irá mesmo para Lisboa. Luísa decidida impõe-se perante Fernando e Lucas.

No café de Beatriz, Marta e Carol encontram o Padre Artur e contam-lhe sobre o assalto. O Padre finge estar surpreso com toda a história. Ninguém suspeita de que o «anjo negro» é o Padre Artur.

Joaquim chega mais tarde ao trabalho e José ameaça despedi-lo apenas para vê-lo implorar pelo emprego. Joaquim fica em pânico e pede clemencia a José, que o goza e humilha, até vê-lo repleto de raiva e ódio.

Fernando e D. Maria despedem-se de Luísa no terminal de autocarros. No mesmo terminal encontra-se Rosário que vai até Lisboa para um casting numa agência de modelos. Rosário e Luísa não se apercebem da presença uma da outra.

A reunião do conselho administrativo do Grupo Belmonte tem início. O começo da reunião é pontuado pela discussão entre José e Sofia, que se confrontam. José não aceita se sentar na mesma mesa que Gustavo dando a entender que este possa ter algum envolvimento na morte de Emílio. João consegue acalmá-los. Por maioria, com os seus próprios votos, decidem que Paula e Sofia entram para a administração do grupo. Sofia surpreende João pedindo a alteração dos estatutos para que o cargo de João tenha apenas a duração de um ano. Carlos surpreende Sofia com os relatórios de contas em falta. Gustavo analisa-os e percebe que está tudo em ordem, deitando por terra o plano de Sofia de afastá-lo do grupo.

Depois da reunião Paula chateia-se com Sofia por esta ter acusado falsamente Carlos de desfalque das empresas. Sofia fica ofendida.

João e Paula decidem ir fazer o teste de ADN. Ao mesmo tempo em casa dos Belmonte, os irmãos percebem que existe uma divergência e tensão entre Paula e Sofia.

Na estalagem Sofia confessa a Gustavo que pensa que os relatórios que Carlos apresentou são falsos. Gustavo promete a Sofia que vai investigar.

Em Lisboa, Luísa tem uma entrevista na agência de modelos. O entrevistador está impressionado com a beleza de Luísa. que timidamente concorda em tirar mais algumas fotografias no estúdio.

Ao mesmo tempo Rosário procura a morada do seu casting. Chega até um apartamento velho com mau aspeto. Rosário fica desconfiada com a figura do homem que a recebe, este tem um sorriso malicioso.

Hugo procura João para pedir autorização para fazer uma reportagem aprofundada sobre a família Belmonte. João recusa a ideia para já, pedindo a Hugo que espere até que o ambiente familiar esteja mais calmo para fazer a reportagem. Hugo fica frustrado e intrigado.

Em casa dos Milheiro, Anabela e Miguel estão preocupados por não terem notícias de Rosário, depois de terem descoberto que faltou às aulas. Ao mesmo tempo, num apartamento, fechada com um homem com aspeto ameaçador, chamado Nunes, Rosário fica intimidada e recusa despir-se e ser fotografa. Rosário decide ir embora com receio mas Nunes torna-se violento e puxa-lhe os cabelos, bloqueando o caminho a Rosário.

[/tab]

[tab title=”Ep. 14″]

Rosário é surpreendida pelo ataque de Nunes. Mas a jovem consegue defender-se e sair para a rua, a salvo. Rosário deixa a sua mala no apartamento. Em casa, Anabela e Miguel continuam preocupados a tentar ligar para os amigos de Rosário. Rosário corre cheia de medo pelas ruas lisboetas.

Depois de analisar os relatórios, Gustavo sugere que Sofia controle os ordenados e o excesso de funcionários na empresa de vinhos Belmonte. No entanto, Gustavo comenta ser a empresa mais bem gerida. Gustavo tenta seduzir Sofia no seu quarto mas esta afasta-o, repudiando-o. Ao mesmo tempo, na receção da estalagem, Henrique assiste a tudo o que se passa no quarto de Gustavo através da câmara escondida atrás do espelho.

Em casa, Pedro recebe uma chamada alarmada de Rosário a pedir auxilio. Pedro sai a correr de casa. Quando Pedro chega perto de Rosário, esta está lavada em lágrimas. Pedro acalma-a e ouve o que aconteceu. Rosário pede para que Pedro não conte aos pais. Pedro promete guardar segredo. Rosário fica preocupada que Luísa comente com alguém que a viu no autocarro para Lisboa mas Pedro promete tratar do assunto, acalmando-a.

À saída da Universidade de Lisboa, depois de descobrir que deixou passar os prazos de inscrição, Luísa chora. Surge Rui, que a consola. Luísa sente uma grande empatia com Rui e os dois decidem tomar café. Decidem trocar o número de telemóveis. Rui acompanha Luísa ao autocarro e na despedida, Rui beija-a perto dos lábios. Na viagem de regresso, Luísa ouve a conversa entre duas raparigas que cometam terem-se envolvido com Lucas na discoteca. Luísa fica furiosa.

Entretanto, Rosário chega a casa e inventa a desculpa de que foi a uma matiné em Évora e que foi assaltada por isso não tinha a telemóvel com ela. Diz que também apanhou boleia de um desconhecido. Anabela e Miguel ficam exaltados com a irresponsabilidade de Rosário mas esta faz-se de vítima.

Carol e Marta começam a ficar impacientes sem clientes e com medo de terem que fechar o restaurante. O Padre Artur tenta descansar as duas amigas e quando tenta falar com Carol sobre o filho, esta esquiva-se. O Padre denota o desconforto de Carol. Entretanto, Marta e Carol revelam ter ficado muito impressionadas com o «Anjo Negro», deixando o Padre Artur a rir-se com os suspiros das duas amigas que quase parecem apaixonadas pelo herói anónimo.

Pedro aborda Paula descansando-a que nenhum dos irmãos Belmonte lhe quer mal. Pedro tenta dizer a Paula que será bem recebida na família, caso inclusive, queira ficar com João. Paula fica chocada com a liberdade de Pedro, revelando o seu apoio, num possível envolvimento entre ela e João. Indignada, Paula sai e Pedro sente-se vitorioso.

Pedro pede a Luísa que guarde segredo sobre ter visto Rosário no autocarro para Lisboa. Luísa promete não contar nada mas fica curiosa com o secretismo.

No quarto, Carlos repara num livro sobre gravidez na mesa-de-cabeceira de Inês. Fica com receio de que Inês esteja demasiado ansiosa por engravidar mas dá-lhe apoio. Inês sente-se amada por Carlos, que a enche de mimos e presentes.

Paula e João estão apreensivos com a espera pelo resultado do teste de ADN.

João decide ir andar de avioneta para espairecer. Paula, que anda a cavalgar, repara no avião de João a fazer loopings no ar. Em casa, Julieta e Inês ouvem o baralho forte de uma avioneta a voar muito perto e ficam alarmadas. Paula e Julieta, que se encontram em pontas opostas da herdade, ficam preocupadas a olhar para o céu.

Alguns momentos depois, João perde o controlo do avião e começa a descer a pique até ao chão. Paula cavalga na direção do avião mas perde-o de vista por detrás de uma colina. Julieta, surge a cavalo, na direção do avião.

[/tab]

[tab title=”Ep. 15″]

Paula e Julieta cavalgam na direção da colina onde a avioneta de João desapareceu. A avioneta está direita mas enfiada numa plantação. João surge intacto de dentro do cockpit. João abraça as duas ao mesmo tempo mas ambas mostram-se enciumadas com a presença uma da outra.

Rosário tenta-se insinuar para Pedro, abraçando-o. Rosário pede para que Pedro lhe dê uma ajuda a encontrar um trabalho como modelo. Pedro aceita ajudá-la e Rosário fica radiante.

João e Julieta conversam sobre os preparativos do casamento quando Julieta sugere convidar Paula para sua madrinha de casamento, num gesto diplomático e simpático. Sem que perceba, João hesita perante a ideia. João acaba por rejeitar e Julieta pensa em Inês para madrinha.

Luísa confronta Lucas sobre as raparigas com quem se envolveu na discoteca. Lucas percebe que Luísa está com ciúmes e fica com confuso.

José pressiona Carlos sobre o detetive no Brasil. Carlos afasta-se de José e telefona para o detetive mas não existem novas informações. José começa a desconfiar do detetive contratado por Carlos. Ninguém consegue convencer José de que Emílio foi assassinado e que Sofia e Gustavo estão envolvidos.

Joana segue Padre Artur sem que este se aperceba. O Padre vai até ao restaurante vegetariano e Joana entra no restaurante fingindo-se surpresa por encontrá-lo. Joana faz conversa com o Padre e acaba por lhe confidenciar que existe uma petição a circular na internet a favor do casamento dos padres. Ao perceber onde Joana quer levar a conversa, Artur responde-lhe que o seu celibato não é meramente por razões religiosas. Joana disfarça a tristeza.

Flip e Íris vão até ao restaurante vegetariano para venderem as ervas medicinais que plantaram. Durante a visita convidam Carol e Marta a participarem numa manifestação contra as touradas no dia da reabertura da nova praça de touras. As duas amigas aceitam. Íris fica apreensiva após ficar a saber da história de Laura.

Joaquim anuncia a Beatriz que vai estar em Borba durante uns dias para visitar uma tia doente. Beatriz nem liga e nem se despede, assim que Joaquim vira costas, sai a correr do café. Pelo caminho, telefone a Pedro para se encontrarem, aproveitando o filho estar num acampamento nos escuteiros e ausência do marido. José em casa confirma que irá ter com Beatriz. Escondida, Sofia ouve José a combinar encontrar-se com alguém e fica atenta.

João e Paula visitam Miguel. Paula e Miguel conversam bastante, contando-lhe pormenores da juventude de Emílio. Paula fica encantada com Miguel.

Depois de ouvir a conversa de José ao telefone, Sofia tenta saber mais sobre a vida amorosa de José através de D. Maria. D. Esta conta-lhe que José já esteve noivo anteriormente de uma rapariga lisboeta mas como ela não queria viver ali na terra, acabaram por se afastar. Sofia fica curiosa com a história.

No restaurante, Carol recebe uma chamada do filho mas quando vai atender já é tarde demais. Marta que presencia a situação, tenta dar-lhe apoio. Carol confidencia a Marta que o filho está recorrentemente metido em sarilhos e que quis ficar com o pai, após o divórcio, deixando Carol magoada porque o marido abusava dela e era agressivo. Marta fica comovida com a história de Carol. Carol sente que falhou na educação do filho.

Depois da visita a Miguel, Paula conta a Sofia que gostou muito de conhecer Miguel. Sofia fica irritada e começa a apontar defeitos em Miguel para descer na consideração de Paula, dizendo que Miguel levou a família à falência e que por esse motivo quer casar Julieta com João a todo o custo. Paula desvaloriza e mantém a sua postura e simpatia para com Miguel. Sofia fica irritada por não conseguir influenciar Paula.

Nessa tarde, João conta a Lucas que é filho biológico de Emílio com uma assistente de bordo e que este não foi adotado através do orfanato onde Clarisse trabalhava. Lucas fica fora de si. Confuso e revoltado, João tenta acalma-lo, mas Lucas não sabe no que confiar e no que pensar. João conta ainda que para além dele, Sofia também sabe da sua história. Este facto deixa Lucas ainda mais baralhado.

Em casa, a vasculhar alguns armários no quarto de Emílio, Sofia encontra uma foto de Emílio com uma assistente de bordo, chamada Micaela. Vê também o casal com um bebé nos braços. Sofia fica siderada com o que encontrou.

[/tab]

[tab title=”Ep. 16″]

Sofia olha para a foto rasgada e depois pega noutra foto com Micaela vestida de hospedeira. Copia o nome que está num envelope: Micaela Nascimento Schreider. Em seguida guarda a foto na sua mala e sai apressada. Quando entra no carro, cruza-se com a chegada de Lucas na moto4 e de João no seu carro. Lucas caminha irritado, chamando por Fernando. João tenta acalmá-lo. Lucas confronta Fernando sobre quem é a sua mãe. Fernando recusa-se a falar com Lucas, não lhe dando mais informações. Lucas fica furioso e frustrado com as mentiras e omissões do pai. Depois de Fernando se recusar determinantemente a falar, Lucas sai irritando dos estábulos, deixando o caseiro, João e Paula chocados.

Na estalagem, Gustavo recebe a visita de Sofia no seu quarto e olha-a com desejo mas Sofia afasta-o, mostrando que apenas vem para lhe pedir um favor. Sofia dá a foto da hospedeira a Gustavo e pede para que este a encontre. Gustavo tenta perceber porque Sofia quer encontrar a hospedeira mas Sofia recusa dar-lhe informações, dizendo apenas para Gustavo confiar e fazer o que lhe pediu. Sofia vai embora, deixando-o insatisfeito. Na receção da estalagem, Henrique espia o quarto de Gustavo através do seu portátil. Vê Gustavo com uma foto na mão, dada por Sofia.

Rosário recebe a visita da mãe no seu quarto, dizendo que tem uma chamada para si. Anabela passa o telemóvel à filha que se põe em escuta. Rosário ouve o individuo do outro lado da linha e quando percebe que se trata de Nunes, o seu atacante, fica medrosa. Rosário não tem reação e quase não fala. Do outro lado, Nunes vai direito ao que pretende e ameaça Rosário. Nunes diz a Rosário que se não voltar a encontrar-se com ele para uma nova sessão fotográfica, irá mandar as fotos de Rosário em biquíni para todos os seus contactos, inclusive para a mãe e para Lucas. Rosário fica em pânico com que ouve mas disfarça perante a presença da mãe. Quando a chamada acaba, Rosário devolve o telemóvel à mãe e Anabela abandona o quarto da filha, desconfiada. Sozinha, Rosário fica amedrontada e decide telefonar para Pedro a pedir ajuda.

Na adega, Paula e João fazem uma pausa no trabalho. Partilham um vinho e ouvem música, numa grande tensão entre os dois.

Em casa, os Milheiro recebem a visita de Pedro. Rosário pede para Pedro para ajudá-la novamente num trabalho da escola. Pedro sobe para o quarto com Rosário. Anabela fica preocupada com os jovens a sós no quarto e tenta alertar o marido, mas Miguel desvaloriza.

No quarto, Rosário conta a Pedro o telefonema de Nunes. Chora desesperada e Pedro tenta acalmá-la, dizendo que irá tratar do assunto. Os dois quase se beijam, mas Pedro afasta Rosário, preocupado com a possível entrada de Anabela. Rosário fica desgostosa.

Susana chega ao barracão que está sob investigação da polícia judiciária. Susana tenta interrogar subtilmente os inspetores para perceber se o barracão tinha sido utilizado como entreposto de prostitutas, de forma a relacioná-lo com a morte de Laura. Os inspetores recusam partilhar informações com uma mera agente da GNR, deixando Susana frustrada e impotente. Hugo também chega ao local, após ter sido chamado por Susana. A judiciária não lhe presta declarações e nem deixa fotografar o barracão. Susana e Hugo, sentindo que estão bloqueados, decidem ir ao barracão durante a noite à procura de provas. A ideia deixa Hugo expectante.

Durante a tarde, Anabela entra propositadamente de rompante, no quarto de Rosario, encontrando a jovem e Pedro sentados na secretária a trabalhar. Rosário fica mais aliviada e convida Pedro para jantar, que acaba por aceitar o convite. Anabela abandona o quarto mais descansada, mas ainda desconfiada.

No restaurante vegetariano, Marta e Carol recebem a visita de Joana para jantar sozinha. Joana vai na esperança de encontrar o Padre Artur e as duas amigas percebendo a intenção de Joana interrogam-na. Ficam a saber que Joana frequenta a missa mesmo não sendo católica. Joana, percebendo que desvendou demais o seu interesse no padre muda de assunto. Marta e Carol ficam intrigadas com o interesse dela pelo padre.

Quando Julieta chega a casa percebe que Pedro está no quarto com Rosário e que esta vai ficar para jantar, entra repentinamente no quarto e confronta Pedro. Rosário fica irritada com a irmã por a chamar de menor. Anabela interrompe os três, que se fitam tensos. Durante o jantar há um desconforto entre Pedro e Julieta, que disfarçam perante Miguel e Anabela.

Depois de Ivo e Leonor terem partilhado um beijo na boca, durante o acampamento de escuteiros, é confrontado por António, sobre o que sente por ela. Ivo não sabe o que sente mas não consegue deixar de sorrir quando olha para ela.

Durante a noite, Flip e Rafael plantam mais ervas nos campos dos Belmonte. Ao mesmo tempo, Hugo e Susana investigam o barracão. Susana analisa o barracão e deduz que viveram ali três mulheres diferentes durante algum tempo, chegando à conclusão que realmente poderá ter sido um entreposto. Hugo fica fascinado com a perspicácia de Susana. No moinho durante ausência do marido, Filomena pela primeira vez vai meditar, influenciada por Íris. Ao mesmo tempo, Flip e Rafael são surpreendidos por guardas a cavalo e fogem amedrontados. À saída do barracão, Hugo e Susana encontram uma base para copos com o logotipo da estalagem onde tem um número de telefone redigido. Decidem telefonar para o número, que é encaminhado para o voicemail de Laura Pires. Hugo e Susana ficam curiosos.

[/tab]

[/tabs]

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários