Resumos de Novelas

“Mundo ao Contrário”: resumo de 7 a 9 de Outubro

[tabs class=””]

[tab title=”Ep. 110″]

Saul ajuda Pedro com os seus compromissos durante o pequeno-almoço, quando Simão toca à campainha. É Constança quem abre a porta e tenta demovê-lo de entrar, sem sucesso. Simão quer falar com Pedro, que fica desagradado com a visita. Simão e Pedro afastam-se para o escritório e Constança segue-os. Simão acusa Pedro de ter feito a denúncia ao jornal porque sabe do envolvimento dele com Constança. Pedro nega tudo e finge-se chocado com a novidade. Contudo, Saul não se deixa ficar e confirma que foi ele que descobriu que Pedro contactou com o jornal. Pedro fica siderado.

Patrícia e João surgem na sala para tomar o pequeno-almoço com Sarita e Adelaide. João dormiu lá em casa e mostra-se envergonhado. Sarita pergunta à mãe se ele dormiu lá em casa e Patrícia explica-lhe que ele é seu namorado e que vai dormir lá em casa muitas vezes. Sarita diz a João que só o pai é que dormia na cama da mãe e, após Patrícia dizer que Viana já não está lá e que gosta muito de João, Sarita responde que só queria dizer a João que a mãe gosta mesmo muito dele.

Constança acaba por mandar Simão e Saul embora e pede para falar com o marido. Lara é atraída pelos gritos e pergunta a Saul o que se passou. O rapaz conta a verdade e Lara fica chocada, sem acreditar. Constança vira o jogo e diz que ficou do lado de Pedro porque ele é seu marido e ela está ali para ficar do seu lado, mas que ele não devia ter prejudicado Simão daquela maneira. Pedro confessa que ficou com ciúmes e ela diz-lhe que foi uma coisa sem importância. Pedro fica satisfeito e a mulher diz-lhe que vai voltar para o quarto do casal. Mal Constança sai, Pedro liga para a empresa, para passar para seu nome os 4% das ações.

Marta e Vítor vigiam o encontro entre o inspetor, vítima do esquema do restaurante e Gilberto. A situação decorre normalmente e o inspetor pede ajuda ao gerente do restaurante para se livrar das fotografias. Marta está ansiosa para fazer a detenção. Gilberto explica ao inspetor quanto terá de pagar para que as fotografias desapareçam e, no momento em que o inspetor finge tirar a carteira, diz que é da polícia e que Gilberto está preso. Marta e Vítor aproximam-se para ajudar na detenção. Mais tarde, Marta vai agradecer a Maneca e dá-lhe um beijo, dizendo que o acha giro.

Catarina ouve a gravação que tem da mensagem que Amélia deixou a Pedro quando descobriu que ele estava envolvido com Salomé. Micael entra no quarto e a namorada disfarça. Contudo, Micael fica curioso e decide abrir o portátil, ouvindo a gravação. Catarina entra e gela ao ver que o namorado descobriu o seu segredo. Micael fica furioso com a mentira e diz não lhe perdoar. Catarina fica de rastos.

Cila não consegue guardar mais o segredo e conta a Sheila que Sérgio anda a consumir desde que entrou no gangue de DT. Sheila fica surpresa com a notícia e aconselha-a a contar a Clara, pois ele já não vai conseguir deixar sozinho. Cila fica com medo de que a desilusão seja muito grande para a mãe.

Micael sai do palacete e vai contar a Simão tudo o que sabe. Simão fica perplexo ao descobrir que Amélia foi amante de Pedro e insiste com Micael para ele lhe mostrar a gravação. O filho diz que é Catarina quem tem a mensagem e Simão sai disparado da loja, deixando Amélia desconfiada.

Salomé tenta comprar droga a um traficante, mas Maneca interrompe a transação, impedindo-a. Maneca diz a Salomé que ali no bairro não vai comprar mais nada e que devia ter mais atenção às pessoas que gostam dela. Salomé fica contrariada.

Inspetores da judiciária vão ao café falar com Adelaide e contar-lhe que não conseguiram encontrar a mulher que matou DT. Adelaide fica desgostosa e Graciete tenta dar-lhe força, dizendo-lhe que o melhor é esquecer esse assunto.

Quando Salomé chega a casa, João tem os papéis do divórcio para lhe dar. Alterada, Salomé assina os papéis e faz uma mala para se ir embora, surpreendendo Maria.

Clara está a trabalhar no restaurante quando é surpreendida por Cila, que lhe diz terem um problema grave.

[/tab]

[tab title=”Ep. 111″]

Depois de andar pelo bairro disfarçado, Viana decide ir ao salão. Patrícia arruma as coisas para se ir embora e, pensando que é Ivone, pergunta-lhe se deixou alguma coisa. Viana responde que deixou a família e Patrícia fica em choque.

Rodrigo vai a casa do pai agradecer-lhe o dinheiro que ele deu a Sheila para o bebé. Constança fica admirada com a postura de Pedro, mas este nunca se descai, dizendo que tem um neto a caminho e não quer que lhe falte nada. Pedro pede a Rodrigo que faça as pazes com a mãe, mas o filho ignora a recomendação completamente e vai embora.

Viana explica a Patrícia como sobreviveu e a cabeleireira demora a assimilar toda a informação que ele lhe está a dar. Para todos os efeitos, Viana está morto. Para Sarita, o pai está morto. Contudo, o traficante diz que sentiu saudades da família e decidiu regressar. Mais frio, Viana pergunta a Patrícia quem era o homem com quem ela estava de manhã. A cabeleireira não se deixa intimidar e diz que não tem de lhe dar satisfações, pois tudo o que ele fez foi fugir e mentir. Mas Viana não vê as coisas da mesma forma e ameaça-a com uma arma, obrigando-a a revelar a Sarita que ele está vivo.

Sérgio chega a casa irritado, depois de João o ter encostado à parede com o caso do gangue. Assim, o rapaz prepara tudo para consumir, quando é interrompido por Cila e Clara. A mãe fica muito desgostosa e diz-lhe que ele tem de parar de consumir. Sérgio mostra-se incapaz e Clara diz-lhe que está disposta a ajudá-lo, mas se ele nem quiser tentar, tem de sair daquela casa.

Maneca foi ao restaurante avisar Paula que Gilberto foi preso e ela, contente com a notícia, beija Maneca fervorosamente. Os dois vão para o privado, mas são apanhados por Gilberto. Para se livrar da situação, Paula tem de contar que Gilberto a ameaçou, pois ela avisou Maximiliano e que teve de recorrer a Maneca para o prenderem. Valentino nem quer acreditar no que ouve.

Viana mantém Patrícia cativa no salão e pede-lhe para ela ligar a João e para ele levar lá Sarita. Assim que Patrícia liga ao namorado, este percebe que se passa alguma coisa e decide ir sozinho. Contudo, Sarita segue-o e fica feliz ao descobrir que o pai está vivo. Sarita abraça o pai, muito contente e ele explica-lhe que nunca entrou no avião. A filha compreende que ele tenha de fugir e diz-lhe que João gosta muito da mãe e que ele não tem nada com que se preocupar. Viana percebe que não tem hipótese de levar a filha consigo. João concorda em levar a Sarita onde ele estiver, algumas vezes por ano e Viana percebe que ele não está contra ele, ficando agradado.

Amélia chega a casa com Micael e Simão está lá à sua espera. O marido confronta-a com a traição com Pedro e Amélia chora, arrependida. Mas Simão não se comove, sentindo-se mais enganado que nunca e diz-lhe que vai ficar lá em casa até sair o divórcio.

Lara vai a casa de Sheila falar com ela, mas a rapariga irrita-se por Lara a estar sempre a corrigir. Lara diz que ela e Rodrigo não têm nada a ver e que nunca vão casar porque ela nem falar sabe. Sheila fica muito desgostosa e chora no ombro de Maneca e Graciete. Maneca promete ajudá-la e vai falar com Rodrigo, dizendo-lhe que ele vai pedir Sheila em casamento.

Depois, Maneca leva Sheila a Paula para que esta lhe dê um pequeno curso de boas maneiras. Sheila mostra-se cansada, mas Paula insiste. As duas são surpreendidas por Valentino que exige explicações.

Pedro confirma a Constança que já chegou o documento que diz que 4% da empresa são seus e Constança informa imediatamente Catarina, avisando-a de que está tudo pronto.

Ao editar uma fotografia da noite da morte de DT, Maria e Diego descobrem a imagem de uma mulher a sair da oficina. Maria imprime a fotografia e mostra-a a João, preocupada. Perante aquela revelação, João vai mostrar a fotografia a Patrícia.

[/tab]

[tab title=”Ep. 112″]

Paula desfaz-se em desculpas a Valentino, mas Sheila apresenta-se como mãe do bebé de Rodrigo e, consequentemente, bisneto de Valentino e este baixa a guarda imediatamente. Paula e Sheila explicam-lhe que estavam a ter uma aula de etiqueta e gentilmente, o dono do restaurante sugere que a continuem noutra altura, pois o restaurante está quase a abrir. Paula fica admirada com a gentileza de Valentino com Sheila.

João e Patrícia confrontam Adelaide com a fotografia na qual se vê a mãe de DT a sair da oficina. Adelaide acaba por confessar que DT tinha ameaçado Sarita, pois a menina viu-o matar Fábio na oficina. Assim, Adelaide conta que foi à oficina falar com o filho e o encontrou a vomitar. Nessa altura DT ter-lhe-á dito que precisava do dinheiro que Viana deixara a Sarita e que Patrícia lho vai dar, a bem ou a mal. Adelaide percebe que tem de escolher entre os dois filhos e, com uma tesoura, desfere um golpe em DT. Patrícia fica chocada com a revelação e agradece à mãe que ela a tenha protegido, emocionada. Adelaide diz que o que fez não tem perdão, mas ela precisava de a proteger a ela e a Sarita. Patrícia vai buscar um copo d’agua e Adelaide sai de casa sem avisar, muito perturbada. Patrícia vai procurá-la, preocupada.

Pedro chama Constança ao escritório e diz-lhe que está a imprimir o documento que terão de assinar para passar as ações para seu nome. Constança avisa a irmã, que lhe diz que ela tem de afastar Pedro do computador durante um bocado.

Pedro e Constança lêem o documento com atenção e dizem ao advogado que não é preciso ele ler, pois estão em família. No palacete, Catarina controla o computador de Pedro remotamente e altera o valor do documento de 4% para 55%. Quando Constança se prepara para assinar o documento impresso previamente que tem o valor de 4%, entorna propositadamente café para cima do papel, de forma a Pedro ter de imprimir um novo documento já alterado por Catarina. Os dois assinam o novo documento, contentes. A vingança dos irmãos Malta começa.

Vítor é chamado para tomar conta de uma ocorrência num beco de um bairro mal frequentado da cidade. Aí, Vítor encontra uma mulher desmaiada. É Salomé, que está em coma. Vítor vai ao palacete e conta a uma preocupada Maria que encontraram Salomé num beco, em muito mau estado. Maria fica ainda mais preocupada e diz que vai apenas avisar João e vai para o hospital. João disponibiliza-se para ir com a filha.

Depois de ter estado à beira do suicido por não aguentar o sentimento de culpa, Adelaide vai à PJ entregar-se e conta que matou DT. Os inspetores ligam a Patrícia a contar-lhe e ela prepara-se para ir para lá quando Sarita chega ao Salão com Rodrigo. Patrícia conta-lhe que a avó está na polícia judiciária e a menina diz que calculava que a avó tinha matado o tio, pois sabia que ela as ia proteger.

Clara vai falar com Graciete e Maneca sobre Sérgio e o seu problema com droga. Maneca leva Sérgio para a oficina e é violento com ele, dizendo que lhe vai dar uma lição. Sérgio pensa que Maneca o vai matar, mas o rapaz diz que são amigos e que o vai ajudar a livrar daquele vício.

Simão, Micael e Amélia pensam em soluções para voltarem a ter lucro nas lojas, pois desde o boato, apenas a loja do Bairro da Pedra tem lucro. A família é surpreendida por ideias de Saul que quer ajudar. Saul diz que têm de salvar o negócio da família e mostra-se até entusiasmado. Micael e Simão ficam agradados com as ideias do rapaz, deixando Amélia ciumenta.

Constança convoca uma reunião com todos os acionistas do grupo, incluindo Pedro, Catarina e João para anunciar que detém 55% das ações do Grupo Malta. Pedro fica em choque, percebendo que foi vítima de uma armadilha.

[/tab]

[/tabs]

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários